Projeto NFT muda cor de Pokémon e desaparece com R$ 30 milhões

O ponto destacado pela comunidade é a pobreza das artes. Segundo alguns, a Animoon teria apenas mudado a cor dos Pokémons e então criado uma coleção com 9.999 NFTs.

Pikachu surpreso, personagem do Pokémon.
Pikachu surpreso, personagem do Pokémon.

Segundo denúncias elaboradas pela própria comunidade, um projeto de NFT “mudou as cores de Pokémon e fugiu com R$ 30 milhões”. Além de promover falsas promessas e acordos, as investigações apontam que o dinheiro arrecadado já foi movido para exchanges.

Chamado Animoon, tal projeto afirmava possuir um acordo de confidencialidade (NDA) com a própria empresa criadora do Pokémon. Sendo assim, eles teriam direito de usar as imagens destes personagens.

“Nós temos uma parceria com a TopDeck e assinamos um NDA com o Pokémon. Eles receberam uma porcentagem dos royalties.”

Moderador do Discord do Animoon afirmando que eles possuíam parceria com o Pokémon.

Projeto NFT de Pokémon tinha muitas bandeiras vermelhas

O ponto destacado pela comunidade é a pobreza das artes. Segundo alguns, a Animoon teria apenas mudado a cor dos Pokémons e então criado uma coleção com 9.999 NFTs.

“Por que o Pokémon associaria sua propriedade intelectual a um projeto de baixo esforço e equipe incompleta que não tem experiência em jogos. Sem mencionar que a arte é um roubo descarado.”

Coleção de NFTs da Animoon. Fonte: OpenSea

Outra bandeira vermelha seriam os benefícios de quem possuísse um dos 15 NFTs lendários da coleção. Segundo a Animoon, estes receberiam US$ 2.500 (R$ 12 mil) mensalmente pelo resto de suas vidas.

“US$ 2.500 todo mês. As primeiras 15 cartas são lendárias, elas gerarão US$ 2.500 todo mês automaticamente, de forma vitalícia, aos seus donos.”

Animoon prometendo US$ 2.500 mensais aos detentores de seus NFTs.

O ponto final seria o envolvimento de Jake Paul na divulgação da Animoon. Para quem não conhece, Paul já esteve envolvido em outros processos relacionados a golpes.

“É ótimo fazer parte deste projeto. Amo o design inspirado no Pokémon. Pessoalmente tentarei obter um [NFT] legendário durante a [venda] pública. É melhor vocês não perderem essa oportunidade.”

Mesmo com tantos alertas, muitos investiram em clone do Pokémon

Além das cartas, o projeto Animoon também prometia criar um jogo onde os NFTs seriam usados para gerar dividendos, semelhante à forma como o Axie Infinity funciona. Apesar disso, nada aconteceu nos cinco meses seguintes ao lançamento do projeto.

As denúncias também apontam que a equipe prometeu camisetas da Supreme, tênis do Michael Jordan e outras regalias aos investidores. Sem surpresa alguma, tais produtos nunca foram enviados.

De qualquer forma, a equipe parece ter arrecadado o equivalente a R$ 30 milhões na venda destes NFTs. Indo além, as investigações apontam que este dinheiro já começou a andar, com destino a exchanges, apontando que este seja o final do golpe.

“Não muito depois do lançamento, a equipe começa a realizar anúncios/aparecer no chat com menos frequência, a cada 3 – 4 semanas,” aponta ZachXBT que investigou o caso. “Enquanto isso, os US$ 6,3 milhões (R$ 30 mi) foram transferidos para as exchanges Binance e Kucoin.”

Dinheiro arrecadado pelo projeto Animoon enviado a exchanges.

Desenvolvedores da Animoon sumiram

Para completar o pesadelo dos investidores, a conta oficial da Animoon no Twitter foi suspensa e a conta de um desenvolvedor, apagada. Seguindo, o bate-papo do Discord foi removido e o site, embora ativo, já não é mais funcional.

Além disso, este desenvolvedor estaria usando um NFT da Bored Ape Yatch Club para ostentar, afinal estes valem milhões de reais. Contudo, este NFT pertence a outra pessoa, provando as más intenções do mesmo.

“Então @maximadam_ está usando meu Ape e está enganando milhões de pessoas. Por favor, retuite e denuncie esse cara. Aparentemente, ele também está no Instagram fazendo a mesma coisa, então, por favor, denuncie-o lá também.”

Antes de acabar, também é preciso dizer que os desenvolvedores afirmaram que estavam conversando com a Bandai Namco para obter licenças relacionadas ao Digimon. Provavelmente isso era apenas mais uma falsa narrativa para aplicar outro golpe.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias