Senado americano exige detalhes sobre criptomoeda do Facebook

Siga no
Icone Bitcoin no Facebook

O mercado de criptomoedas está curioso com a gigante das redes sociais entrando na indústria de ativos digitais. O Facebook está trabalhando em um novo projeto que pode levar os benefícios das criptomoedas para milhões de usuários da plataforma.

Mesmo que seja um sinal positivo, alguns analistas não conseguem digerir por que o Facebook está criando uma moeda digital. Assim, o Senado americano vai se envolver no projeto. Eles enviaram uma carta aberta à empresa exigindo que seu fundador, Mark Zuckeberg forneça mais detalhes sobre o projeto, que atualmente não é mantido sob sigilo.

Na última quinta, 9 de maio, os senadores americanos Mike Crapo e Sherrod Brown, ambos membros do Comitê do Senado para assuntos bancários, habitacionais e urbanos, enviaram uma carta ao fundador do Facebook, para que ele forneça detalhes sobre como a criptomoeda irá afetar a privacidade digital dos usuários. 

A carta afirma:

“No ano passado, o Facebook pediu aos bancos norte-americanos que compartilhassem informações financeiras detalhadas sobre os consumidores”.

Facebook se envolveu em uma controvérsia no ano passado, que mais tarde resultou no assunto de alguns escândalos em torno da privacidade dos dados. Em abril de 2018, Zuckerberg se declarou sobre a política da empresa antes que o Congresso a justificasse. As autoridades canadenses também pediram a Zuckerberg que depusesse depois de declarar que a empresa violou algumas das leis do país.

O comitê também pergunta ao Facebook se possui alguma informação sobre a posição de crédito do usuário, capacidade de crédito, qualidade de crédito e informações que afetariam sua capacidade de obter crédito.

Com relação a isso, o comitê levantou uma questão sobre se o Facebook está ou não em contato com os reguladores financeiros para garantir que os frameworks baseados em criptomoedas cumpram “todos os requisitos legais e regulatórios”.

A carta indica que a regulamentação continua a ser uma barreira que as criptomoedas devem passar antes de se tornarem mainstream. Além disso, várias corporações que estão planejando adotar a tecnologia terão que lidar estritamente com o governo e autoridades reguladoras que podem restringir como criptomoedas são desenvolvidas e lançadas para uso público.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org Sugestão de pauta: mateus@livecoins.com.br
Casa a venda por Bitcoin negócio imobiliário

Bitcoin vira garantia em negócio para crédito imobiliário pela primeira vez

Ao tentar obter um crédito imobiliário um credor de uma negociação comprovou ter Bitcoin e conseguiu ter seu financiamento aprovado. Muitas pessoas quando vão ao...
Abilio Diniz, empresário e bilionário brasileiro

O3 Capital, que tem Abílio Diniz como sócio, investe em ETF de criptomoedas

Uma empresa que tem Abilio Diniz como conselheiro investiu em criptomoedas via ETF listado na bolsa de valores brasileira. A aquisição foi feita pela...
Pessoa guardando Bitcoin em carteira

Regulação fechando o cerco contra corretoras faz investidores sacarem US$ 2,5 bi em bitcoin...

Após a crescente pressão de regulamentação sobre corretoras do mercado de criptomoedas, investidores de Bitcoin seguem enviando seus saldos para carteiras seguras. A análise foi...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias