MicroStrategy aproveita queda e compra mais Bitcoin

Saylor acredita que o Bitcoin é o banco de dados e a rede mais seguros do mundo no que diz respeito a ameaças à segurança cibernética.

Siga no
MicroStrategy Bitcoin
MicroStrategy Bitcoin

Se para alguns a queda atual do Bitcoin é ruim, para outros é um momento esperado e oportuno para comprar a moeda digital. A MicroStrategy, que desde meados de 2020 vem comprando a criptomoeda como reserva de valor, acaba de anunciar que comprou mais US $ 15 milhões em Bitcoin nesta quinta-feira (13).

A empresa tem sido vista como uma baleia de Bitcoin, porque está adquirindo a moeda digital em grandes quantidades como ativo de tesouraria. A MicroStrategy disse que agora tem cerca de 91.850 bitcoins, comprados por um total de US $ 2,24 bilhões a um preço médio de US $ 24.403 por moeda.

Michael Saylor é o presidente e CEO da MicroStrategy, empresa de inteligência de negócios de capital aberto que ele fundou em 1989.

Michael Saylor

Saylor é um inventor renomado em mais de 40 patentes. Considerado o inventor da análise relacional, ele liderou a MicroStrategy nas áreas de análise da web, análise distribuída, análise móvel, computação em nuvem, identidade móvel, IoT e agora, blockchain e criptomoedas.

Michael Saylor também é um defensor do Bitcoin. O Conselho de Administração da MicroStrategy é pago em Bitcoin. Saylor acredita que o Bitcoin é a tecnologia mais poderosa e inovadora de nossa história.

De acordo com ele, se você perguntasse a qualquer empresa em fevereiro de 2020 sobre sua estratégia de Bitcoin, provavelmente ouviria ‘O que é Bitcoin?’ ou ‘Por que preciso de uma estratégia de Bitcoin?’ Saylor acredita que todas as estratégias atuais de tesouraria vão fracassar se estiverem comprando títulos de baixo rendimento.

A MicroStrategy determinou que o Bitcoin era o ativo de tesouraria mais forte que poderia encontrar.

A empresa se tornou a primeira de capital aberto a anunciar ter investido em Bitcoin, seguida pela Square, Tesla e outras.

A Tesla de Elon Musk surpreendeu o mercado ao anunciar que não vai mais aceitar a moeda digital, o que fez o Bitcoin enfrentar uma queda de mais de 10%.

Saylor acredita que o Bitcoin é o banco de dados e a rede mais seguros do mundo no que diz respeito a ameaças à segurança cibernética.

A decisão da Tesla não foi seguida por Michael Saylor ou a MicroStrategy.

Ele chegou a dizer que a decisão de Elon Musk é irônica.

“Irônico porque nenhuma energia incremental é usada em uma transação de Bitcoin. A energia é usada para proteger a rede, e o impacto líquido no consumo de combustível fóssil ao longo do tempo será negativo, considerando todos os fatores.”

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Símbolo da Binance líder maior corretora do mundo

Binance diz que intervenção do governo em corretoras é bom para o mercado

A Binance parece ter mudado totalmente a sua estratégia de negócios. Embora a exchange tenha crescido por não criar barreiras, não exigindo dados de...
Detran em Salvador na Bahia corrupção esquema

Esquema de corrupção no Detran-BA teve lavagem de dinheiro com criptomoedas

Um esquema de corrupção no Detran-BA investigado pelo Gaeco apontou que algumas pessoas fizeram a lavagem de dinheiro com criptomoedas. De fato, essa é a...
Torcida do Corinthians

Corinthians vai vender NFT a partir de outubro

O Sport Club Corinthians Paulista anunciou que vai começar a vender seus tokens NFT a partir de outubro. Recentemente, o clube paulista vendeu seus tokens...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias