As histórias dos investidores que venderam bitcoin por R$ 5

Se você tivesse a sorte de ter comprado um bitcoin a R$ 5, hoje teria multiplicado seu capital em 2.422.800%, mas para isso precisaria ter “mãos de diamante”. Nesta matéria, o Livecoins reuniu alguns investidores que venderam Bitcoin cedo demais e se logo se arrependeram.

Na maioria dos exemplos, tais investidores nem sequer pagaram por suas moedas. Em suma, quase todos eram mineradores que estavam aproveitando seus computadores para ganhar uma renda extra, sem muita expectativa que o Bitcoin se tornaria tão popular quanto é hoje.

Outros não venderam, mas acabaram gastando seus bitcoins mesmo assim. Em março de 2011, Gavin Andresen, famoso desenvolvedor do Bitcoin, conta que comprou meias de lã por BTC, talvez as mais caras da história.

“Ótimo almoço hoje com David, que cria alpacas e me vendeu algumas meias de lã fantásticas por bitcoin.”

O caso mais famoso deste tipo são as duas pizzas compradas por 10.000 bitcoins (hoje R$ 1,2 bilhão) por Laszlo Hanyecz. Porém, os casos seguem, como na compra de uma casa por 45.000 BTC, valor que hoje poderia comprar qualquer casa do mundo e ainda sobrariam alguns bilhões.

“Este mês, representei um comprador e um vendedor na compra e venda de uma casa unifamiliar no Condado de Alameda, cujo valor era superior a 45.000 BTC.”

Usuário do Bitcointalk conta que intermediou a venda de uma casa no valor de 45.000 bitcoins em 2011.

Investidores de Bitcoin se mostram arrependidos por venderem suas moedas

Assim como venderam cedo demais, estes investidores também se arrependeram prematuramente. Um deles, que vendeu seus bitcoins por US$ 5 não conseguia acreditar que a criptomoeda já estava valendo quase o dobro após alguns dias, em maio de 2011.

“Bitcoin agora vale US$ 9 por moeda? Legal… Vendi todos os meus por US$ 5 cada moeda há alguns dias. =( #arrependimento”

Outro teve o mesmo arrependimento um pouco mais tarde, mesmo assim o preço do Bitcoin em apenas dois dígitos seria um sonho para qualquer investidor atualmente.

“Vendi meu bitcoin em 28, mas continua subindo até 32…”

Já um terceiro não acredita que o Bitcoin continuaria subindo, mal sabendo ele que hoje US$ 27 é uma pequena variação que acontece em segundos e que 1 BTC chegaria a casa dos milhares de dólares.

“Vendi alguns bitcoins por US$ 27,22. Não vejo como essa alta pode durar.”

“Logo após quase todos meus Bitcoin, o preço se recuperou de forma bastante constante. #Dane-seMinhaVida”

Por fim, outros não mostraram arrependimento. Pelo contrário, comemoraram suas vendas. No entanto, em algum ponto devem ter repensado sobre as suas escolhas passadas.

“Uau, feliz por ter decidido que o bitcoin estava caindo ontem e vendi tudo. Abaixo de US$ 10 agora. (US$ ~9,20 USD/BTC)”

“Quase terminei de sacar alguns bitcoins. 2 BTC gerados. Os vendi por US$ 29. Loucura!”

Um último, acredite se quiser, chegou a ter prejuízo mesmo comprando Bitcoin por um preço ínfimo. Em julho de 2015, após o Bitcoin ter uma grande queda, um investidor mais impaciente que os outros não aguentou a pressão e vendeu todas suas moedas por meros 14 dólares.

“Bem, o Bitcoin se estabilizou em quase exatamente US$ 14/moeda. Estou cansado de esperar uma alta, então estou assumindo o prejuízo e recebendo meu dinheiro de volta.”

Mais tarde, em 2018, o mesmo usuário voltou a falar sobre o assunto, comentando que estava tranquilo sobre sua venda passada.

“Nunca. Eu não sofro de FOMO. Eu costumava ter uma carteira com talvez 1,5 BTC que recebi de vários faucets em um HD em algum lugar e pensei em tentar encontrá-lo”, desabafou “Mas tenho 95% de certeza de que o disco foi apagado, então simplesmente não vale o meu tempo.”

Hoje este 1,5 BTC está avaliado em R$ 183.000, então talvez seja uma boa ideia tentar procurar este computador velho.

O socialista que criticou uma das primeiras quedas do Bitcoin

Ainda nos dias de hoje as quedas do Bitcoin causam reações adversas nas pessoas. Enquanto alguns investidores aproveitam para “comprar o mergulho”, diversos criticos reaparecem para dizer que “avisaram que era uma furada”.

Um destes primeiros casos ocorreu em outubro de 2011, quando um usuário que se autointitula “socialista e antifascista” aproveitou a queda do Bitcoin de US$ 30 para US$ 3 para criticar o projeto.

“O Bitcoin parece estar afundando forte. Eu realmente nunca me convenci de toda a ideia da criptomoeda.”

Por fim, este é um lembrete que o Bitcoin é um investimento de longo prazo, que requer paciência. Além disso, quedas em momentos de pânico também costumam ser boas oportunidades, algo que os críticos deveriam refletir.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de criptomoedas do mercado ganhe até 100 USDT em cashback. Cadastre-se

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias

Últimas notícias