Menos de 7% dos investidores institucionais têm criptomoedas, aponta Binance Research

Uma grande oportunidade pela frente!

Siga no

O mercado de criptomoedas ainda representa uma pequena parte do mundo financeiro mundial. Segundo um novo estudo, menos de 7% dos investidores tradicionais têm criptomoedas aponta Binance Research.

Entretanto, para quem poderia pensar que este é um dado ruim pode estar enganado. O mercado de criptomoedas ainda é muito novo, estando este ainda em vias de estruturação.

Poucos investidores tradicionais têm criptomoedas aponta Binance Research

Certamente que a exchange Binance é uma das corretoras de criptomoedas com maior relevância. Dito isso, não é de espantar que a operação tenha uma divisão de análise do mercado de criptomoedas, com dados que mostram o cenário real para o mundo.

O novo estudo mostra uma baixa adoção das criptomoedas por investidores tradicionais. Tais investidores poderiam trazer um novo capital para às criptomoedas que aumentaria os preços das moedas.

Tal aumento se daria pela simples lei da oferta e demanda, fator que com uma demanda crescente do Bitcoin (BTC), por exemplo, dispararia os preços das criptomoedas. Afinal, o Bitcoin possui uma oferta limitada em 21 milhões, fator que poderia pressionar os preços para cima.

O estudo da Binance, lançado no dia 11 de abril, ainda mostrou que a correlação do Bitcoin com as altcoins está em alta no início de abril de 2019. Isso provaria que uma alta do BTC impactaria nas altcoins.

Fonte: Binance Research

Mercado de criptomoedas em baixa causa diminuição no volume de trades

Certamente que o mercado em queda das criptomoedas não favoreceu uma nova entrada de capital. Isso porque traders que percebem um baixo volume de operações podem se afastar do mercado.

O estudo da Binance Research mostra que em um cenário de baixa de preços, a comunidade de criptomoedas tende a assumir uma característica de hold.

Fonte: Binance Research

Finalmente, o capital de investidores tradicionais ainda se encontra estabelecido em grande parte nos mercados financeiros de bolsas de valores nos países. Entretanto, isso não tira as criptomoedas do radar de investimentos. Essa lacuna poderá favorecer quem acompanha o mercado ainda no início do mesmo.

Fonte: Binance ResearchPara Joe Lubin, entretanto, a data para o início da criptoeconomia já está marcada, sendo esta uma realidade iminente.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Meme dogecoin que circula nas redes.

Mercado cripto sofre uma das maiores quedas já vistas, Dogecoin sobe

As últimas 24 horas foram um pesadelo para alguns investidores em criptomoedas. A primeira moeda a sentir a queda foi o Bitcoin, que perdeu mais...
Mina carvao

Taxa de hash do Bitcoin cai após acidente em mina de carvão na China

O hashrate do Bitcoin caiu cerca de 40% nas últimas 24 horas, de mais de 180 petahashes por segundo para cerca de 105 Ph/s....

Bitcoin desaba com desligamento de mineradoras chinesas e preocupações regulatórias

O Bitcoin despencou mais de 15% neste domingo (18), para cerca de US $ 51 mil, depois de ter alcançado um marco de US...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias