Por que o Bitcoin está caindo após lançamento dos ETFs

O empresário argumentou que os detentores de GBTC, que foram convertidos em ETF, estavam vendendo suas ações para contabilizar perdas e mudando para alternativas com taxas mais baixas.

Após o início das negociações de ETFs de Bitcoin nos EUA, o preço do Bitcoin caiu drasticamente, atingindo US$ 41.700 neste sábado (13). A queda de cerca de 9% desde quinta-feira (11), quando os ETFs começaram a ser negociados, levantou preocupações entre os investidores e analistas.

O mercado de criptomoedas como um todo viu uma queda de 5,3% no mesmo período, com criptomoedas populares como Solana (SOL), Avalanche (AVAX), Cardano, XRP, Ethereum (ETH) e BNB também experimentando quedas de dois dígitos.

Analistas estão debatendo as possíveis causas desta queda abrupta. Uma teoria, sugerida por Anthony Scaramucci da SkyBridge Capital, aponta para a venda de ações do fundo GBTC da Grayscale, que foi recentemente convertido em um ETF Bitcoin à vista.

Por que o Bitcoin está caindo?

Segundo Scaramucci, a venda de GBTC pode ter reintroduzido um volume significativo de Bitcoin no mercado, sem o correspondente investimento em ETFs de Bitcoin.

“Parece haver muitas vendas de GBTC”, disse Scaramucci durante uma entrevista à Bloomberg.

O empresário argumentou que os detentores de GBTC, que foram convertidos em ETF, estavam vendendo suas ações para contabilizar perdas e mudando para alternativas com taxas mais baixas.

O GBTC, que existe desde 2013, registrou US$ 2,3 bilhões em volume na quinta-feira (11), o maior volume no primeiro dia dos ETFs. O Bitcoin ultrapassou US$ 49.000, atingindo o maior nível em dois anos, mas caiu abaixo de US$ 43.000 no dia seguinte.

Scaramucci também citou que a massa falida da FTX, corretora que colapsou em 2022, está sendo descarregada no anúncio do ETF. “Há um grande volume de vendas de Bitcoin no momento. Espero que o excesso de oferta seja resolvido nos próximos seis a oito pregões.”

“Uma última coisa: houve um período de silêncio para Wall Street. Wall Street não conseguiu comercializar esses ETFs e isso também começará em cerca de oito dias”, concluiu.

Ran Neuner da CNBC ecoou uma preocupação semelhante, sugerindo que a demanda por ETFs de Bitcoin pode não ter acompanhado o ritmo necessário para estabilizar o mercado.

Por outro lado, James Seyffart da Bloomberg desafiou essa visão, citando apenas US$ 95 bilhões em saídas de GBTC no primeiro dia de negociação, o que ele considera uma fração do esperado.

Além disso, o cenário regulatório em constante mudança também pode estar influenciando o mercado. Decisões notáveis, como a da Vanguard de banir ETFs de Bitcoin de sua plataforma e a crítica da senadora Elizabeth Warren à SEC, contribuíram para um ambiente de preocupação entre os investidores.

Com o mercado de criptomoedas ainda reagindo a tais desenvolvimentos, os investidores estão cautelosos, aguardando os próximos movimentos e decisões que podem definir a trajetória do mercado nas semanas e meses seguintes.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Vinicius Golveia
Vinicius Golveia
Formado em sistema da informação pela PUC-RJ e Pós-graduado em Jornalismo Digital. Conhece o Bitcoin desde 2014, atuando como desenvolvedor de blockchain em diversas empresas. Atualmente escreve para o Livecoins sobre assuntos de criptomoedas. Gosta de cultura POP / Geek. Se não estiver escrevendo notícias relevantes, provavelmente está assistindo alguma série.

Últimas notícias

Bitcoin 2024

Últimas notícias