Receita Federal americana alerta investidores que eles precisam declarar criptomoedas

O processo de declaração de criptomoedas nos EUA é bastante simples. Em suma, americanos precisam declarar suas movimentações em criptomoedas e a quantia envolvida nas transações.

A Receita Federal dos EUA (IRS, na sigla em inglês) emitiu um comunicado na última segunda-feira (22), lembrando que investidores devem declarar suas criptomoedas, stablecoins, NFTs e outros ativos da mesma classe.

O artigo serve como um guia rápido para os investidores de criptomoedas americanos, orientando como a declaração deve ser feita. “Os contribuintes devem declarar todas as receitas relacionadas às suas transações de ativos digitais”, informou a IRS.

Mostrando-se um país amigável às criptomoedas, principalmente pela aprovação de 10 ETFs de Bitcoin à vista neste mês, o governo americano está aproveitando para coletar impostos. Por outro lado, países como China abriram mão dessa arrecadação ao banir as criptomoedas.

Receita Federal dos EUA publica guia sobre declaração de criptomoedas

O processo de declaração de criptomoedas nos EUA é bastante simples. Em suma, americanos precisam declarar suas movimentações em criptomoedas e a quantia envolvida nas transações.

Por exemplo, o contribuinte deve declarar caso tenha recebido criptomoedas como forma de pagamento, prêmio ou recompensa. Na mesma linha está o ganho de criptomoedas através de mineração, staking e até mesmo hard forks.

Por outro lado, também precisam declarar caso tenham trocado suas criptomoedas por produtos, serviços e até mesmo outras criptomoedas. O mesmo vale para a conversão para moeda fiduciária.

Sendo assim, a cobertura da Receita Federal americana parece bem completa, lidando com todos os campos da indústria, incluindo o uso de criptomoedas pelo pagamento de salários.

“Se um funcionário foi pago com ativos digitais, ele deverá informar o valor dos ativos recebidos como salário”, informou a IRS.

Seguindo, a Receita americana nota que investidores não precisarão declarar certas movimentações. Isso inclui “hold”, ou seja, quando um investidor está com suas criptomoedas paradas em sua carteira, bem como transferências entre suas próprias carteiras e contas.

Quanto os americanos pagam em impostos sobre criptomoedas?

Em suma, a Receita Federal dos EUA separa investimentos em dois tipos: curto e longo prazo. A linha que separa os dois é a faixa de 1 ano. Investidores de curto prazo pagam mais impostos que aqueles de longo prazo.

No curto prazo, os impostos iniciam em 12% até US$ 11.600. No fim da tabela, eles chegam a 37% para valores superiores a US$ 609.350, aumentando gradativamente até chegar a essa porcentagem. Os valores absolutos também aumentam caso conjugues façam a declaração juntos, mas os valores individuais acabam sendo os mesmos.

Já para investimentos de longo prazo, não há imposto cobrado para quantias até US$ 44.625. Acima disso e até US$ 492.300, a porcentagem sobe para 15%. No último degrau, acima de US$ 492.300, o valor cobrado é de 20%. As informações completas podem ser encontradas no site da IRS.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias