RNP lança edital para pesquisador blockchain, veja como participar

Pode trabalhar com Rede Blockchain Brasil para criar novidades ao ecossistema.

Blockchain privada e nodes
Blockchain privada e nodes

A Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), divulgou um edital para pesquisadores blockchain interessados em criar com a tecnologia. O serviço pode ser realizado em regime home office, com um evento nesta quarta-feira (15) marcado para tirar dúvidas dos candidatos.

Serão oferecidas bolsas de Incentivo à Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação, para dois programas, um de “Internet Avançada” e outro da “Internet do Futuro”.

A chamada tem por finalidade a seleção de pesquisadores, especialistas e alunos que contribuam para a execução de projetos de pesquisa do Internet Avançada, programa que visa o desenvolvimento tecnológico para o avanço da comunicação em redes de computadores e suporte a aplicações distribuídas, e do Internet do Futuro, que tem como principal objetivo permitir que o backbone da RNP possa ser utilizado como um laboratório para pesquisa experimental em Internet do Futuro.

RNP abre edital para pesquisadores que tenham interesse em trabalhar com blockchain

Criada em 1989, a RNP é um órgão vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), que em conjunto com os ministérios do Turismo, Saúde, Educação, Defesa e Comunicações mantém o projeto, um dos responsáveis por disseminar a internet no Brasil.

E como passo da agenda de evolução desse órgão público, foi aberto nos últimos dias um edital para pesquisadores interessados em melhorar ainda mais o ambiente de inovação brasileiro. As inscrições vão até o dia 23 de junho próximo.

Chama atenção que um dos projetos da RNP é um Piloto Blockchain, que poderá até contribuir com avanços para a Rede Blockchain Brasil, recém lançada pelo BNDES e TCU.

“Realizar atividades de pesquisa e desenvolvimento visando a construção de um ambiente de experimentação (testbed) em blockchain. Participar de discussões técnicas no
escopo do Comitê de prospecção tecnológica em Blockchain (CTblockchain) e da Rede Brasil Blockchain (RBB).”

Para esse piloto, foram destinadas duas vagas de pesquisador A2 e uma A3, que exigem dedicação de 20 horas semanais e há bolsas entre R$ 2 mil e R$ 3 mil para os profissionais.

Os temas de pesquisa dos profissionais serão sobre “Blockchain, com ênfase no
framework Hyperledger FABRIC, Docker Containers, Kubernetes e Criptografia”.

As atividades para os profissionais começarão em setembro de 2022, com previsão de seis meses, podendo ser renovado por mais 12 meses ou até o final de 2023.

O trabalho pode ser realizado de forma remota e, em casos de viagens, o RNP se compromete a custear as despesas dos pesquisadores.

A professora da UFBA e Coordenadora do CT-Blockchain da RNP, Fabíola Greve, destacou ao Livecoins que esse projeto é muito importante para o Brasil.

“Estamos pavimentando o caminho para a construção do ecossistema blockchain no Brasil, essa tecnologia disruptiva, base da nova Internet e da Web descentralizada. Venha participar desse movimento conosco!”

Identidade em blockchain

Outro projeto apresentado pelo RNP sobre blockchain no mesmo edital é sobre a Evolução do GidLab, com o subtema de Identidade Digital Descentralizada – IDD.

Para isso, o pesquisador irá trabalhar com a rede distribuída permissionada Hyperledger INDY, com uma vaga para essa posição e uma bolsa de R$ 2.000,00 mensal.

Nesta quarta-feira (15), está previsto um encontro às 11 horas da manhã para tirar dúvidas dos candidatos.

Em fevereiro de 2022, o RNP participou da criação de rede blockchain na América Latina, mostrando que o órgão brasileiro está de olho nas inovações do setor.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias