O que é a Tocha do Bitcoin que está rodando o mundo?

Comunidade acesa!

-

Siga no
Anúncio

Uma brincadeira que começou no dia 19 de janeiro de 2019 tem ficado séria e convocado  a comunidade de criptomoedas do mundo todo, saiba o que é a Tocha do Bitcoin.

As Olimpíadas serão em 2020, mas uma tocha já foi acesa e passou por 37 países, chamada pela comunidade como a “Tocha Lightning Bitcoin”.

O propósito de criação da tocha foi para mostrar ao mundo que a tecnologia Lightning Network, que processa transações fora da rede principal através de canais, pode ser utilizada para pagamentos globais.

Anúncio

Um dos especialistas da comunidade Bitcoin mundial, Andreas Antonopoulos, disse ao portal Coindesk que a tocha é um experimento super importante para que a tecnologia seja testada e para ser detectado possíveis erros no sistema.

Andreas adverte ainda que não é um processo simples participar da brincadeira, pelo fato que não basta ter um canal LN configurado, ele tem que estar com o saldo bem balanceado. Como tais processos ainda não foram automatizados, o usuário disposto a “pegar a tocha” tem que ter uma noção boa para realizar as configurações necessárias.

A brincadeira que teria começado pelo usuário do Twitter Hodlonaut já ganhou até um website, do qual o entusiasta afirmou que “A maneira como isso aconteceu, me surpreendeu completamente, e me fez perceber o quão incrível é a comunidade bitcoin”.

Um destaque é que nos mais de 37 países que a tocha passou, um dos locais foi o Brasil, em específico na cidade de Brasília, de acordo com o site que acompanha o caso. O mapa que mostra os países que a tocha já passou está no website Take The Torch e para quem quiser seguir o desenrolar do caso pode seguir a hashtag #LNtrustchain no Twitter.

Quem recebe a TochaLN deve repassá-la aumentando 10.000 satoshis no valor para alguém de confiança, sendo isso parte do teste para que se conheça os potenciais da rede mundial do Bitcoin.

O CEO do Twitter, Jack Dorsey, foi um dos que recebeu a tocha e fez o repasse adiante, sendo que o caso tem chamado atenção do mundo todo para conhecer o potencial da tecnologia.

Um fato curioso é que a tocha foi “roubada” no dia 31 de janeiro por um usuário, sendo que desde esse episódio uma nova tocha foi criada para que a brincadeira continue.

A LN tem crescido bastante no início de 2019, sendo a tocha um dos primeiros testes de grande escala e públicos da tecnologia.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Leia mais

Leia mais sobre:

Últimas notícias

Obras públicas do Ceará terão blockchain para medição

As obras públicas que forem feitas pelo estado do Ceará terão o uso da tecnologia blockchain como mediadora. Com essa ferramenta então o governo...

JPMorgan começa a testar criptomoeda, após registro no Brasil

O grande banco JPMorgan, que recentemente pediu um registro no Brasil para sua carteira, agora começa a testar sua criptomoeda. De acordo com a...

Candidata a prefeita pelo PT no Rio quer criar “Moeda Carioca”

A candidata a prefeita pelo PT no Rio de Janeiro, Benedita da Silva, quer criar uma Moeda Carioca caso vença as eleições. Em 2020,...