Quem encontrar bugs na Libra do Facebook pode ganhar mais de R$ 40 mil

Rede social oferece recompensas para hackers que encontrarem vulnerabilidades na criptomoeda.

-

Siga no
Privacidade dos dados
Privacidade dos dados
Anúncio

A Libra do Facebook está pronta para ser testada pela comunidade. A rede social está oferecendo recompensas de até US$ 10 mil para quem encontrar bugs na rede da criptomoeda. A oferta busca evitar que erros sejam publicados no momento em que a moeda digital for lançada.

Vulnerabilidades em redes podem resultar em ataques maliciosos. Quando o assunto é criptomoedas, a segurança faz toda a diferença em projetos como a Libra do Facebook. Embora a stablecoin conte com uma equipe de desenvolvedores altamente qualificados, é através da comunidade que alguns problemas são encontrados.

Oferecer recompensas para hackers especialistas em segurança é comum no meio digital. Até mesmo o Google utiliza esse mecanismo para encontrar falhas em sua rede. Outras grandes empresas também oferecem recompensas do tipo, em busca de bugs em projetos antes do lançamento oficial.

Especialistas podem ganhar mais de R$ 40 mil com a Libra

Anúncio

A Libra do Facebook será lançada em 2020, segundo previsão da rede social. Enquanto isso, testes permitirão uma análise mais profunda do projeto antes que ele alcance o mercado financeiro oficialmente. Com uma análise de hackers especialistas em segurança, vulnerabilidades no projeto Libra poderão ser encontradas.

A recompensa para bugs encontrados no projeto Libra pode alcançar mais de R$ 40 mil. O anúncio foi realizado pela empresa nesta terça-feira (27). O valor máximo ofertado pela rede social corresponderá a bugs críticos, eventualmente encontrados no projeto Libra.

Nosso programa de recompensas foi criado para incentivar os membros da comunidade de segurança a se aprofundarem, ajudando-nos a encontrar até os mais sutis erros. Queremos ajudar nossos pesquisadores a descobrir problemas enquanto o Libra Blockchain ainda está em teste e nenhum dinheiro real está em circulação.”

50 pesquisadores testaram Libra antes da comunidade

Antes de abrir um teste da rede do projeto Libra à comunidade, o Facebook convidou especialistas para testes iniciais. Segundo o comunicado da empresa, 50 pesquisadores em segurança de dados participaram de testes iniciais envolvendo a Libra. O programa de recompensas também foi oferecido para os 50 pesquisadores.

O projeto de recompensa do projeto Libra do Facebook acontecerá através do HackerOne. O site reúne especialistas em seguranças de dados que podem encontrar erros na blockchain da stablecoin da rede social. Os participantes do HackerOne podem, inclusive, receber em criptomoedas as recompensas por encontrarem bugs na Libra do Facebook.

Facebook está preocupado com segurança

Plataformas que envolvem criptomoedas precisam de manter uma segurança máxima para os usuários. Caso contrário, fortunas podem ser perdidas em questão de segundos. Ataques e vulnerabilidades permitem que redes sejam acessadas de forma maliciosa. E o Facebook quer impedir que isso aconteça com o projeto Libra.

Quando construímos o Libra Blockchain, a segurança era a principal preocupação. Se as pessoas confiarem em Libra para suas necessidades financeiras diárias, é fundamental que a infraestrutura por trás dele seja confiável e segura.”

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Paulo Carvalho
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".
Compra de Bitcoin

Governo da Noruega compra Bitcoin

Uma empresa que fez a compra de R$ 1,3 bi em Bitcoin como reserva de valor em agosto continua a repercutir na comunidade cripto....
Bitcoin em corretoras de criptomoedas

CEO da MicroStrategy: “podemos despejar R$ 1.3 bi em Bitcoin no mercado a qualquer...

Após comprar de R$ 1.3 bilhão em bitcoin como reserva de valor, a MicroStrategy se tornou um nome importante para os defensores da moeda...
Prédio da PGR - Ministério Público Federal do Brasil (MPF) investigando

MPF está investigando ataque hacker em seus servidores

O Ministério Público Federal (MPF) está investigando um suposto ataque hacker em seus servidores. De acordo com um portal de notícias, dados do órgão...

Últimas notícias

CEO da MicroStrategy: “podemos despejar R$ 1.3 bi em Bitcoin no mercado a qualquer hora”

Após comprar de R$ 1.3 bilhão em bitcoin como reserva de valor, a MicroStrategy se tornou um nome importante para os defensores da moeda...

MPF está investigando ataque hacker em seus servidores

O Ministério Público Federal (MPF) está investigando um suposto ataque hacker em seus servidores. De acordo com um portal de notícias, dados do órgão...

Finanças Descentralizadas (DeFi) caem 40%, será o fim?

Nos últimos dias assistimos um massacre das moedas de finanças descentralizadas (DeFi), com quedas entre 30% e 58%. Talvez você não tenha acompanhado a...