Reino Unido bane anúncio que tinha aposentada recomendando Bitcoin

De acordo com a agência reguladora, o anúncio é enganoso porque não esclarece suficientemente os riscos associados ao investimento em Bitcoin.

Siga no
Imagem: Adobe Stock
Imagem: Adobe Stock

A Autoridade que regula publicidade no Reino Unido baniu anúncios de uma das corretoras mais populares do país, classificando a peça publicitária como “irresponsável e enganosa” sobre os riscos associados ao Bitcoin.

De acordo com a UK Advertising Standards Authority (ASA) – agência equivalente ao CONAR brasileiro – o anúncio era “socialmente irresponsável”.

A publicidade da empresa mostrava uma mulher idosa incentivando os leitores a usar a corretora para comprar bitcoins para “preservar suas economias.”

No texto publicitário, a mulher de 63 anos, dizia: “Hoje não adianta deixar seu dinheiro no banco – os juros são ofensivos […] Por isso, quando recebo minha aposentadoria, coloco um terço dela em ouro, um terço em prata e o restante em Bitcoin… Para mim, Bitcoin é ouro digital e me permitiu tomar medidas para garantir a economia que já tenho.

O anúncio também dizia que “mais e mais pessoas estão ‘acordando’ para o poder de economia do Bitcoin.”

anuncio banido reino unido
anuncio banido reino unido

Riscos do Bitcoin

A agência reguladora disse que os riscos associados ao investimento em Bitcoin só são mencionados no rodapé do anúncio em letras pequenas e que o anúncio em si é destinado a aposentados.

De acordo com a ASA, o anúncio é enganoso porque não esclarece suficientemente os riscos associados ao investimento em Bitcoin, incluindo a possível perda de capital, e sugere que comprar bitcoins é um ativo seguro para guardar economias.

A reclamação da autoridade supervisora ​​também foi enviada à redação do jornal que publicou a peça, que respondeu que não aceitará mais publicidade relacionadas a Bitcoin, a menos que o anúncio seja aprovado pela agência.

A corretora disse que todas as opiniões expressas no anúncio eram da perspectiva do cliente, e a visão dela não representava a visão da empresa.

Apesar disso, a autoridade criticou a “isenção de responsabilidade” no anúncio. De acordo com a ASA, o texto pequeno utilizado não foi suficiente para informar claramente os clientes sobre os riscos associados ao investimento em Bitcoin.

Enquanto isso, a corretora respondeu que o tamanho e o posicionamento do texto de isenção de responsabilidade era semelhante ao de outros anúncios.

Para decidir banir o anúncio, a agência reguladora se baseou em duas reclamações distintas de clientes que reclamaram da peça publicitária, considerando o anuncio enganador.

No Reino Unido, as criptomoedas não são regulamentadas, o que significa que se algo der errado, os investidores terão pouca ou nenhuma proteção.

O Bitcoin também apresenta volatilidade de preço, o que gera riscos de perdas em investimentos.

Portanto, as empresas que lidam com o ativo digital devem informar seus clientes sobre os riscos de se investir no ativo.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

“Bitcoin não me atrai”, diz André Esteves do BTG Pactual em áudio vazado

Um áudio vazado de uma conversa de André Esteves, banqueiro do BTG Pactual, deixou claro a opinião dele sobre o Bitcoin como um investimento. O...
Dúvida sobre o Bitcoin ser caçado pela China

China pode estar planejando cancelar proibição do Bitcoin

A China tem sido um dos países que mais aparece nos holofotes do setor financeiro, seja ele o tradicional ou então o criptomercado. Com...

Alemanha vai leiloar R$ 75,2 milhões em Bitcoin

O leilão de criptomoedas realizados por diferentes governos tem sido algo cada vez mais comum, e desta vez um estado da Alemanha vai leiloar...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias