“Bem possível que o Bitcoin seja banido pelos EUA”, diz Ray Dalio

"Todo país preserva o seu monopólio financeiro ao controlar a oferta e demanda. Eles não querem outros dinheiros operando ou competindo com eles porque as coisas podem sair de controle.", disse Dalio.

Bitcoin ban. Imagem: Adobe Stock
Bitcoin ban. Imagem: Adobe Stock

Ray Dalio, famoso bilionário e criador de um dos fundos mais rentáveis do mundo, foi entrevistado no programa Influencers, do Yahoo! Finance, onde foi perguntado sobre a situação atual do Bitcoin.

Anúncio

Dalio foi breve em relação a moeda digital, principalmente respondendo se o mercado é uma bolha ou não e falou também que há a possibilidade do Bitcoin ser proibido.

Ele chegou a criticar a moeda digital no passado, mas mudou de ideia e reconheceu que a moeda digital é uma “baita invenção.” 

Desde então a sua posição em relação ao Bitcoin tem sido bastante positiva, mas sem deixar de lado a influência que o governo e outros fatores têm em relação ao ativo digital.

Quando perguntado se o Bitcoin era uma bolha ou se era perigoso, Dalio afirmou que nos últimos 10 anos o ativo “provou seu valor” e a sua funcionalidade sem ser interrompido por ataques hackers.

“O Bitcoin provou seu valor nos últimos 10 anos. Ele provou que nunca foi hackeado. Com isso ele provou com folga que funciona na base operacional. Ele conseguiu um público significante. E é uma alternativa, de certa forma, à reserva de valor. É como um dinheiro digital, e esses são os pontos positivos.”

Já sobre a possibilidade do Bitcoin ser uma bolha, Dalio foi um pouco mais reticente, descrevendo as bolhas como momentos em que ativos de “preço imputado” acabam colapsando, ou seja, as bolhas são aqueles ativos que não possuem valor intrínseco.

“Uma bolha é algo que não tem valor intrínseco. Ele tem valor imputado. É qualquer coisa que queremos que isso valha.”

E enquanto ele não afirmou com certeza que o Bitcoin é ou não uma bolha, ele disse acreditar que há a possibilidade da moeda virtual acabar perdendo o valor no futuro.

“Quando você pensa no Bitcoin, é uma possibilidade. Sabe, é uma alternativa porque não existem muitos ativos como ele. Não existem muitos ativos que possuem um valor intrínseco que não podem ser atrapalhados.”

Governo pode proibir o Bitcoin

Dalio demonstrou que ainda mantém sua forma de pensar em relação ao poder do governo no criptomercado. No passado ele já falou sobre a possibilidade de “governos matarem o Bitcoin”.

Apesar de “dar mais chances ao Bitcoin” na sua atual entrevista, ele ainda vê uma alta possibilidade do governo (dos EUA) proibir a criptomoeda.

“Todo país preserva o seu monopólio financeiro ao controlar a oferta e demanda. Eles não querem outros dinheiros operando ou competindo com eles porque as coisas podem sair de controle.”

Enquanto muitos entusiastas acreditam no poder do Bitcoin em ser completamente livre de controle, é importante observar o mundo para notar como esse realmente se aplica ao criptomercado.

Vale lembrar que os governos possuem muito poder em relação a esse tipo de proibição.

“Então eu acho que é bem possível que tenhamos uma certa circunstância em que ele será proibido da mesma forma que o ouro já foi. E nós estamos vendo essa questão na Índia hoje em dia. A Índia está tentando criminalizar o Bitcoin e a posse da moeda.”

Por fim, Dalio afirma que o governo pode ter a ferramenta necessária para conseguir esse tipo de controle.

“A partir do meu entendimento das pessoas que trabalho em vigilância governamental é que sim… se eles podem entender o bitcoin eles podem rastreá-lo.”

Por enquanto o Bitcoin ainda é uma tecnologia nascente, sendo assim, é fundamental ficarmos de olho em como o governo vai se comportar em um futuro próximo.

A possibilidade da intervenção governamental no Bitcoin não é uma preocupação apenas de Dalio.

Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Homem segurando criptomoedas em mão

Secretários de Macaé são acusados de enriquecimento ilícito e investimentos “elevados” em criptomoedas

Alguns secretários municipais de Macaé foram acusados em redes sociais de obter enriquecimento ilícito e negociar criptomoedas, obtendo para si vantagens indevidas. A negociação de...
Homem jogando dinheiro para cima bilionários do Bitcoin

Usuário compra bitcoin por 11 mil dólares durante flash crash da Binance

Durante uma queda repentina nos preços de várias moedas na Binance americana, onde o Bitcoin chegou a ser negociado por 8.200 dólares por menos...

Bitcoin atingiu novo recorde histórico, o que mudou na rede?

OÉ importante manter a conjuntura Macro clara, e para isso, os indicadores cíclicos continuam atualizar a cada dia que passa junto com o preço...