Racing Club, próximo rival do São Paulo na Libertadores cria tokens NFT

Siga no
NFT do Racing Club da Argentina
NFT do Racing Club da Argentina/Reprodução

O Racing Club, time de futebol da Argentina e próximo rival do São Paulo na Libertadores na quarta-feira (5), criou um token NFT para colecionadores. O clube é o segundo da Argentina a lançar a novidade para seus torcedores.

O futebol atrai muitas inovações com criptomoedas nos últimos anos, no mundo todo. Uma dessas novidades é a criação de tokens para fãs, que podem ajudar os clubes a capitalizar investimentos diretamente com seus torcedores.

Além disso, no Brasil o Vasco da Gama lançou tokens para seus torcedores no último ano, dando direito sobre o mecanismo de solidariedade da FIFA. Assim, quando um antigo jogador, formado na base do clube, é vendido, os detentores deste token recebem uma parte da venda.

Com os NFTs sendo um novo mercado potencial para clubes, uma novidade para colecionadores também começa a ser negociada.

Racing Club, da Argentina, lança seus tokens NFT

O mercado de NFT, ou tokens não-fungíveis, tem crescido muito no último ano. Ao digitalizar uma obra de arte, essa passa a existir apenas no mundo digital.

Com a possibilidade, novas ferramentas começam a ser criadas por muitas empresas. No mundo do esporte, clubes de futebol, e até da NBA de basquete, começam a colocar suas obras à venda.

De acordo com a Agência EFE, da Espanha, o NFT se apresenta como uma ótima inovação para que os clubes tenham uma nova fonte de renda. Ainda que alguns acreditem que há uma bolha nesse mercado, ele continua atraindo atenção.

No caso do Racing Club, a criação de seus tokens NFT foi feito pela Sorare, com este sendo o terceiro clube argentino na plataforma já. O Racing lançou com NFTs os cartões únicos dos jogadores do clube, na última quinta-feira (29/04).

A empresa é especialista em criação de NFT para clubes de futebol, sendo também essa a criadora dos tokens para o River Plate, rival direto do Racing na Argentina. A Sorare também é responsável pela criação de NFTs para a Juventus, Liverpool, Real Madrid, Paris Saint Germain, entre outros mais.

Clubes argentinos podem dar exemplo para brasileiros em captação de recursos

O Racing Club é o segundo colocado no Grupo E da Libertadores, atrás justamente do São Paulo, rival na próxima quarta. Além disso, é o sexto colocado no campeonato argentino.

Mas com a chegada no mercado de obras digitais, com criptomoedas, o clube mostra que as competições não atrapalham a inovação no ambiente do clube. Sendo o terceiro argentino a criar seu próprio colecionável digital, o Racing pode até dar exemplo para os clubes brasileiros, que precisam captar recursos com seus torcedores.

Com a plataforma Sorare, os fãs dos clubes podem trocar figurinhas de seus jogadores, vender ou comprar NFTs, e até ganhar pontos, conforme o desempenho de seus jogadores, uma espécie de “Cartola FC das criptomoedas”.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

NFT pode “matar” o Bitcoin? Qual a relação entre ambos?

É provável que muita gente conheça os NFTs, regularmente confundidos com “arte digital”. A ação ganhou força após Stephen Curry, astro da NBA, e...
Plataformas NFT e Ethereum empresas

Empresas listadas na bolsa apostam no mercado de NFT

O crescimento do mercado de NFTs tem quebrado barreiras mais rápido do que outros recursos relacionados a blockchain. Hoje até mesmo grandes empresas, listadas...
Dúvida sobre o Bitcoin ser caçado pela China

Mineradores brasileiros comentam banimento de Bitcoin pela China

A proibição de Bitcoin pela China nos últimos dias abalou o mercado, com muitas pessoas ficando preocupadas com isso, menos dois mineradores brasileiros que...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias