Santander testa blockchain em negociações de imóveis e veículos

Banco brasileiro testou em ambiente privado como uma plataforma com tokenização pode acabar com a burocracia na negociação de veículos e imóveis.

Em apresentação no LIFT Challenge nos últimos dias, o Head de Produtos em Digital Assets do Santander Brasil, Evandro Camilo, apresentou o projeto do banco para utilizar a blockchain em negociações de imóveis e veículos.

O projeto, inclusive, pode aparecer futuramente no Real digital, moeda em estudo pelo Banco Central do Brasil. No planejamento do banco central com instituições parceiras, o uso da blockchain Hyperledger Besu prevê a criação de novos produtos e serviços financeiros.

O Real digital oficial deve chegar até 2024, e instituições como o Santander poderão enviar suas propostas para colaborar com a nova moeda.

Santander apresenta proposta de inovação com blockchain do Real digital para negociações de imóveis e carros

Na última terça-feira (25), o Santander participou do LIFT Day 2023, promovido pelo Banco Central do Brasil em parceria com a Fenasbac.

Em sua apresentação, a divisão brasileira do grande banco espanhol mostrou que o sistema atual de transações envolvendo imóveis e veículos é muito burocrático. O Santander acredita que a parte desnecessária da burocracia é uma barreira a negociações, e pretende solucionar o problema com o uso de sua solução.

O “Santander Veículos e Negócios” surge com o lema de tokenização de compra e venda, com uso do Real digital.

Assim, um imóvel se tornará um código digital no aplicativo do banco, quando se torna tokenizado. Além disso, veículos também poderão passar pelo mesmo sistema de tokenização.

Com a tokenização dos ativos, os clientes então podem optar por trocar o ativo por Reais digitais em sua conta, sem necessidade de papéis e outras burocracias desnecessárias, como de cartórios, por exemplo.

O banco acredita que a digitalização dos ativos tende a facilitar a negociação no mercado brasileiro, que podem ocorrem em minutos e com segurança.

Fluxograma do Santander para negociação de imóveis e veículos em blockchain
Fluxograma do Santander para negociação de imóveis e veículos em blockchain/Reprodução.

O Santander já testou seu projeto, na prática, com um protótipo do produto, declarou em sua apresentação ao público.

Órgãos de trânsito podem criar NFTs e veículos e tornar mais fácil a fiscalização

Após apresentar o “Santander Veículos e Imóveis”, o banco declarou que pode tirar do papel seu produto e eliminar parte da burocracia em negociações de imóveis de veículos e imóveis, atualmente “muito física e pouco digital”.

O Santander apresentou ainda um conceito para que autoridades de trânsito criem NFTs de veículos, para que sejam facilmente registrados e negociados entre pessoas. Além disso, o conceito de NFTs para imóveis também surgiu durante a fala do Head de Produtos do banco.

Banco Santander Brasil quer utilizar real digital para negociações de veículos, que podem no futuro ter seus próprios NFTs
Banco Santander Brasil quer utilizar real digital para negociações de veículos, que podem no futuro ter seus próprios NFTs. Reprodução: BCB.

O Santander testou duas DLTs em sua tese de desburocratizar as negociações, uma compatível com Ethereum Virtual Machine, e outra mais privada.

Caso sua implementação se torne possível, no futuro as negociações do mercado imobiliário e de veículos poderão ocorrer 24 horas por dia, 7 dias por semana. Para isso, um marketplace poderá ajudar compradores e vendedores a buscar liquidez para seus ativos.

Por fim, o Santander continua estudando a solução em busca de melhorar o produto e sua segurança.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias

Bitcoin 2024

Últimas notícias