Polícia derruba empresa de criptomoedas que prometia retornos na base do “pode confiar”

Em nota divulgada nesta segunda-feira (13), o governo do Reino Unido anunciou o fechamento da Amey Finance Academy Ltd., uma empresa de consultoria de criptomoedas. Segundo a denúncia, alguns investidores perderam dinheiro ao confiarem em falsas afirmações feitas pela empresa.

Como exemplo, o governo cita conversas no WhatsApp onde Desmond Amey, CEO e único acionista da empresa, diz a um cliente que os investimentos eram “100% certeiros”. Na sequência, o executivo também largou um “pode confiar irmão” para sua vítima.

Dentre os investimentos sugeridos pela empresa estava a HyperFund, uma pirâmide financeira processada pela Comissão de Valores Mobiliários dos EUA no início do ano. No total, esse golpe ficou na casa dos R$ 8,4 bilhões.

Empresa não conseguia nem pagar seu próprio aluguel

Fundada em 2018, a Amey Finance Academy Ltd. estava cheia de bandeiras vermelhas, mas as autoridades demoraram para tomar uma atitude. Segundo o próprio governo, o fundador Desmond Amey usava uma assinatura falsa em seus e-mails, incluindo o nome de outra empresa sua que já havia fechado.

Para piorar, o executivo também afirmava possuir uma licença da Autoridade de Conduta Financeira (FCA) do Reino Unido para oferecer seus serviços para britânicos, mas isso era uma mentira.

Seguindo, o governo destaca que Amey publicou um vídeo em outubro de 2023 afirmando que a empresa ainda estava localizada em Canada Square, um dos principais centros financeiros de Londres. No entanto, ele havia sido despejado em janeiro daquele ano por não pagar o aluguel do imóvel.

“O público merece proteção contra empresas que operam de maneira opaca e questionável, razão pela qual solicitamos o fechamento da Amey Finance Academy”, comentou Mark George, Investigador-Chefe no Serviço de Insolvência do Reino Unido.

Apesar de tudo apontar para um golpe, as autoridades não informaram se Amey será processado por algum crime.

Fundador da HyperFund é acusado de torturar ex-sócio

Em relação a HyperFund, um esquema de pirâmide indicado pela Amey, seu fundador Sam Lee foi recentemente acusado por orquestrar a tortura de seu ex-sócio, Edel Hsieh. Segundo a esposa da vítima, o executivo teria feito isso como retaliação já que ele foi processado por seu marido.

Quanto as vítimas dos golpes, provavelmente elas jamais verão a cor de seu dinheiro. Portanto, o caso serve de alerta para investidores novatos, jamais confie em alguém com uma abordagem baseada em “pode confiar”.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de criptomoedas do mercado ganhe até 100 USDT em cashback. Cadastre-se

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias

Últimas notícias