Suicídio de John McAfee em prisão na Espanha levanta suspeitas

Num post feito pelo próprio McAfee no seu Twitter ele expõe uma ameaça de morte feita pelas autoridades dos Estados Unidos. Em sequência, o empresário alerta: “Se eu me suicidar, não o fiz.”

Siga no

John McAfee, fundador da empresa de tecnologia McAfee, foi encontrado morto na tarde de hoje (23) na cadeia espanhola de Brians 2, localizada em Sant Esteve de Sesrovires (Barcelona). A suspeita é de que McAfee tenha cometido suicídio.

De acordo com as informações do El País, os agentes da penitenciária bem como os paramédicos da prisão tentaram reanimar o empresário de 75 anos. O esforço, porém, não deu resultado algum. Apesar de o governo da Espanha falar em suicídio, há suspeita de assassinato pelos Estados Unidos.

“Se eu me suicidar, não o fiz.”

O Departamento de Justiça da Espanha apontou que tudo indica que o polêmico fundador do antivírus McAfee tenha suicidado, mas isso não descarta outras possibilidades. A polícia da Catalunha (conhecida como Los Mossos) está investigando o caso.

Num post feito pelo próprio McAfee no seu Twitter ele expõe uma ameaça de morte feita pelas autoridades dos Estados Unidos. Em sequência, o empresário alerta: “Se eu me suicidar, não o fiz.”

No post, McAfee expôs uma nova tatuagem com o termo em inglês “Whackd”, que tem dois sentidos. Apesar de poder ser traduzido como doido, também pode significar “morto” numa linguagem mais informal.

A íntegra da postagem feita por McAfee afirmava:

“Recebendo mensagens sutis de autoridades americanas dizendo, com efeito: ‘Estamos indo atrás de você, McAfee! Vamos te suicidar’. Eu fiz uma tatuagem hoje para o caso. Se eu me suicidar, não o fiz. Eu estava louco. Verifique meu braço direito”.

O fato é que McAfee estava custodiado numa prisão em Barcelona aguardando a sua extradição para os Estados Unidos.

Sua prisão ocorreu no último sábado a pedido da justiça dos Estados Unidos sob a acusação de sonegação de milhões de dólares em impostos sobre os lucros supostamente obtidos em atividades como o comércio de criptomoedas.

Ele foi detido no aeroporto El Prat, em Barcelona, quando estava prestes a embarcar em um avião para a Turquia.

A decisão de manter o empresário custodiado numa prisão espanhola enquanto aguardava a resolução do pedido de extradição foi do juiz do Tribunal Nacional José de la Mata.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Dotz vai permitir que clientes troquem pontos por bitcoin

A Dotz, uma das principais gestoras de pontos de fidelidade do Brasil, com uma grande quantidade clientes, pode ser mais uma forma de aproximar...
Claudio Oliveira. "Rei do Bitcoin"

‘Rei do Bitcoin’ e mais oito pessoas são indiciadas por fraude bilionária

O "Rei do Bitcoin", Cláudio Oliveira, fundador do Bitcoin Banco, e mais oito pessoas foram indiciadas em seis crimes que causaram um prejuízo bilionário...

Ethereum vai ultrapassar o Bitcoin, diz CEO da Pantera Capital

O Ethereum está prestes a passar por uma de suas mais importantes atualizações, o hard fork London, em preparação para o Ethereum 2.0. Essa...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias