Primeiro full node em satélite de Bitcoin no Brasil será doado para Santos

Venezuelano que viu sua vida ser facilitada pela moeda digital está a frente do projeto.

Rede Bitcoin próximo de mapa da América do Sul
Rede Bitcoin próximo de mapa da América do Sul

O primeiro full node em satélite de Bitcoin no Brasil será doado para o Parque Tecnológico de Santos. A ideia do projeto partiu de um venezuelano que mora atualmente no país e tem uma longa história para contar com a moeda digital.

Após conhecer o bitcoin em 2013, El Sultán Bitcoin viu que a moeda digital era muito mais que uma forma fácil de enviar dinheiro entre fronteiras para proteger seu patrimônio. Assim, ele passou a estudar essa tecnologia para entender como poderia ter mais liberdade em um país com um regime fechado nos últimos anos.

Uma solução para isso foi estudar melhor sobre o The Blockstream Satellite, uma solução que permite que a rede bitcoin funcione independente do governo encerrar a internet no país.

No final de maio, ele divulgou que estava próximo de finalizar a configuração do seu node.

Livecoins – Me conte sua história com o bitcoin, como conheceu e como fez sentido a tecnologia para sua vida?

El Sultán – Conheci Bitcoin em 2013, na hora achei só uma coisa interessante, mas já para final desse ano tinha me apaixonado por Bitcoin. O motivo… sou venezuelano e tive que achar uma alternativa para proteger as finanças da minha família, devido á crises econômica que atravessava o meu país.

Mas, além disso, na Venezuela, o sistema bancário está completamente desconectado do resto do sistema financeiro global. Porém, todo dono de empresa, comércio, precisa de uma conta de banco no exterior para poder realizar pagamentos internacionais e assim, conseguir importar bens, ou matérias-primas no país.

Meu pai era um pequeno comerciante de materiais elétricos, então no momento percebi que conseguiria ajudar o negócio da família, trocando a nossa renda em moeda local, Bolívares (Bs), por bitcoins, e depois esses mesmos bitcoins por dólares (USD) na nossa conta bancária internacional, soube que por trás do Bitcoin tinha muito mais do que os olhos conseguem ver a primeira vista.

Livecoins – Em sua experiência com a moeda, quando entendeu ser importante rodar um full node?

El Sultán – A minha família foi uma dessas afetadas pela crise financeira de 2008, quando perdemos quase toda nossa poupança depositada em bancos americanos. Essa história é bem maior do que só duas frases podem definir, mas a conclusão é que confiamos quase todo nosso dinheiro a um só terceiro.

Por isso que me empolguei, quando consegui, depois de muita pesquisa e tentativas, rodar um full node na minha casa na Venezuela, criar um endereço Bitcoin no meu computador e transferir uma pequena porção de bitcoins desde a corretora que estava utilizando ao meu full node. Ter o dinheiro com você, na sua mão, com a possibilidade de movimentá-lo em qualquer outro lugar, sem dependência de uma corretora, banco ou instituição financeira, tem um poder indescritível!

Hoje na comunidade Bitcoin se utiliza bastante o termo “dinheiro soberano, ente soberano”, pois a promessa do Bitcoin é permitir às pessoas, realizar transações financeiras sem dependência de um terceiro, ou bem, intermediário.

Mas, essencialmente, para você conseguir realizar uma transferência de uma conta A para uma conta B usando Bitcoin, você precisa de um full node!

Sem isso você não tem soberania financeira, depende de outros rodarem um full node pra você, o que na maioria das vezes inclui regulamentações e taxas. Ninguém trabalha por você de graça.

El Sultán Bitcoin encontrou Antony Pompliano na Bitconf 2022 em Miami - Twitter Bitcoin no Brasil
El Sultán Bitcoin encontrou Anthony Pompliano na Bitconf 2022 em Miami – Twitter

Livecoins – Quando conheceu a solução de satélites da Blockstream? Porque rodar um full node em satélites é seguro?

El Sultán – Eu investiguei pela primeira vez como me conectar ao satélite Bitcoin da Blockstream, em 2019, naquela época eles só emitiam um sinal chamado v1, em termos simples: não dava para baixar a Blockchain do Bitcoin toda, desde o início, e ainda não vendiam kits para configurar um full node satelital no site.

Hoje, desde que a segunda versão do sinal foi lançada, dá para baixar o historial de transações completo rodando um full node satelital. Também, a Blockstream adicionou o código do Bitcoin Core, o cliente original para rodar full node, o que permite, em teoria, configurar um full node sem nenhum acesso à Internet.

A intenção e missão da Blockstream com o lançamento de satélites Bitcoin é clara, eliminar a dependência de uma conexão a Internet para as pessoas conseguirem ser membros dessa nova economia global porque seu provedor de Internet, essencialmente, é um intermediário para você conseguir usar Bitcoin. Criar alternativas para esse problema é notavelmente positivo para o desenvolvimento dessa nova tecnologia.

Livecoins – Porque você resolveu criar a primeira conexão ao Satélite Bitcoin da América do Sul na Venezuela?

El Sultán – Na Venezuela, no dia em que me conectei pela primeira vez ao satélite Bitcoin da América do Sul da Blockstream, DirecTV havia saído do país, e não havia Internet na minha casa, naquele dia, então subi no telhado para acender um feixe de esperança da pequena Venezuela no espaço.

Bitcoin é a rede monetária mais poderosa do mundo, então eu senti que seria realmente inovador mostrar ao resto do mundo como o Bitcoin pode contornar praticamente qualquer regulamentação.

Configurações resistentes à censura serão necessárias no futuro mais do que hoje, e no meu caso, como um cara meio cypherpunk que passou pelo comunismo por 27 anos de sua vida, parecia que eu estava recuperando um pouco da minha liberdade ao fazer isso.

Livecoins – É complicado criar um full node de satélite? Quais as maiores barreiras?

El Sultán – Configurar um full node de satélite não é tão difícil, você só precisa seguir alguns passos simples do manual Satélite da Blockstream e baixar um aplicativo no seu telefone que pode ajudar no alinhamento da antena parabólica com o satélite em órbita.

Paciência e visibilidade são os dois principais fatores que é preciso levar em conta ao querer configurar um desses bebês. Com os kits as configurações são mais fáceis de instalar, a equipe de suporte do Satélite é realmente atenciosa, eles podem literalmente guiá-lo e ajudá-lo em tempo real via Telegram, o que é fascinante.

Acredito que as principais barreiras sejam custo, frete e taxas de importação, algumas alfândegas podem perceber os kits como equipamentos de espionagem, o que na verdade não faz sentido, pois é quase o mesmo que uma configuração de uma parabólica DirecTV para você assistir TV em casa.

Dito isso, acredito que a equipe Blockstream demonstrou sua intenção de levar isso adiante, então casos de uso maravilhosos surgirão na próxima década, e ficará cada vez mais fácil ter acesso ao Bitcoin, sem Internet.

Livecoins – Como vai funcionar o processo de deixar o full node em Satélite de Bitcoin para o Parque Tecnológico de Santos, no Brasil?

El Sultán – Em Santos, existe a Fundação do Parque Tecnológico de Santos. Os Parques Tecnológicos, no Brasil, são áreas especialmente delimitadas com o objetivo de promover a pesquisa, o desenvolvimento e a inovação tecnológica, estimular a cooperação entre instituições de pesquisa, universidades e empresas e dar suporte ao desenvolvimento de atividades intensivas em conhecimento.

Minha intenção ao rodar full nodes satélite desde América do Sul, é comunicar que existe uma desproporção entre a quantidade de investimento, que hoje, percebem as companhias construindo serviços financeiros sobre o Bitcoin e a quantidade que recebem empreendedores fomentado a infraestrutura do Bitcoin.

Porém, após ter demostrado isso desde a Venezuela, e ter emigrado ao Brasil, vou configurar, inicialmente, da casa de um familiar o primeiro full node satélite do Bitcoin da baixada Santista. Depois, instalarei e doarei as peças para o Parque tecnológico de Santos para assim promover o entendimento sobre a importância e potencial de financiar infraestrutura Bitcoin.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias