Mercado das criptomoedas vai ‘manter-se quieto’ enquanto projetos se constroem, afirma CEO da CoinList

Siga no
Carteira de Bitcoin
Carteira de Bitcoin

Andy Bromberg, cofundador e CEO da startup de criptomoedas CoinList, afirmou recentemente que acredita que o mercado das criptomoedas se vai manter “quieto” durante este ano, enquanto novos projetos são desenvolvidos.

De acordo com o Yahoo Finance, Bromberg afirmou que o entusiasmo à volta das ofertas iniciais de moedas (ICOs) e do mundo das criptomoedas em geral começar a descer é bom para o ecossistema.

“Tivemos essa primeira onda de grande repercussão em torno de ICOs em 2017, no início de 2018 e, em seguida, um pouco de recuo. E agora, em 2019, parece que as pessoas estão focadas em construir … Acho que o mercado vai manter-se quieto por um tempo, enquanto as pessoas se concentram em realmente criar coisas.“

De acordo com o CEO da CoinList, empresa que ajuda a lançar ofertas iniciais de moedas de empresas em fase embrionária selecionadas à mão, o mercado no estado atual assemelha-se à Mesopotâmia e ao “berço da civilização,” no sentido que todos têm os ingredientes certos, falta apenas concentração para se criarem projetos que serão os pilares do futuro.

Os comentários do CEO vêm num mês em que a VanEck desistiu de listar um Exchange-Traded Fund (ETF) do Bitcoin em mercados regulados, e em que o CEO da mesma empresa, Jan Van Eck, afirmou que investidores de criptomoedas estão a interessar-se pelo ouro. Isto, depois de um ano em que o preço da criptomoeda caiu mais de 80%.

A CoinList em si, de acordo com o relatório, está numa posição difícil, visto o seu negócio ser promover ICOs, uma forma de angariar fundos olhada de lado por vários governos depois da queda abrupta do mercado no ano passado. Esta, no entanto, promoveu apenas cinco desde que foi criada, e para investidores credenciados com um patrimônio superior a US $1 milhão ou mais de US $200,000 em rendimentos anuais.

Nenhuma das empresas que promove lançou ainda o seu token. Quanto a isto, Bromberg notou que há sempre riscos em investimentos, mas que algumas empresas – como as que promove – agem como se lidassem com o mercado regulado.

Democratizar o mundo financeiro

Quando questionado acerca da exclusividade dos ICOs que a CoinList oferece, Bromberg afirmou que gostava de poder ajuda a democratizar mais o mundo financeiro, mas que “infelizmente” tem que seguir os regulamentos que existem hoje em dia.

Apesar de apenas promover e vender tokens a investidores credenciados, afirma que existe ainda um nível de democratização, pois comparando o mercado de investimentos em empresas embrionárias de há uns anos atrás, os ICOs que oferece estão disponíveis para “milhares de pessoas em todo o mundo.”

Para muitos, o crescimento do mercado das criptomoedas está associado à democratização do mundo financeiro, no sentido de que todos devem ter as mesmas oportunidades, não apenas investidores que possam estar em posições privilegiadas de poderem acarretar com o risco.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Francisco Memoria
Francisco Memoria
Francisco juntou-se à comunidade crypto em 2016, altura em que começou a escrever para várias publicações na área, incluindo Bitcoin.com, CCN, e The Merkle, entre outras. Apoia o libertarismo, e é grande fã e tecnologia.
Ethereum Classic ETC criptomoeda altcoin

Ethereum Classic dispara e renova máxima histórica

Na última terça-feira (4) as altcoins mostraram força mesmo com o preço do Bitcoin em queda e uma das moedas que dispararam no mercado...
Mercado Livre. Imagem: Reprodução

Mercado Livre compra R$ 40 milhões em Bitcoin

O Mercado Livre finalmente divulgou em seus balanços a compra de Bitcoin como parte de sua reserva de valor. A compra teria sido realizada...

Banco digital anuncia fundos de criptomoedas da Hashdex

O C6 Bank anunciou hoje (05) que irá oferecer em sua plataforma dois fundos baseados em criptomoedas geridos pela Hashdex. De acordo com o...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias