Produtor de Hollywood é condenado por golpe com criptomoedas

Após a auge do projeto falso, em 2017, Felton despejou mais de 40 milhões de moedas FLiK no mercado, com o valor das moedas FLiK caindo significativamente e chegando a zero eventualmente.

Os golpes com criptomoedas estão em todos os lugares, inclusive em Hollywood, com um produtor de cinema sendo acusado de aplicar golpes usando criptomoedas para poder manter a sua vida de luxo em uma das cidades mais caras do mundo. O produtor é Ryan Felton, condenado por crime de fraude, além de lavagem de dinheiro.

Felton foi acusado de várias acusações de fraude eletrônica, fraude de valores mobiliários e lavagem de dinheiro. O produtor admitiu aplicar diferentes golpes visando adquirir fundos para financiar seu estilo de vida luxuoso, como dito pelo documento oficial do Departamento de Justiça.

Ryan Felton foi acusado de obter dinheiro promovendo uma Oferta Inicial de Moedas (ICO) para uma plataforma de streaming apelidada de FLiK com a promessa de que a empresa tinha potencial de superar a Netflix. Esse é um golpe antigo no criptomercado, o boom das ICOs de 2018 foi um período obscuro para o criptomercado e causou bilhões em prejuízos com promessas grandiosas, mas vazias.

O dinheiro que ele levantou através dessa ICO foi transferido diretamente para sua conta bancária. Com o dinheiro levantado Felton fez algumas compras bem peculiares com o dinheiro.

Ele comprou à vista uma residência de US$ 1,5 milhão, uma Ferrari de US$ 180.000, um Chevy Tahoe de US$ 58.250 e aproximadamente US$ 30.000 em joias com diamantes.

Golpe envolveu nome de artistas e até o Exército

Segundo as informações, para atrair mais investidores o produtor supostamente mentiu que um proeminente rapper e ator de Atlanta também apoiou o projeto como co-proprietário da FLiK. No entanto, o tal rapper não tinha nenhuma relação com Felton ou com o projeto.

As informações também apontam que os inventores foram enganados com a informação de que os militares dos EUA também estavam a bordo da ideia, e que as forças armadas teriam feito um acordo para distribuir a plataforma de streaming para os membros do serviço.

Tudo não passava de uma grande mentira para atrair os investidores.

Após a auge do projeto falso, em 2017, Felton despejou mais de 40 milhões de moedas FLiK no mercado, com o valor das moedas FLiK caindo significativamente e chegando a zero eventualmente.

De acordo com o procurador dos EUA Ryan K. Buchanan, o produtor usou as novas tecnologias para aplicar um antigo golpe financeiro e que a condenação de Felton deve servir como um aviso.

“O réu usou a tecnologia do século 21 para perpetrar uma fraude antiga: mentir para os investidores para roubar seu dinheiro e financiar seu próprio estilo de vida luxuoso. A condenação de Felton deve servir como um aviso para qualquer um que queira capitalizar a tecnologia emergente para vitimizar os outros”, disse o procurador dos EUA Ryan K. Buchanan.

Felton ainda não foi sentenciado, agora a justiça aguarda a data para marcar o julgamento de sentença do produtor.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Últimas notícias