Polícia investiga sequestro de advogada com pedido de resgate em Bitcoin

A polícia está investigando o sequestro de Anic de Almeida Peixoto Herdy (55), advogada e estudante de psicologia. Segundo informações, os criminosos teriam pedido o pagamento do resgate em Bitcoin. A família teria enviado R$ 4,6 milhões a eles, mas Anic nunca foi liberada.

Casada com Benjamim Cordeiro Herdy (78) há 20 anos, Anic está desaparecida desde o dia 29 de fevereiro. No entanto, familiares só registraram a ocorrência à polícia no dia 14 de março, duas semanas após seu sumiço.

O motivo da demora estaria ligada ao comportamento dos sequestradores. Em uma das ligações, um deles afirmou estar monitorando Benjamim e, para provar isso, teria descrito as roupas que o professor estava usando no momento da chamada e o cômodo da casa onde ele se encontrava.

Benjamim é um dos herdeiros de José de Souza Herdy, falecido empresário que fundou um complexo educacional na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, que deu origem à universidade Unigranrio. O empreendimento foi vendido pela família em 2021.

Polícia prende quatro suspeitos

No dia de seu desaparecimento, Anic de Almeida Peixoto Herdy teria saído da casa de sua filha para ir a um médico em Petrópolis. O último local onde a advogada foi vista foi em um shopping da região.

O caso está sendo investigado pela 105ª DP de Petrópolis, com o apoio da Delegacia Antissequestro (DAS). No total, quatro suspeitos foram presos pela Polícia Civil.

Um deles se chama Lourival Correa Netto Fatiga, também conhecido como “Gordo”. Amigo próximo da família há cerca de 3 anos, tendo realizado viagens com o casal, o técnico em informática teria mediado as negociações com os outros suspeitos. O motivo seria seu suposto entendimento sobre criptomoedas, já que o pelo pedido de resgate foi feito em Bitcoin.

Somado a isso, Fatiga também se apresentou como à família como policial federal e passou a cuidar da segurança da mesma. Como exemplo, teria instalado um sistema de câmeras de vigilância a pedido de Benjamim Cordeiro Herdy na residência do casal.

Ele nega envolvimento no crime. Já seu advogado, Paulo Vinícius Tostes, notou que “irá comprovar que a acusação se deu de forma açodada e que os verdadeiros eventos não foram apurados”.

Família pagou pelo resgate, mas advogada ainda está desaparecida

No total, a família teria pago R$ 4,6 milhões aos criminosos. No entanto, Anic nunca foi liberada. O Ministério Publico do Rio de Janeiro (MPRJ) suspeita que a advogada tenha sido morta e seu cadáver ocultado.

“A inicial da ação penal também destaca que o marido da mulher desaparecida realizou mais de quarenta transferências bancárias por orientação do funcionário e em contas por ele indicadas para aquisição de dólares, também para pagamento do resgate.”

“De acordo com as investigações, o mentor do crime, funcionário da família das vítimas há aproximadamente três anos, aproveitando-se da confiança nele depositada pela família e do conhecimento sobre a sua rotina, arquitetou o plano criminoso e contou com o auxílio dos filhos e de uma mulher, com quem mantinha relacionamento amoroso, para sua execução”, continuou o MPRJ.

Segundo as investigações, o grupo teria comprado um veículo de R$ 500.000 pagos em espécie, uma moto e 950 telefones celulares após o pagamento do falso resgate. O celular de Lourival também revela que o suspeito esteve próximo ao shopping em que Anic estava no dia de seu desaparecimento.

Desaparecimento está prestes a completar 3 meses, família diz estar com medo

Em nota, o advogado João Vitor Ramos afirma que a família está com medo e mudou sua rotina. Anic e Benjamim estão juntos há 20 anos, desde que se conheceram na Unigranrio.

“São praticamente três meses sem notícias a respeito dela, e a cada dia que passa a dor da família é ampliada pela preocupação sobre o que pode ter acontecido com Anic.”

“Além dessa angústia, estão receosos e com medo, pois, da forma como o desaparecimento ocorreu, o marido e os filhos não sabem o que esperar das pessoas envolvidas”, continuou Ramos. “Têm medo do que elas são capazes de fazer.”

Em caso de informações, a população pode entrar em contato através dos canais: (24) 2291-0604, Disque Denúncia – 2253-1177 / (24) 98833-8175 ou @105dp.pcerj / @105deppetropolis nas redes sociais.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de criptomoedas do mercado ganhe até 100 USDT em cashback. Cadastre-se

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias

Últimas notícias