Preço do Ethereum atinge máxima de dois anos

Em relação ao dólar, criptomoeda disparou nesse início de semana.

Siga no
Criptomoeda Ethereum
Criptomoeda Ethereum

O preço do Ethereum, a segunda maior criptomoeda em valor de mercado, atinge a máxima de dois anos em relação ao dólar nesse início de semana. Essa valorização de fato tem chamado atenção dos traders em 2020.

O termo DeFi tem se tornado popular no mercado de criptomoedas. Com as chamadas finanças descentralizadas, muitas aplicações foram construídas na rede Ethereum. A maior parte dessas soluções buscam entregar aplicações bancárias descentralizadas, como o Yield Farming, por exemplo.

Além de ser uma criptomoeda, a Ethereum permite a construção de aplicativos descentralizados, também chamados de dApps. Os contratos inteligentes também podem ser criados nessa rede. Seja para criar aplicações com Ethereum ou investir em DeFi, o preço do ETH tem escalado nos últimos meses.

Preço do Ethereum atinge a máxima de dois anos em relação ao dólar

Chama atenção neste início de setembro o comportamento da criptomoeda Ethereum. Ao alcançar a cotação de U$ 470 por unidade, a Ethereum registrou ganhos de 270% apenas em 2020.

A valorização do Ethereum em relação ao dólar tem sido extrema, principalmente com a ascensão do DeFi. Vale o destaque que a última vez que o Ethereum teve seu preço acima de U$ 470 foi em julho de 2018.

De lá para cá, o preço da moeda despencou, chegando na mínima de U$ 85 em dezembro de 2018. A segunda maior criptomoeda em valor de mercado volta a chamar atenção, e com valorização de 10% nas últimas 24 horas, superou até os ganhos do Bitcoin.

De acordo com análise do Double-U, o preço do Ethereum subiu, mas seus investidores sacaram as moedas das corretoras. Isso poderia sugerir que o Ethereum tem sido utilizado como reserva de valor, sendo sacado de corretoras.

Correlação do Ethereum com Bitcoin também despencou com alta da moeda

Em 2020, o preço do Ethereum e Bitcoin operam em alta frente ao dólar. Contudo, a correlação das duas criptomoedas, que normalmente é alta, tem caído nos últimos meses.

De acordo com dados da CoinMetrics, a correlação de 90 dias do Bitcoin e Ethereum segue caindo. A marca já teria caído ao nível mais baixo desde março de 2018, ou seja, o preço do Bitcoin e Ethereum podem estar adotando movimentos opostos.

Cabe o destaque que o preço do Ethereum em Bitcoin ainda não recuperou da mesma forma que em dólar. Isso porque, desde que caiu abaixo de 0,039 BTC, cotação vista em fevereiro de 2019, o Ethereum chegou ao máximo 0,037 BTCs no recente movimento de alta.

Um detalhe ruim da alta do Ethereum tem sido para aqueles que realizam transações nessa rede. Com o sucesso do DeFi, as taxas da rede Ethereum subiram muito, ficando extremamente altas.

Segundo reportagem do Decrypt, o aumento do preço do Ethereum pode até ter relação com o aumento do Gas, métrica base para estimar custos das transações. Dessa forma, as pessoas podem estar comprando Ethereum para pagar as taxas da rede, fator que poderia impulsionar o preço também.

Uma transação média em Ethereum custa mais de U$ 6 hoje, cerca de R$ 32 cada. No início de 2020, a mesma transação custava U$ 0,08. Para driblar esses custos, até a Tether avisou que estava de saída do Ethereum recentemente. Independente das taxas da rede, o preço do Ethereum atinge uma alta importante e os traders seguem acompanhando o movimento.

Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Baleia jubarte pulando Bitcoin

Empresas compraram Bitcoin na queda, aponta analista do mercado

Ainda que o Bitcoin tenha começado a se recuperar da queda do início da semana, muitos ficaram assustados com o movimento. Enquanto os pequenos...
Banco dos EUA JPMorgan - Bitcoin BTC Criptomoedas

JPMorgan recomenda que investidores diversifiquem portfólio com Bitcoin

O JPMorgan é um nome muito importante dentro do setor financeiro, contando com milhares de clientes e investidores. A firma conta com diferentes analistas...

Stone Ridge adiciona Bitcoin ao seu fundo de alternativas diversificadas

Em um momento em que o Bitcoin está no centro das atenções, tanto pelo seu preço que está consolidando na faixa de US$ 50...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

JPMorgan recomenda que investidores diversifiquem portfólio com Bitcoin

O JPMorgan é um nome muito importante dentro do setor financeiro, contando com milhares de clientes e investidores. A firma conta com diferentes analistas...

Stone Ridge adiciona Bitcoin ao seu fundo de alternativas diversificadas

Em um momento em que o Bitcoin está no centro das atenções, tanto pelo seu preço que está consolidando na faixa de US$ 50...

Coinbase cita Satoshi Nakamoto em documento enviado à SEC

A Coinbase, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo e a maior dos EUA, está pronta para ser listada na bolsa de valores...

Vice presidente da Mastercard crítica o Bitcoin: “muito volátil para fazer parte da nossa rede”

A gigante de pagamentos Mastercard virou manchete no início de fevereiro depois de anunciar seu plano de começar a permitir criptomoedas em sua rede....

Erro faz corretora vender Bitcoin com 88% de desconto

A maior corretora de criptomoedas do sudeste da Ásia, PDAX, que tem sede nas Filipinas, enfrentou uma falha técnica e acabou colocando à venda...