Início Altcoins OriginalMy fala sobre ataque da Ethereum Classic

OriginalMy fala sobre ataque da Ethereum Classic

Empresa brasileira escapou do ataque, exchange Gate.io não teve mesma sorte!

-

OriginalMy fala sobre ataque da Ethereum Classic

Uma das mais famosas startups ligadas ao setor de criptomoedas brasileira, a OriginalMy se pronunciou a respeito do ataque 51% que aconteceu na rede da Ethereum Classic.

A criptomoeda, que é top 18 no market cap no momento da escrita deste, passou maus bocados nos últimos dias, pois ao que tudo indica, o ataque 51% parece estar cada vez mais confirmado.

O caso poderia ter afetado os serviços da OriginalMy, que possui como uma das ferramentas a guarda de registros na blockchain da Ethereum Classic.

Só que a empresa também realiza a guarda em outras blockchains, além de outras medidas de segurança, o que faz com que informação de seus clientes fique sempre resguardada.

O CEO da empresa, Edilson Osorio, lançou no blog oficial da empresa uma nota sobre o caso, em que indica que há redundância dos dados em várias blockchains, sendo Bitcoin, DCR e Ethereum Classic, com opcional de Ethereum para empresas.

Conforme relata Edilson, “os ataques 51% são possíveis de acontecer em blockchains verdadeiramente abertos, distribuídos e descentralizados”.

Em uma investigação interna a exchange Coinbase foi uma das primeiras a detectar o caso, ainda no dia 05 de janeiro. No dia 07 de janeiro, a exchange alertou pelo seu Twitter que mais de U$ 1 milhão de dólares em criptos poderiam ter sido alvo de gastos duplos.

No último dia 08 de janeiro, a exchange Gate.io veio a público soltar a sua versão dos fatos, e de acordo com seus pesquisadores, constataram que realmente houve um ataque na rede da ETC.

A exchange não foi capaz de verificar a tempo o caso, e teve ordens executadas na sua plataforma ao que tudo indica pelo endereço utilizado pelos hackers, o que causou aos traders da plataforma enormes prejuízos, com mais de 40 mil ETC perdidos no caso (cerca de R$ 741 mil, ou 49 BTCs na cotação do dia 09 de janeiro).

A Gate.io colocou as confirmações para ETC em 500 como medida de segurança, e prometeu que vai ressarcir o prejuízo aos seus usuários que foram lesados pelo caso, visto que tiveram ordens de venda incomuns que causaram danos.

Ainda em seu estudo, a exchange recomendou a comunidade Ethereum Classic e a equipe de desenvolvedores que contruam novos mecanismos de consenso para evitar que casos assim aconteçam na rede, como o POS por exemplo, semelhante ao que a Ethereum está para fazer.

As altcoins possuem o custo de ataque 51% muito menor do que na rede Bitcoin, e este é um fato lamentável que ocorreu na rede ETC que ainda está sendo digerido pela comunidade cripto mundial.

Nexo

Empréstimos na hora por transferência bancária usando sua criptomoeda como garantia sem vendê-la. Ganhe juros de até 8% ao ano em suas Stablecoins.

Comece agora
Leia mais notícias sobre:
Curta nossa página no Facebook e também no Twitterpara começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.
Gustavo Bertolucci
Entusiasta de criptomoedas, formado em Análise de Dados e BI. Busquei conhecimento em Análise Técnica e Mercado Financeiro, quando me deparei com o Bitcoin e daí em diante venho escrevendo sobre a criptoeconomia e Blockchain.

MAIS LIDOS

CVM não reconhece acordo proposto pela Genbit

A CVM (Comissão de Valores Mobiliários) não reconheceu a proposta (Termo de Compromisso) apresentada pela Genbit - antiga Zero10 Club – para tentar encerrar...

Unick Voltou? “Unick International” promete trazer empresa de volta

Unick Universal, este é o nome da suposta "nova Unick". Em um vídeo que circula nas redes sociais, e um novo site, o projeto...

“De 5 mil, apenas 40 criptomoedas possuem liquidez”, afirma trader

Um trader e analista de criptomoedas, Willy Woo, afirmou que pouquíssimas criptomoedas são consideradas "bons investimentos". O trader utilizou dados do Coinmarketcap para apontar...

Criador do C++ repudia o uso de sua linguagem de programação para criação do bitcoin

O cientista da computação dinamarquês Bjarne Stroustrup, criador da linguagem de programação C++, comentou sobre sua frustração com o uso da linguagem de programação...

Cliente acusa maior youtuber de Bitcoin do Brasil de fazê-lo perder R$ 90 mil com pirâmide

O YouTuber Ronaldo Silva, dono do canal Ronaldo Silva – Bitcoin RS, com mais de 161 mil inscritos e que oferece há anos o...

CEO de corretora de bitcoin vai encarar 16 anos de prisão por fraude de R$ 1.6 bi

O presidente de uma empresa que alegava ser uma "corretora de bitcoin", da Coreia do Sul foi sentenciado a 16 anos de prisão. O...

Escreva seu comentário:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

CVM não reconhece acordo proposto pela Genbit

A CVM (Comissão de Valores Mobiliários) não reconheceu a proposta (Termo de Compromisso) apresentada pela Genbit - antiga Zero10 Club – para tentar encerrar...

Unick Voltou? “Unick International” promete trazer empresa de volta

Unick Universal, este é o nome da suposta "nova Unick". Em um vídeo que circula nas redes sociais, e um novo site, o projeto...

“De 5 mil, apenas 40 criptomoedas possuem liquidez”, afirma trader

Um trader e analista de criptomoedas, Willy Woo, afirmou que pouquíssimas criptomoedas são consideradas "bons investimentos". O trader utilizou dados do Coinmarketcap para apontar...

Criador do C++ repudia o uso de sua linguagem de programação para criação do bitcoin

O cientista da computação dinamarquês Bjarne Stroustrup, criador da linguagem de programação C++, comentou sobre sua frustração com o uso da linguagem de programação...