Inicio Altcoins Nexo fecha parceria com Litecoin

Nexo fecha parceria com Litecoin

Uma fintech que aposta no sucesso cripto!

-

Compartilhe
Nexo fecha parceria com Litecoin

No fim de março de 2019 a fintech Nexo fechou uma grande parceria com a Litecoin (LTC). Essa empresa pretende ser melhor que uma conta bancária e, além disso, melhor que uma wallet de criptomoedas.

Fato é que as fintechs chegaram no mundo atual para ficar, os bancos inclusive já sentiram os efeitos. Algumas instituições tradicionais, para não ficar para trás, já estão comprando as fintechs para se modernizar.

As carteiras de criptomoedas, conhecidas como wallets, entretanto ainda não possui facilidades. Para a maior parte das pessoas, uma das barreiras ao entrar no mercado de criptomoedas é justamente a manipulação das transações.

Nexo chega para facilitar adoção cripto

Uma das missões da Nexo é justamente facilitar a transição do mundo bancário para o das criptomoedas. Em seu website, a empresa deixa claro que sua ferramenta é melhor do que bancos e do que wallets.

Certamente a Nexo criou uma solução que chega ao mercado cripto com imenso potencial, concorrendo com outros projetos já existentes. A Salt, a ETHLend e a Ripio são alguns dos principais concorrentes.

Litecoin é a nova criptomoeda parceira!

Como uma das mais valorizadas do mercado de criptomoedas, a Litecoin (LTC) é com certeza um projeto consolidado. Mais que isso, a nova parceria com a Nexo dá ainda mais opção para a comunidade desta criptomoeda.

Em um anúncio no blog oficial da Nexo no último dia 29 de março, a empresa explicou os detalhes que a comunidade pode esperar.

Aos entusiastas que optam pela estratégia do hold, agora poderão emprestar suas Litecoins para a Nexo e obter dinheiro. Isso permite que os holders não tenham a necessidade de vender suas moedas para transformá-las em moedas fiduciárias. A empresa remunera os empréstimos com uma taxa de juros de 8% ao ano.

Além disso, a Nexo trabalha com a conversão para mais de 45 moedas fiat. Apesar disso, o Real ainda não está disponível. Entretanto, a empresa promete não ter taxas, nem de saques e, nem de operações. Isso torna essa fintech uma wallet com “serviços bancários”.

Finalmente, a empresa ainda disponibiliza um cartão bandeira Mastercard para seus clientes. O Nexo Card, como é chamado, pretende facilitar a vida das pessoas no cotidiano com criptomoedas.

Curta nossa página no Facebook e também no Twitterpara começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.

MAIS LIDOS

Congressistas entendem a diferença entre a Libra e o Bitcoin

A criptomoeda Libra tem sido associada ao Bitcoin, entretanto, há diferenças entre os projetos. De acordo com Charlie Shrem, os congressistas dos EUA conseguem...

Como ganhar dinheiro com a volatilidade do bitcoin

O Bitcoin é um ativo bastante volátil, ele possui mais de 63% de volatilidade anual. Isso significa que ele pode retrair ou expandir 63%...

Bitcoin atinge R$ 1 bilhão em negociações no Brasil e quebra recorde na América Latina

O Brasil registrou mais de R$ 1 bilhão em negociações envolvendo o bitcoin. A criptomoeda vive um importante momento de expansão na América Latina....

Hacker invade corretora de criptomoedas e rouba mais de R$ 120 milhões

Na última quinta-feira (11) a Bitpoint sofreu um duro ataque hacker em sua plataforma. A corretora de criptomoedas perdeu mais de R$ 120 milhões...

Clientes da Indeal defendem empresa

Após uma investigação da Polícia Federal, os negócios da Indeal deixaram de ser operados em todo o Brasil. A investigação resultou na prisão de...

Bitcoin vai subir? Trader aponta U$ 16 mil em breve

Na última semana o preço do Bitcoin em real ultrapassou os R$ 50 mil, a desvalorização veio forte. No momento da escrita deste, a...
 

COMENTÁRIOS

MAIS LIDOS

Congressistas entendem a diferença entre a Libra e o Bitcoin

A criptomoeda Libra tem sido associada ao Bitcoin, entretanto, há diferenças entre os projetos. De acordo com Charlie Shrem, os congressistas dos EUA conseguem...

Como ganhar dinheiro com a volatilidade do bitcoin

O Bitcoin é um ativo bastante volátil, ele possui mais de 63% de volatilidade anual. Isso significa que ele pode retrair ou expandir 63%...

Bitcoin atinge R$ 1 bilhão em negociações no Brasil e quebra recorde na América Latina

O Brasil registrou mais de R$ 1 bilhão em negociações envolvendo o bitcoin. A criptomoeda vive um importante momento de expansão na América Latina....

Hacker invade corretora de criptomoedas e rouba mais de R$ 120 milhões

Na última quinta-feira (11) a Bitpoint sofreu um duro ataque hacker em sua plataforma. A corretora de criptomoedas perdeu mais de R$ 120 milhões...

Clientes da Indeal defendem empresa

Após uma investigação da Polícia Federal, os negócios da Indeal deixaram de ser operados em todo o Brasil. A investigação resultou na prisão de...
Compartilhe