Polícia Civil de Rio Grande do Norte promove curso sobre Bitcoin

Agentes terão curso dedicado ao assunto.

A polícia civil do Rio Grande do Norte, fará um curso sobre Bitcoin nos próximos dias em Natal, capital do estado. A iniciativa está sendo promovida após uma série de cursos no Brasil em que autoridades se mostram mais propensas a buscar esclarecimentos sobre o setor.

No Nordeste, por exemplo, um curso feito recentemente por autoridades da polícia civil aconteceu em Recife (PE). Com apoio da PF e Ministério da Justiça e Segurança Pública, o “projeto M.O.S.A.I.C.O.” ensinou sobre o mercado de criptomoedas para agentes da polícia civil no Nordeste e Centro-Oeste, aumentando o conhecimento dos agentes para o trabalho em rede.

Academia de Polícia Civil em Natal promove curso sobre Bitcoin

Em uma publicação nesta quarta-feira (12), a Academia de Polícia Civil do Rio Grande do Norte divulgou que fará um curso sobre o Bitcoin nos próximos dois dias.

Em documento assinado pelo Diretor Geral da Acadepol/PCRN, Adson Kepler Monteiro Maia, ficou instituído o “Curso sobre Criptoativos e Lavagem de Dinheiro”. Este terá a duração de 16 horas, entre os dias 13 e 14 de janeiro de 2022, no horário das 08 às 12 horas e das 14  às 18 horas.

Este curso será realizado no próprio auditório da Polícia Civil, com a coordenação do próprio diretor geral da Acadepol. Como monitor do curso foi escolhido o agente da polícia civil Alcebíades José da Silva Neto.

Não está claro ainda se essa ação acontece por influência da recente capacitação que envolveu agentes da polícia civil e federal em Pernambuco. Mesmo assim, é importante notar que essa foi a primeira portaria publicada pela Acadepol/PCRN em 2022, ou seja, é o primeiro curso promovido para agentes neste ano, mostrando que esse pode ser uma prioridade.

A PCRN não divulgou detalhes de quantas vagas serão ofertadas e nem a grade do curso.

Vale lembrar que mais iniciativas seguem sendo feitas pelas autoridades no mercado de criptomoedas, sendo a capacitação um passo que acompanha o aumento da atenção que este tem chamado.

Rio Grande do Norte já foi alvo de esquemas com criptomoedas

Em maio de 2021, a Receita Federal do Brasil investigou um esquema de lavagem de dinheiro com criptomoedas em uma pizzaria. Na época, foi deflagrada a Operação Mamma Mia, e cumpridos mandatos em oito estados brasileiros.

Antes disso, duas empresas distintas atuando entre 2019 e 2020, chamadas FOCUS Prontabit e A2 Trader, haviam recrutado clientes, com promessas de ganhos fáceis e associados a falsas operações de trade de criptomoedas.

Ou seja, a capacitação da PCRN acontece após anos acompanhando golpes locais, que agora poderão ser alvo fácil das autoridades capacitadas.

💰 $100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias