Polícia de Londres apreende US $ 160 milhões em criptomoedas na maior investigação de todos os tempos

A polícia não revelou quais criptomoedas compõe a quantia de nove dígitos apreendida.

Siga no
Polícia-Metropolitana
Polícia-Metropolitana

A Polícia de Londres apreendeu cerca de US $ 160 milhões em criptomoedas no que se tornou o maior confisco do tipo no país. De acordo com um comunicado de imprensa, o Comando de Crimes Econômicos do Met realizou a apreensão após receber uma denuncia.

A apreensão é a maior registrada na história do Reino Unido e é considerada uma das maiores vitórias das autoridades na luta contra a lavagem de dinheiro com criptomoedas.

A polícia não revelou detalhes sobre as criptomoedas apreendidas ou a hora e local do confisco, mas disse que a investigação de lavagem de dinheiro ainda está em andamento.

O responsável pelas investigações disse que, embora o dinheiro ainda seja a forma mais comum de lavar dinheiro, alguns criminosos estão adotando métodos mais sofisticados usando criptomoedas.

“O dinheiro continua sendo o rei, mas à medida que a tecnologia e as plataformas online se desenvolvem, alguns estão adotando métodos mais sofisticados de lavagem de lucros. Porém, temos oficiais altamente treinados e unidades especializadas trabalhando dia e noite para nos mantermos um passo à frente.”

Maior investigação de todos os tempos

Criptomoedas como bitcoin têm sido usadas entre os criminosos como um método de movimentação anônima de dinheiro. Os mercados da dark web que possuem de tudo, desde armas, drogas e assassinos, muitas vezes trocam criptomoedas na casa dos milhões por seus serviços ilícitos.

No entanto, as autoridades começaram a encontrar maneiras de contornar os complexos dos ativos online à medida que o fenômeno lentamente se torna dominante.

Neste caso específico, o detetive do caso disse que os ativos digitais apreendidos estavam sendo usados no processo de lavagem, limpando grandes quantias de dinheiro provenientes do crime nas ruas de Londres.

“Os criminosos precisam legitimar seu dinheiro, caso contrário, ele corre o risco de ser confiscado pela polícia”, disse o detetive Joe Ryan.

“O produto do crime quase sempre é lavado para esconder a origem, mas ao interromper o fluxo de fundos antes de serem reinvestidos, podemos tornar Londres um lugar incrivelmente difícil para os criminosos operarem.”

O investigador também disse que o principal objetivo da Polícia Metropolitana é conter a violência causada pelo crime em Londres, apontando para o rastro de sangue que o dinheiro sujo tende a deixar.

A polícia não revelou quais criptomoedas compõe a quantia de nove dígitos apreendida.

“Este dinheiro não pode mais ser reinvestido no crime, não pode ser usado para comprar e vender drogas e armas e não pode ser usado para atrair e explorar jovens e pessoas vulneráveis ​​para a criminalidade.”

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Vista da cidade de Miami

Criptomoeda de Miami será listada em primeira grande corretora

A cidade de Miami está para lançar sua própria criptomoeda, que já recebeu a confirmação de que será listada em uma grande corretora do...

ETF 100% Ethereum estreia hoje na B3

Nesta quarta (04) foi lançado o ETF 100% Ethereum na B3, bolsa brasileira. O fundo foi desenvolvido pela gestora QR Asset Management, a mesma...

Dotz vai permitir que clientes troquem pontos por bitcoin

A Dotz, uma das principais gestoras de pontos de fidelidade do Brasil, com uma grande quantidade clientes, pode ser mais uma forma de aproximar...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias