Plataforma de investimento reverte taxas para causas sociais

Siga no

A Stratum Blockchain Tech lançou recentemente uma cesta de investimentos lastreada em 10 criptomoedas chamada Stratumblue. Mas o que mais tem chamado a atenção do mercado é que, além de uma taxa diferenciada, parte dela é revertida para organizações de caridade, como a BitGive, uma organização sem fins lucrativos que usa o poder do bitcoin e a tecnologia blockchain para melhorar a saúde pública e o meio ambiente em todo o mundo; e a B4H, uma fundação internacional que reconhece, apoia, recebe doações e fornece fundos para organizações que usam a tecnologia blockchain para fazer uma mudança positiva na humanidade.

A StratumBlue atraiu milhares de investidores por seu portfólio diversificado, mantendo uma combinação das criptomoedas de melhor valor no mercado, uma pequena aposta em criptos menos conhecidas porém bastante promissoras, e uma participação em operações relacionadas a criptomoedas. “Nossa equipe especializada faz a pesquisa, negociação e manutenção do portfólio”, explica Rocelo Lopes, CEO do Grupo.

O Index Fund poderá ser comprado, inicialmente, na própria Stratumblue (com Bitcoin), em plataformas do Grupo como Stratum e BKTC, e também na Cointrade. O investidor pode ainda utilizar o token BLU para executar outras funções, como disponibilizar créditos na Atar Band, pagar boletos bancários, contas de consumo como água, luz, Netflix, telefone; comprar outras criptomoedas e até mesmo fazer recargas para o Uber. “Construímos um token para não ser apenas um ativo atrelado a uma cesta de investimentos, mas para ter usabilidade e continuar aproximando as criptomoedas do dia a dia das pessoas”, declara Lopes.

Segundo o empresário, o objetivo é atingir 50 mil clientes com ticket médio de US$ 5 mil até final de 2019. Lopes também destaca que o BLU é uma excelente oportunidade para investidores de médio e longo prazo, ou ainda que compraram bitcoin ou outras criptomoedas e estão aguardando uma valorização superior no longo prazo (os “hodlers”, como são chamados no mercado de criptomoedas). “Isso aumenta suas chances de impulsionar seus investimentos de maneira dinâmica e com uma equipe especializada administrando os ativos e operações que compõem o index fund. Muitos clientes da Stratum já estão migrando seus investimentos em bitcoin para o Stratumblue, com base nessa premissa”, afirma.

Leia mais sobre:
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org Sugestão de pauta: mateus@livecoins.com.br

Bitcoin e ações da Tesla são as maiores bolhas do mercado, dizem investidores

Não é de hoje que as criptomoedas, especialmente o Bitcoin, são definidos por alguns investidores como bolhas do mercado. Recentemente o banco alemão Deustche...

Ex-jogador do Real Madrid é o primeiro a assinar contrato pago com Bitcoin

O Bitcoin continua se tornando uma ferramenta para diferentes tipos de pagamentos, e não estamos falando apenas de transferências entre duas pessoas, já que...

Cotações por TradingView

Últimas notícias

Ex-jogador do Real Madrid é o primeiro a assinar contrato pago com Bitcoin

O Bitcoin continua se tornando uma ferramenta para diferentes tipos de pagamentos, e não estamos falando apenas de transferências entre duas pessoas, já que...

Versículo da Bíblia é gravado no bloco 666.666 da blockchain do Bitcoin

Quando falamos em Bitcoin, dificilmente iremos associar a criptomoeda com algo relacionado a Bíblia. Contudo, há quem diga que o Bitcoin pode ser a...

Podcast AlterTalks sobre criptomoedas e economia começa no Brasil

A comunidade brasileira de criptomoeda acaba de ganhar um novo podcast sobre criptomoedas, o AlterTalks. Co-criado pelo fundador da Alter, fintech ligada ao criptomercado,...

Empréstimos DeFi com Peso Argentino? Startup lança novidade que pode chegar ao Brasil

A startup argentina Ripio Credit Network inovou mais uma vez no mercado latino americano de criptomoedas. Isso porque, nos últimos dias foi lançado o...