Qual criptomoeda teve maior valorização em 2019?

Não é a que você está pensando. É outra.

Siga no
Chainlink
Você conhece a logo acima?

O ano de 2019 ainda não terminou, mas você já pode estar curioso sobre qual criptomoeda mais valorizou em 2019. Este ano tivemos uma tonelada de ofertas inicias de moedas (ICOs), e a maioria delas foi um grande fracasso. Algumas foram bem sucedidas, mas poucas estão com um retorno de investimento alto.

Uma das criptomoedas que mais valorizou em 2019 foi a Binance Coin (BNB). O projeto é diferente de criptomoedas como Litecoin ou o próprio Bitcoin, que têm o objetivo de ser uma moeda.

A Binance Coin é um token de utilidade. Isso significa que os usuários só vão usá-lo no ecossistema da Binance (a maior corretora de Bitcoin do mundo). O CEO da Binance é Changpeng Zhao. Ele e sua equipe conseguiram fazer da BNB um sucesso. O bom sobre a moeda da Binance é que ela vem com liquidez natural. É uma das criptomoedas mais fortes hoje em dia e tem um volume crescente.

O fundador do projeto emitiu 200.000.000 de BNB por meio de uma ICO de sucesso em 2017. Naquela época, uma Binance Coin custava US $ 0,10. Quem usa a BNB na corretora tem desconto nas taxas de negociação.

No primeiro ano, os detentores da BNB receberam descontos de 50%, depois descontos de 25% no segundo ano, terceiro ano em 12,5%, 6,75% no quarto e assim por diante. A Binance também faz uso de 20% dos lucros a cada trimestre para recomprar as moedas BNB.

É inegável que Binance Coin é uma das criptomoedas de mais rápido crescimento do mundo em 2019. Mas, a moeda que mais valorizou até agora em 2019 não foi a BNB.

Qual criptomoeda mais valorizou?

De acordo com dados do site Messari, a criptomoeda que mais valorizou em 2019 até o momento foi a ChainLink (LINK) (+657%), falamos dela em novembro de 2018, veja aqui onde comprar ChainLink.

O projeto da ChainLink é ser um “oráculo descentralizado, permitindo que qualquer usuário crie um node que forneça dados externos (off-chain). Os operadores de um node são remunerados pelo fornecimento de dados externos com a token LINK.”

A segunda colocada foi a Project Pai (PAI) (+564%) uma criptomoeda desconhecida. Em terceiro, a Binance Coin (+469%), seguida pela Tierion (TNT) (+359%) (Também desconhecida e Ravencoin (RNV) (+322%) bastante popular.

Veja abaixo a lista das 20 criptomoedas que mais valorizaram em 2019.

Criptomoedas que mais valorizaram em 2019. Imagem Mezari
Criptomoedas que mais valorizaram em 2019. Imagem Mezari

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org Sugestão de pauta: mateus@livecoins.com.br
Mercado Bitcoin

Mercado Bitcoin vai patrocinar Circuito Brasileiro de Counter-Strike

Até o fim de 2021, o Mercado Bitcoin vai patrocinar o Circuito Brasileiro de Counter-Strike, um dos jogos mais populares dentro do cenário dos...
Blockchain Academy

Blockchain Academy lança curso sobre investimentos em criptoativos

A Blockchain Academy (BA) lança esta semana o seu primeiro projeto depois de ter sido adquirida pelo grupo 2TM, ecossistema cripto que reúne, entre...
Dash Brasil

Dash busca gerente de desenvolvimento de negócios no Brasil

A criptomoeda Dash está buscando um candidato para ocupar o cargo de gerente de desenvolvimento de negócios Brasil e América do Sul. Para o...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias