Investidor que apostou contra bancos em 2008 aposta R$ 3 bi contra Tesla

Homem que já virou até uma referência em filme, volta a fazer uma posição contrária no mercado financeiro.

Siga no
Michael Burry, representado pelo ator Christian Bale, em A Grande Aposta
Michael Burry, representado pelo ator Christian Bale, em A Grande Aposta/Reprodução

Conhecido principalmente pelo filme “A Grande Aposta”, que retrata os bastidores da crise financeira de 2008, Michael Burry voltou a atacar em 2021. Em relatório enviado à SEC na segunda-feira (17), o renomado investidor agora aposta contra ações da Tesla, empresa comandada por Elon Musk.

De fato, a Tesla é uma empresa que tem chamado atenção do mundo pela produção de veículos elétricos. Ao se tornar uma das maiores empresas em valor de mercado, ocupando até a posição de maior montadora de veículos, a companhia obteve destaque ao ser a primeira do setor a comprar Bitcoin como reserva de valor.

Contudo, nem todos os investidores do mercado financeiro se sentem confortáveis com os números da empresa. Como é listada em bolsa de valores, a Tesla deve divulgar relatórios financeiros trimestralmente.

Investidor de “A Grande Aposta” aposta contra Tesla

Interpretado pelo ator Christian Bale no filme “A Grande Aposta”, Michael Burry se tornou uma lenda após a crise de 2008. Na época, ele teria identificado que o sistema financeiro dos Estados Unidos, principalmente no setor imobiliário, atravessava uma bolha, apostando contra o sistema.

Apesar do filme retratar este episódio, que abalou os mercados mundiais, Burry continua na ativa em seus investimentos. Hoje, ele é gestor do fundo de hedge Scion Asset Management, onde continua a realizar investimentos polêmicos.

A mais nova posição do grande investidor foi apresentada na última segunda, com o fundo de Burry vendendo opções de ações da Tesla. Essa posição chamou atenção, com Burry alocando 40% do fundo contra a montadora comandada por Elon Musk.

O valor total da aposta contra a Tesla, conforme documento apresentado à SEC, foi de US$ 534 milhões. A venda milionária evidencia que Burry está acreditando em um eventual colapso nas ações da montadora.

A Tesla foi a primeira montadora do mundo a comprar Bitcoin e a aceitar a moeda como meio de pagamento. Nos últimos dias, contudo, Elon Musk afirmou que a Tesla não irá mais aceitar a moeda em troca de seus veículos, deixando aberta a possibilidade de vender seus bitcoins.

Outra aposta foi acreditando em alta na inflação dos Estados Unidos

Outra aposta que chamou atenção na última segunda, feita também pelo fundo de investimentos de Michael Burry, foi a compra de derivativos que acreditam na alta da inflação dos Estados Unidos.

Isso porque, como o país emitiu muito dinheiro no último ano, com mais dinheiro no mercado, aliado a um déficit fiscal, Burry acredita que a inflação vai disparar.

Apesar de ser contra a Tesla e favorável a alta da inflação, Burry não é investe em Bitcoin. Em março de 2021 ele chamou a criptomoeda de uma bolha especulativa, alertando investidores para os perigos da moeda digital, em sua visão.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

NFT pode “matar” o Bitcoin? Qual a relação entre ambos?

É provável que muita gente conheça os NFTs, regularmente confundidos com “arte digital”. A ação ganhou força após Stephen Curry, astro da NBA, e...
Plataformas NFT e Ethereum empresas

Empresas listadas na bolsa apostam no mercado de NFT

O crescimento do mercado de NFTs tem quebrado barreiras mais rápido do que outros recursos relacionados a blockchain. Hoje até mesmo grandes empresas, listadas...
Dúvida sobre o Bitcoin ser caçado pela China

Mineradores brasileiros comentam banimento de Bitcoin pela China

A proibição de Bitcoin pela China nos últimos dias abalou o mercado, com muitas pessoas ficando preocupadas com isso, menos dois mineradores brasileiros que...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias