MicroStrategy acumula US$ 1 bilhão em perdas após queda do Bitcoin

Saylor tuitou a frase “No Bitcoin nós confiamos”, bem como mudou a sua foto de perfil no Twitter, ainda usando olhos a laser.

Michael Saylor, fundador e CEO da MicroStrategy, e moedas de Bitcoin.
Michael Saylor, fundador e CEO da MicroStrategy, e moedas de Bitcoin.

A MicroStrategy, empresa pública com o maior número de BTC em caixa, está com uma perda não realizada de US$ 1 bilhão (R$ 5,1 bi) devido a forte queda do Bitcoin nesta semana. Apesar disso, seu fundador e CEO, Michael Saylor, segue confiante no futuro do Bitcoin.

Com 129.218 BTC em caixa, adquiridos por um preço médio de US$ 30.700, a aposta da MicroStrategy no Bitcoin também refletiu no preço de suas ações. Nesta segunda-feira (13), as ações da MicroStrategy amanheceram com queda de 26% após o BTC cair 22% enquanto os mercados acionistas estavam fechados.

Além disso, a queda do Bitcoin para US$ 22.600 nesta manhã é outro agravante para a empresa de Saylor. Afinal, a mesma recebeu um empréstimo, usando Bitcoin como garantia, para comprar mais BTC. Sendo assim, a MicroStrategy pode receber uma chamada de margem caso o preço atinja os US$ 21.000.

Entretanto, Saylor já afirmou que a MicroStrategy não venderá seus bitcoins, podendo adicionar mais garantias para manter o empréstimo em aberto.

Ações da MicroStrategy em forte queda

Muitas empresas iniciaram esta segunda-feira (13) no vermelho devido ao medo da inflação nos EUA e ações do Fed. Entretanto, a MicroStrategy teve uma queda ainda mais notável devido a sua exposição no Bitcoin.

Com o Bitcoin caindo 22% no final de semana, as ações da MicroStrategy (MSTR) abriram as negociações com uma queda de 26% nesta manhã. O motivo é a grande exposição da empresa ao Bitcoin.

Embora o Bitcoin já tenha ajudado as ações da MicroStrategy no ano passado, enquanto subia, hoje tal criptomoeda é responsável por uma perda não realizada de US$ 1 bilhão (R$ 5,1) da empresa.

Com 129.218 BTC em caixa, adquiridos por um preço médio de ~30.700 dólares, tais bitcoins foram um investimento de US$ 4 bilhões pela MicroStrategy. Entretanto, hoje o valor destes bitcoins chegou ao seu menor patamar, de apenas 3 bilhões de dólares.

Michael Saylor segue confiante

Apesar da queda do Bitcoin, Michael Saylor, fundador e CEO da MicroStrategy, segue confiante no futuro da criptomoeda. Na semana passada, o bilionário afirmou que o Bitcoin só possui dois destinos: zero ou US$ 1 milhão de dólares, sendo impossível que o primeiro cenário ocorra.

Já nesta segunda-feira (13), Saylor tuitou a frase “No Bitcoin nós confiamos”, bem como mudou a sua foto de perfil no Twitter, ainda usando olhos a laser.

“Os olhos do laser proclamam uma tecnologia para garantir os direitos humanos da vida, liberdade e propriedade,” afirmou Saylor em outra oportunidade. “Os olhos a laser canalizam a ação ao mesmo tempo que protegem de distrações diluidoras. Olhos de laser sinalizam intenção de fazer Bitcoin um instrumento de empoderamento econômico.”

Portanto, o simples ato de mudar sua foto de perfil é um lembrete de que o Bitcoin está barato. Afinal, não há outro ativo que vise tanto a liberdade e a prosperidade quanto o Bitcoin.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias