Thiago Nigro quer aceitar Bitcoin como pagamento em todos os produtos e serviços do Grupo Primo

Thiago Nigro pediu ajuda da comunidade Bitcoin no Brasil para aceitar moeda.

Primo Rico em explicação sobre o Bitcoin
Primo Rico em explicação sobre o Bitcoin/Crédito: Canal O Primo Rico no YouTube

Em uma publicação em suas redes sociais, Thiago Nigro, mais conhecido como Primo Rico, compartilhou a intenção de aceitar Bitcoin como pagamento por seus serviços.

Para isso, ele pediu que a comunidade Bitcoin brasileira compartilhasse com ele algumas opções para que isso seja possível. Vale lembrar que ele é um entusiasta de Bitcoin, sócio de uma corretora da moeda digital, além de já ter comprado (e vendido) publicamente em algumas ocasiões.

No Brasil, o Primo Rico é um dos maiores canais de finanças, com 5,16 milhões de inscritos apenas no Youtube. Além disso, ele já escreveu livro sobre investimentos, compartilhando seus conhecimentos também por podcasts e redes sociais.

Primo Rico quer aceitar Bitcoin como meio de pagamento

Com 266 mil seguidores em seu Twitter, Thiago Nigro chamou atenção da comunidade Bitcoin na manhã desta quinta-feira (23). Pedindo ajuda para uma solução que o permita aceitar a moeda digital em produtos e serviços do Grupo Primo, ele perguntou qual seria a melhor forma de começar a trabalhar com a tecnologia.

“Para a comunidade de bitcoin: qual seria a melhor forma de aceitar como forma de pagamento o BTC, em todos os produtos e serviços do Grupo Primo? Indicam alguma empresa?”

Vale lembrar que a Tesla já aceitou Bitcoin como pagamento em 2021, utilizando para isso uma solução de código aberto chamada BTCPay Server. Como a pergunta de Nigro ainda é recente, ele deverá receber mais indicações da comunidade para avaliar qual a melhor forma de aceitar este novo meio de pagamento.

Aceitar Bitcoin indica uma mudança de postura?

No passado, o ouro era um meio de pagamento comum, mas com o passar dos anos passou a ser utilizado mais como reserva de valor que em transações cotidianas. Um dos motivos para que o ouro parasse de ser utilizado em negociações simples era justamente algumas dificuldades como transporte a verificação da autenticidade no meio da rua.

Assim, o Primo Rico declarou no início de 2020 que pensava no Bitcoin como uma alternativa ao ouro como reserva de valor, no episódio 8 do seu programa “Rumo ao Bilhão”.

Mais de um ano depois, o famoso youtuber já evoluiu o pensamento sobre o Bitcoin, já cogitando aceitar a moeda digital como meio de pagamento. Para a comunidade nacional da moeda digital, o cenário pode ser importante para mostrar mais um caso de uso da tecnologia.

Vale notar que no Grupo Primo um dos sócios é Bruno Perini, outro entusiasta declarado do Bitcoin e grande youtuber de finanças no Brasil. Além disso, no produto Finclass, uma “Netflix de Finanças” deste grupo, já está disponível para os alunos o ensino sobre criptomoedas.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias