Homem monta mineradora de criptomoedas em BMW para irritar gamers

Aqui no Brasil, cada RTX 3080 é vendida por valores acima dos R$ 10 mil.

Siga no

Você sabia que existe uma certa rivalidade entre os mineradores de criptomoedas e os gamers que jogam no PC? Isso acontece porque quando há um aumento na demanda de placas de vídeo (GPUs) para a mineração, o consumidor de PC acaba tendo que pagar mais caro pelas peças. Para irritar ainda mais os gamers, um minerador simplesmente construiu uma máquina de mineração usando GPUs de última geração dentro de uma BMW.

O dono de uma BWM instalou uma mineradora com GPUs no porta-malas da sua BMW. A instalação é alimentada pela própria bateria da BMW e conta com nada menos do que 6 RTX 3080, as placas de vídeo mais avançadas (e cobiçadas do mercado). Além disso o carro conta com a placa “HODLER”.

Fazenda de mineração instalada em BMW: Divulgação: Simon Byrne

Mas essa não é a única fazenda de mineração operada por Simon Byrne, além da BMW ele também tem uma máquina fixa com 78 RTX 3080 em sua casa. Essa fazenda específica é capaz de gerar quase US$ 130 mil por ano, cerca de R$ 730 mil.

A BMW de Byrne custou US$ 150 mil e tem uma mineradora bem mais modesta. Um detalhe é que ele precisa ficar com o porta malas aberto enquanto as máquinas estão ligadas ou então elas super aquecem e queimam.

Aqui no Brasil, cada RTX 3080 é vendida por valores acima dos R$ 10 mil.

Mas por que alguém faria algo assim, principalmente sem ter tanta praticidade? Bom, Byrne tinha um objetivo bem específico quando criou essa fazenda de mineração em seu carro: Irritar os gamers, como o próprio Byrne confirmou em entrevista ao site Tom’s Hardware.

Minerador acredita na utopia das criptomoedas

Byne não é só um grande “troll” que quer deixar os gamers cada vez mais irritados com a mineração das criptomoedas, ele também minera porque acredita em como essas moedas podem tornar o futuro em algo utópico.

Para apostar tanto assim (e gastar muito) com mineradoras de criptomoeda, é bem fácil de perceber que ele realmente acredita no que prega. No entanto, Byrne não revelou qual é a criptomoeda que ele minera com suas fazendas.

Considerando que é mineração por GPU, é de se pensar que não é o Bitcoin, já que a mineração do ativo é muito mais lucrativa usando as mineradoras ASIC.

No mais, temos uma história engraçada (se não bizarra) do que alguém com criatividade e muito dinheiro por fazer, simplesmente para tirar sarro de outras pessoas.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Valor de mercado do Bitcoin supera todas as empresas da B3

Nesta terça-feira (13) o Bitcoin bateu um novo recorde histórico e passou a ser negociado acima de 63 mil dólares. A alta fez a...
Imagem: Freepick

Dinheiro com data de vencimento e dívidas excessivas. Bitcoin resolve isso!

Estudos estimam que a dívida global representa 355% do PIB mundial, ou seja, o boleto do cartão de crédito mundial é de aproximadamente 284...

Yuan Digital terá data de validade

Já está claro que muitos países ao redor do mundo visam criar e implementar uma moeda digital controlada pelo banco central. O Brasil já...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias