Twitter contrata desenvolvedora de criptomoeda para criar nova rede social descentralizada

Nova líder da Bluesky teve chegada comemorada por CTO e CEO do Twitter.

Siga no
Símbolo do Twitter em blocos
Símbolo do Twitter em blocos

O Twitter contratou a ex-desenvolvedora da criptomoeda Zcash, Jay Graber, para liderar os estudos e desenvolvimentos de sua nova rede social.

Na comunidade de criptomoedas, Jay é conhecida por desenvolver a criptomoeda privada Zcash até 2018. A moeda é uma cópia do Bitcoin, mas que experimenta novas tecnologias para transações privadas, ou seja, a desenvolvedora tem uma ampla experiência com o código da principal criptomoeda do mundo.

A chegada de uma pessoa no Twitter para liderar a BlueSky, nome da rede social que está sendo planejada, era esperada desde 2019. De acordo com o CTO do Twitter, Parag Agrawal, esse reforço na equipe pode modificar o futuro das redes sociais descentralizadas e com código aberto.

“A equipe e a comunidade que Jay reunirá podem moldar o futuro da mídia social por meio da descentralização usando padrões abertos.”

Já o CEO do Twitter, Jack Dorsey, comemorou a chegada da nova programadora. Fã do Bitcoin, ele vê esse reforço como uma forma de descentralizar sua rede social.

“Jay estará liderando bluesky! Mais um passo para descentralizar o Twitter e as mídias sociais. Agora podemos nos mover muito mais rápido e por meio de código.”

O que disse a nova contratada do Twitter

Em sua conta no Twitter, Jay anunciou que chega para liderar os esforços para descentralizar as redes sociais, em uma iniciativa de código aberto e pioneiro por uma grande empresa desse setor.

De acordo com e desenvolvedora, ela começara a contratar programadores para o projeto. Ela disse também que concluiu um estudo sobre as redes sociais descentralizadas.

“No ano passado, trabalhei em estreita colaboração com um grupo de pensadores e construtores do ecossistema social descentralizado. Publicamos uma análise do ecossistema em janeiro e meu próximo passo será contratar para a equipe do bluesky.”

A nova líder do Twitter chegou afirmando que está disposta a conversar com interessados para trabalhar com ela nessa missão, que chama atenção do mercado de criptomoedas todo.

O CEO Jack Dorsey já afirmou publicamente que é um fã maximalista do Bitcoin e esperava integrar o Twitter na criptomoeda. Dessa forma, o projeto da bluesky poderia até ser criado para funcionar em paralelo ao Bitcoin, algo que seria interessante para a comunidade da criptomoeda.

Como o projeto bluesky ainda está em fase inicial de desenvolvimento, ainda não há muitas informações públicas, fora a ideia do que pode ser criado com essa equipe.

“A internet. E-mail. Feeds RSS. Bate-papos XMPP. O que todas essas tecnologias têm em comum é que permitem que as pessoas interajam e criem conteúdo livremente, sem intermediários. Nossa missão é desenvolver e impulsionar a adoção de tecnologias para conversação pública aberta e descentralizada.”

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Mão segurando Bitcoin com bandeira de El Salvador

Brasileiros foram a El Salvador acompanhar adoção do Bitcoin

O mundo parou para ver El Salvador começar a usar Bitcoin como moeda de curso legal no dia sete de setembro, e dois brasileiros...
Queda da Dogecoin DOGE despenca desvalorização brasileiro

Brasileiro perde R$ 2,6 milhões com queda da Dogecoin, mas ainda acredita na moeda

O brasileiro que mora nos Estados Unidos, Glauber Contessoto, perdeu R$ 2,6 milhões em Dogecoin com a recente queda da moeda no mercado. O fenômeno...
LNBTC

Usuário avisa empresas sobre falha em serviços de custódia da Lightning Network

Reckless Satoshi, um usuário do Reddit, fez uma postagem relatando que serviços de custódia que trabalham com a Lightning Network tinha um ponto de...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias