Propondo 30% de imposto, Índia quer legalizar Bitcoin e outras criptomoedas

Bandeira da Índia e Bitcoin
Bandeira da Índia e Bitcoin

Após uma longa indecisão sobre legalizar ou banir as criptomoedas, a Índia publicou um projeto de lei que pretende cobrar 30% de imposto tanto sobre ganhos de capital quanto receita ligados não apenas ao Bitcoin como também outras criptomoedas.

Com isso, o caminho do setor parece livre no segundo país mais populoso do mundo. Entretanto, as taxas de 30% são duas vezes maiores do que as do mercado tradicional, hoje em 15%.

Por fim, a publicação do memorando acontece dois meses antes do lançamento da rúpia digital. Seguindo o caminho da China, é esperado que a moeda digital da Índia seja lançada em 1º de abril. Enquanto isso os EUA ainda estão receosos em relação à criação do dólar digital.

Índia prestes a legalizar criptomoedas

Conforme o Bitcoin e outras criptomoedas descentralizadas são imparáveis e também úteis para a humanidade, a Índia parece ter escolhido o caminho mais óbvio e sábio.

Além do país não parar no tempo em relação à tecnologia, a taxa de 30% tanto sobre receita quanto ganhos pode representar uma boa fonte de dinheiro para a Índia.

Também é importante notar que o país está atento para novas tecnologias subjacentes, como é o caso dos NFTs, já mencionados neste documento.

“O Governo Central poderá notificar qualquer outro ativo digital virtual como ativo digital virtual por notificação no Diário Oficial. Os tokens não fungíveis (NFTs) são ativos digitais, conforme notificados pelo Governo Central.”

Com esta notícia, o preço do Bitcoin voltou a subir, apresentando alta de 4% nas últimas 24 horas. Todavia o preço do BTC, criptomoeda que rege o mercado, ainda segue abaixo dos 40 mil, cotada a 38.557 dólares no momento.

Índia prestes a lançar sua moeda digital

Talvez o principal motivo pelo qual a regulação do Bitcoin estava em discussão no país fosse a criação de uma moeda digital pelo Banco Central da Índia. Afinal isso poderia trazer concorrência.

Todavia, com 30% de imposto sobre as criptomoedas, o governo da Índia encontrou uma boa maneira de sufocar esta concorrência. Além disso, desta forma o governo consegue lucrar em tempos de alta do BTC sem arriscar nada.

Voltando a rúpia digital, programada para ser lançada no dia 1º de abril, podemos esperar que sua adoção seja tão rápida quanto a CBDC da China cuja carteira de yuan digital já é o aplicativo com mais downloads no país.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias