Anúncio
Bitconf
Inicio Bitcoin O que é a Tocha do Bitcoin que está rodando o mundo?

O que é a Tocha do Bitcoin que está rodando o mundo?

Comunidade acesa!

-

Compartilhe
que é a Tocha do Bitcoin

Uma brincadeira que começou no dia 19 de janeiro de 2019 tem ficado séria e convocado  a comunidade de criptomoedas do mundo todo, saiba o que é a Tocha do Bitcoin.

As Olimpíadas serão em 2020, mas uma tocha já foi acesa e passou por 37 países, chamada pela comunidade como a “Tocha Lightning Bitcoin”.

O propósito de criação da tocha foi para mostrar ao mundo que a tecnologia Lightning Network, que processa transações fora da rede principal através de canais, pode ser utilizada para pagamentos globais.

Um dos especialistas da comunidade Bitcoin mundial, Andreas Antonopoulos, disse ao portal Coindesk que a tocha é um experimento super importante para que a tecnologia seja testada e para ser detectado possíveis erros no sistema.

Andreas adverte ainda que não é um processo simples participar da brincadeira, pelo fato que não basta ter um canal LN configurado, ele tem que estar com o saldo bem balanceado. Como tais processos ainda não foram automatizados, o usuário disposto a “pegar a tocha” tem que ter uma noção boa para realizar as configurações necessárias.

A brincadeira que teria começado pelo usuário do Twitter Hodlonaut já ganhou até um website, do qual o entusiasta afirmou que “A maneira como isso aconteceu, me surpreendeu completamente, e me fez perceber o quão incrível é a comunidade bitcoin”.

Um destaque é que nos mais de 37 países que a tocha passou, um dos locais foi o Brasil, em específico na cidade de Brasília, de acordo com o site que acompanha o caso. O mapa que mostra os países que a tocha já passou está no website Take The Torch e para quem quiser seguir o desenrolar do caso pode seguir a hashtag #LNtrustchain no Twitter.

Quem recebe a TochaLN deve repassá-la aumentando 10.000 satoshis no valor para alguém de confiança, sendo isso parte do teste para que se conheça os potenciais da rede mundial do Bitcoin.

O CEO do Twitter, Jack Dorsey, foi um dos que recebeu a tocha e fez o repasse adiante, sendo que o caso tem chamado atenção do mundo todo para conhecer o potencial da tecnologia.

Um fato curioso é que a tocha foi “roubada” no dia 31 de janeiro por um usuário, sendo que desde esse episódio uma nova tocha foi criada para que a brincadeira continue.

A LN tem crescido bastante no início de 2019, sendo a tocha um dos primeiros testes de grande escala e públicos da tecnologia.

Curta nossa página no Facebook e também no Twitter para começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.

MAIS LIDOS

NuCoin: clientes sugerem Nubank a criar sua própria criptomoeda

O Nubank poderia aceitar as sugestões dos usuários e criar sua própria criptomoeda. É assim que pensa parte da comunidade do banco, que levantou...

Bilionário perde R$ 512 milhões em Bitcoin após “comprar na alta e vender na baixa”

Masayoshi Son, bilionário japonês fundador do Softbank Group, perdeu mais de US $ 130 milhões (R$ 512 milhões) em investimento em Bitcoin depois de comprar...

Banco Central da Argentina dá força para o Bitcoin

Com a inabilidade em resolver os problemas da inflação, o Banco Central da Argentina dá força para o Bitcoin (BTC). Essa moeda digital ganha...
 
Compartilhe
close-link
Siga o Livecoins nas redes sociais para começar e terminar o dia bem informado!