Nova CPMF poderia impulsionar a adoção do Bitcoin no Brasil

Tributo que foi vetado por Jair Bolsonaro após polêmica seria grande aliado para as criptomoedas.

Siga no
Calculadora nova CPMF

A equipe econômica comandada pelo ministro Paulo Guedes segue firme no plano de criar um imposto sobre transações financeiras similar a antiga CPMF. O Ministro da Economia propôs a tributação recentemente, mas o presidente Jair Bolsonaro ainda não aprovou o projeto. Após a enorme polêmica diante do tributo, uma nova CPMF poderia beneficiar criptomoedas como o Bitcoin no Brasil.

Paulo Guedes apresentou uma nova CPMF como forma de desonerar a folha de pagamentos. Estava previsto pelo Ministro da Economia que o tributo deveria incidir sobre saques e depósitos em todo país. Além disso, transações com cartões de débito e de crédito deveriam ter uma alíquota que poderia variar entre 0,2% e 1%.

Nova CPMF e a adoção do Bitcoin no Brasil

A nova CPMF poderia ser uma grande aliada no que diz respeito a expansão da utilização do Bitcoin no Brasil. O tributo  seria até renomeado por Guedes, como o Imposto Sobre Transações Financeiras (ITF). Com a nova CPMF, Paulo Guedes previu que poderia arrecadar cerca de  R$ 150 bilhões anualmente.

O projeto de Paulo Guedes não foi adiante, mas uma nova CPMF poderia fazer com  que o Bitcoin aumentasse sua adoção no país. A alíquota proposta pelo Ministro da Economia atingiria grande parte da população, que pagariam tributos recorrentes em relação ao imposto indesejado.

A utilização de criptomoedas no Brasil ainda acontece de forma tímida. Com taxas bancárias que atingiriam praticamente qualquer cidadão, a nova CPMF  poderia forçar os brasileiros a procurarem uma alternativa mais viável e sem taxação. Nesse caso, criptomoedas como Bitcoin deveriam ser amplamente utilizadas no Brasil.

Nigéria experimenta grande adoção do Bitcoin

A Nigéria experimentou uma grande adoção do Bitcoin recentemente. Isso aconteceu após o país decidir aumentar uma taxa parecida com o que seria a nova CPMF do Brasil.  Uma enorme adoção do Bitcoin aconteceu no país africano, devido ao aumento de uma taxa pelo banco central nigeriano.

Com uma taxa que varia entre 2% a 3%, a CPMF da Nigéria pode oscilar de acordo com cada estado do país. Contudo, a CPMF da Nigéria não atinge qualquer valor. Sendo assim, o valor mínimo para que o imposto seja cobrado corresponde a R$ 5.673,12, ou ainda 500.000 Naira. No caso da Nigéria, o imposto incide somente sobre depósitos bancários.

O aumento da taxa para depósitos bancários na Nigéria impulsionou uma grande adoção do Bitcoin no país. A enorme procura pela criptomoeda evidencia uma grande utilização do Bitcoin pela população. Em busca de menos taxas com transações mais rápidas, a criptomoeda foi a grande aposta da população do país africano.

O mesmo poderia acontecer no Brasil, caso a nova CPMF fosse aprovada. Com uma nova tributação, os brasileiros poderiam procurar alternativas menos onerosa. Dessa forma,   a utilização do Bitcoin deveria aumentar consideravelmente no país, onde 73% da população reprova o retorno da temida CPMF.

Embora o presidente Jair bolsonaro tenha rechaçado completamente a nova CPMF, o tributo poderia aumentar a adoção do Bitcoin caso voltasse a ser discutido pela equipe econômica que compõe o governo atual.

A proposta do Ministro da Economia apresentava uma compensação por impostos trabalhistas que deveriam ser reduzidos. Porém, Jair bolsonaro prometeu que não haveria uma nova CPMF durante a campanha presidencial, abandonando o projeto de Paulo Guedes.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Paulo Carvalho
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".
Mulher com aplicativo de Bitcoin comprar e vender

Ex-presidente da CVM faz alertas sobre compra de Bitcoin por empresas de capital aberto

A compra de criptomoedas por grandes empresas continua a chamar atenção do mercado financeiro, com algumas se questionando se elas podem ou não comprar...
Empresa Suzano Celulose

Suzano manda oficiar corretoras de criptomoedas em processo na justiça

Em um processo que corre na justiça desde 2018, movido pela Suzano Papel e Celulose S/A, a justiça mandou oficiar algumas corretoras de criptomoedas....
Mercado Bitcoin

Volume do Mercado Bitcoin cresce e corretora pode abrir capital na bolsa

O volume de negociações de uma das maiores corretoras de criptomoedas do Brasil, o Mercado Bitcoin, cresceu 862% no mês de abril quando comparado...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias