Taxas de rede do Bitcoin, analista opina

Taxas em foco!

Siga no

As taxas de rede do Bitcoin, também conhecidas como fee ou taxa de mineração, são fundamentais para que a blockchain mantenha seu funcionamento ininterrupto e com segurança.

O Bitcoin trabalha com o consenso de mineração Proof of Work, que indica que uma atividade computacional intensa irá criar blocos de transações válidos para a rede. Uma das recompensas por essa atividade são os Bitcoins gerados pelo bloco e a outra recompensa são as taxas da rede que são pagas pelas pessoas que realizam pagamentos com o Bitcoin em seu cotidiano.

Um usuário comum ao criar uma transação de Bitcoin, em uma carteira ou mesmo em uma exchange, pode se deparar com muitas dúvidas nesse momento visto que este é um tema que não possui uma receita de bolo pronta.

A rede Bitcoin utiliza como taxa a métrica de satoshis por byte (sat/byte), que quer dizer o peso que a transação que irá ocupar no bloco. Essa taxa é variável, por isso a dificuldade inicial em compreender a mesma.

Todos os dias vários blocos são criados na rede, cerca de 1 bloco a cada 10 minutos em média, logo garantir que sua transação esteja no próximo bloco exige que se tenha algumas habilidades ou utilize algumas ferramentas.

Uma das formas de ter sua transação validada no próximo bloco, seria olhar em algum block explorer para conhecer o que os usuários que tiveram suas transações confirmadas nos últimos blocos colocaram como taxa de rede. Uma média dessas taxas poderia dar uma boa ideia para utilizar nas transações próximas.

Como isso não garante que o sucesso seja alcançado, algumas ferramentas foram criadas para ajudar os usuários em dúvidas, como o Fee Calculator, Bitcoin Fees e o Transaction Fee.

Os usuários devem sempre prestar atenção também em transações de Bitcoin que não estão confirmadas, observando a taxa de rede utilizada para evitar ter a sua pendente por muito tempo. No momento da escrita deste, mais de 6 mil transações estavam pendentes para serem confirmadas.

O detalhe é que como disse um analista chinês no dia 10 de fevereiro “o tamanho do bloco de Bitcoin não está em uma relação linear simples com uma taxa de transação”. O Bloco ser pequeno não quer dizer que a taxa de rede será barata, pois, existem fatores como volume, preço de mercado e capacidade da blockchain, entre outros fatores.

Na história das taxas de mineração da rede, durante o início do Bitcoin as mesmas não eram importantes e eram consideradas uma doação aos mineradores, mas estima-se que quando os blocos não gerarem muitos BTCs mais, serão as fees que farão a remuneração pela atividade de manter a blockchain do Bitcoin segura.

Até lá, os usuários devem estudar muito bem sobre o assunto para evitar gastar mais do que o necessário, ou seja, cair na maldição do vencedor.

Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Etiopia-bitcoin

Etiópia descobre bitcoin e volume dispara

O bitcoin chegou à Etiópia, um país africano muito pobre e dividido que se orgulha de nunca ter sido colonizada. A Etiópia é o...
Niall Ferguson

“Bitcoin está vencendo a revolução monetária”, diz premiado historiador da Bloomberg

Niall Ferguson é um premiado jornalista, historiador financeiro, comentarista político e uma figura muito respeitada dentro do mercado financeiro, sendo até um conselheiro de...
Bitcoin-carta-amigos-e-familiares

Desenvolvedor do bitcoin escreve carta para amigos e família: “comprem bitcoin”

O bitcoin continua se mostrando um investimento por diferentes motivos, tanto para quem realiza trades quanto para quem vê a moeda como uma reserva...

Últimas notícias

“Bitcoin está vencendo a revolução monetária”, diz premiado historiador da Bloomberg

Niall Ferguson é um premiado jornalista, historiador financeiro, comentarista político e uma figura muito respeitada dentro do mercado financeiro, sendo até um conselheiro de...

Desenvolvedor do bitcoin escreve carta para amigos e família: “comprem bitcoin”

O bitcoin continua se mostrando um investimento por diferentes motivos, tanto para quem realiza trades quanto para quem vê a moeda como uma reserva...

Comunistas adotam o bitcoin

Use blockchain para “aproveitar os meios de produção monetária”. É assim que começa o livro escrito pelo filósofo Mark Alizart, Criptocomunismo. Ele argumenta que a...