Ucrânia legaliza Bitcoin e outras criptomoedas

Com uma população de 44 milhões, estima-se que mais de 5 milhões de ucranianos utilizem criptomoedas. Em termos percentuais, a Ucrânia é o país com a maior adoção do mundo.

Bitcoin e outras criptomoedas na frente da bandeira da Ucrânia.
Bitcoin e outras criptomoedas na frente da bandeira da Ucrânia.

Votada nesta quinta-feira (17), a Ucrânia aprovou o projeto de lei chamado “Sobre ativos virtuais”, legalizando assim o Bitcoin e outras criptomoedas no país. Projeto já estava em andamento desde setembro.

Exigindo 226 votos para ser aprovada, a lei recebeu mais de 300 votos à favor e apenas três contra, mostrando forte dominância do sentimento que as criptomoedas podem trazer benefícios tanto aos indivíduos quanto aos Estados.

Deixando a polarização de alguns países de lado, como El Salvador e China, nota-se que o mundo está chegando num consenso de que é inútil, ou impossível, banir as criptomoedas. Portanto, seu papel agora é proteger investidores de golpes e serviços mal-intencionados.

Ucrânia é mais um país aberto as criptomoedas

Antecipando-se ao seu país vizinho, a Rússia, a Ucrânia aprovou o projeto de lei, criado em setembro do ano passado, que legaliza as criptomoedas em suas terras.

Com isso, diversos setores da indústria, como exchanges, precisarão ter aprovação do governo que, através da Comissão Nacional de Valores Mobiliários, também supervisionará assuntos relacionados não apenas as criptomoedas como também a outros ativos digitais.

Segundo Mikhail Fedorov, vice-primeiro-ministro da Ucrânia, tal lei dará mais segurança aos investidores visto que estes terão proteção legal. Sua fala foi registrada pela Forbes.

“As empresas de criptomoedas, estrangeiras e ucranianas, poderão trabalhar legalmente e os ucranianos terão acesso conveniente e seguro ao mercado global de ativos virtuais.”

Com uma população de 44 milhões, estima-se que mais de 5 milhões de ucranianos utilizem criptomoedas. Em termos percentuais, a Ucrânia é o país com a maior adoção do mundo.

Criptomoedas já são o presente

Deixando de lado El Salvador, único país a adotar o Bitcoin como moeda legal, e a China, com ação contrária, diversos países estão buscando uma linha mais moderada sobre as criptomoedas.

Dentre as falas mais comuns está a ideia de proteger os investidores sem barrar a inovação deste setor. Afinal, ele está cheio de oportunidades e governos podem beneficiar-se disso.

Portanto, além de ser possível encontrar exchanges em quase todos os países, bem como ETFs em alguns deles, é válido dizer que as criptomoedas já fazem parte de nosso presente e está cada vez mais difícil encontrar países que sigam o pensamento da China.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias