Unick Forex tentou fechar parceria com Universidade Estácio de Sá para lançar franquia

Objetivo da parceria era “regularizar a situação do negócio”, apagando, dessa forma, a fama de “pirâmide financeira”.

Siga no
Um dos campi da Universidade Estácio de Sá. Imagem: divulgação.

Para tentar dar “legitimidade” à suposta pirâmide financeira, um dos diretores da Unick Forex tentou formalizar uma parceria com a Universidade Estácio de Sá, sediada no Rio de Janeiro.

A intenção do acordo com a instituição de ensino era lançar uma grande rede de franquias e “regularizar a situação do negócio”, apagando, dessa forma, a fama de “pirâmide financeira”.

A informação consta em uma interceptação telefônica feita pela Polícia Federal em maio do ano passado. A reportagem do Livecoins teve acesso exclusivo ao material, que faz parte da série de reportagem especiais #UnickLeaks.

Parceria com Estácio de Sá foi ideia de Danter Silva

De acordo com o documento, no dia 11 de maio de 2019 o ex-diretor de marketing da Unick Forex, Danter Navar da Silva, apresentou para o presidente Leidimar Lopes uma proposta de parceria com a Universidade Estácio de Sá.

Junto com a instituição educacional, Silva queria transformar todos os associados em franqueados. A ideia era ter franqueados Start, Plus, Master, Mega, Executivo, Presidente, Embaixador, Embaixador Black, Imperial etc, conforme a lista de progressões de carreira da Unick.

No diálogo, Silva afirmou que a parceria com a universidade tiraria “toda a visibilidade negativa que a UNICK tem hoje” e que a empresa seria vista então como a “a maior franquia do Brasil”. O projeto receberia o nome de “Franquias Unick Estácio”.

Além disso, falou na conversa, os professores da instituição de ensino poderiam dar aulas de formações para os franqueados subirem de nível e serem reconhecidos dentro do plano de carreira da Unick Forex.

A reportagem questionou a Estácio de Sá sobre o assunto. Até o fechamento desta reportagem, no entanto, não houve resposta. A universidade é uma das maiores instituições de ensino do Brasil, presente em 23 estados e com mais de 500 mil alunos.

Leidimar Lopes achava que franquia poderia chamar atenção do MP

Lopes, ao ouvir a sugestão de Silva, disse que tem bastante tempo de estrada e que seria difícil montar uma franquia, pois isso chamaria a atenção do Ministério Público e de outras autoridades.

Disse ainda que a Golden Stripe, empresa de fachada que era responsável por supostamente gerenciar os investimentos da Unick Forex, não conseguiria legalizar tantos franqueados.

Lopes também falou que a Unick “tá mal vista, mal falada, mal editada, mal tudo pra vende franquia no Brasil” e que, se lançasse uma rede de franquias, a empresa estaria “dando a chave da porta pra eles (autoridades) entrarem”.

Veja trecho do diálogo entre Danter Navar da Silva e Leidimar Lopes:

A reportagem optou por manter a conversa na íntegra, sem edições ou correções gramaticais.

LEIDIMAR: Hahahaha… Tá, qual é que é do (ininteligível) …
DANTER: Ahh… FRANQUIA… Uma das principais estratégias que eu pensei pra que… Vou ser objetivo, não vou te explicar o contexto, mas preciso te explicar pra ti entender…
LEIDIMAR: Aham.
DANTER: Vou te falar já o resultado… É transforma todos os ASSOCIADOS em MICRO FRANQUEADOS… De acordo com cada pacote que ele adquire ele é um FRANQUEADO. Franqueado Start, Franqueado Plus, Master, Mega, Executivo, Presidente, Embaixador, Embaixador Black, Imperial e etc…
LEIDIMAR: Ham.
DANTER: A configuração da franquia, ele precisa, ela precisa não, teoricamente ela precisaria de professores pra dar as aulas das formações que a gente vai teoricamente passa pros franqueados e pros nossos alunos, pra que os próprios micro franqueados se graduem e subam de nível e sejam reconhecidos dentro do plano de carreira… É pra isso a parceira com a ESTÁCIO seria fundamental, a ESTÁCIO tem 14 mil professores Mestres que disponibilizaram pra nós utiliza… Isso no Brasil.. Só que pra isso a gente precisaria conversar com o LEO e oficializa a parceira e entende o que… Como faríamos isso, e etc… Ih é o único dia que o LEO poderia, seria na terça-feira da semana que vem… O RENAN se disponibilizou pra ir junto pra gente conversa e entende, ih vê a viabilidade disso tudo.
LEIDIMAR: Tá.
DANTER: Ih isso eu queria te explicar com mais detalhes obviamente, mas não tem como..
LEIDIMAR: Aham.
DANTER: Viado..
LEIDIMAR: Pois é… Tá mais deixa eu te dize uma coisa… Ah… E onde é que nós ganhamos botando todos os nossos clientes como franqueados?
DANTER: Nos ganhamos…
LEIDIMAR: Vamo tá trocando seis por meia dúzia, vamo tá trabalhando pra continua do mesmo jeito.
DANTER: Não, não.. Não continua do mesmo jeito… Todos os nossos clientes viram, eles viram FRANQUADOS comuns. Os FRANQUEADOS sêniors são aqueles que terão a possibilidade de abri uma… Um espaço com a nossa marca. Nada muda, nada no projeto muda, a única coisa que muda é que a partir desse momento nós não podemos mais ser reconhecidos ou nem mesmo pensados como uma pirâmide financeira pelo fato de todos os nossos clientes serem micro franqueados… Isso em contrato… Então toda visibilidade negativa que a gente tem hoje mudaria e nós seríamos já com, com, dá
forma que somos hoje a maior franquia do Brasil… gerando… nesse… Todos os clientes sendo micro franqueados não gera ah, receita… Mas o projeto das franquias é o que continua o mesmo, gera receita, fazendo com que todos os franqueados, todos os associados sejam micro franqueados gera mais receita porque entre aspas, os obriga a utiliza a estrutura das franquias estruturais que estarão espalhadas em todo o Brasil… A gente vai vende a franquia pelo mesmo preço… A única coisa que vai muda nesse aspecto vai se a legalidade… Ah legalidade não, mas ah autoridade da franquia porque a franquia vai se uma FRANQUIA UNICK ESTÁCIO por exemplo…
LEIDIMAR: Uh…
DANTER: Essa é a vantagem de coloca os nossos associados… Uh, uh, de transforma os associados em micro franqueados.
LEIDIMAR: Eu não sei se nos não vamo piora a situação usando todo mundo como franqueado… Por causa das leis…
DANTER: O quê?
LEIDIMAR: Por causa das leis…
DANTER: Piora?
LEIDIMAR: Perante a lei a melhor maneira que se tem é (ininteligível) … nós já temos um produto… (ininteligível) … porque eles estão comprando…
DANTER: Certo… Aí pra entende dentro da lei isso, eu, eu falei pro RENAN modula o contrato de acordo com as leis, transformando os nosso associados em micro franqueados…
LEIDIMAR: Uhm.
DANTER: E pra entende a viabilidade disso… E é uma das coisas que ele tá fazendo… Mas pra adianta o processo e entender essa parceria… Ah viagem não é pra fechar a parceria, ah viagem é pra entende a vantagem e uma possibilidade de se fecha uma parceria. Entendeu?
LEIDIMAR: Uhm.
DANTER: Só que, só que… Ah, ah, configuração…
LEIDIMAR: Ah, seria uma viagem, não seria eles vim aqui?
DANTER: Não, seria nos irmos lá!
LEIDIMAR: Tá! Voceis no caso! Eu não!
DANTER: Não, tu junto! Obvio!
LEIDIMAR: Não, terça-feira é impossível! (ininteligível) … eu viaja agora é
impossível. Tu viu que eu fiquei dois meis pra ih lá na BUHM.
DANTER: Mas nem bati e volta?
LEIDIMAR: Não tem como!
DANTER: E se ele viesse pra cá?
LEIDIMAR: Aí a gente consegue atende.
DANTER: Tá. Eu vô conversa com ele pra vê a possibilidade pra isso.
LEIDIMAR: Porque… Mas cara assim oh, eu, sabe que de estrada eu tenho bastante né! Ih franquia é foda. Ih de novo a história do micro franqueado… Isso levanta todas as… todas as, as orelhas né, de MINISTÉRIO PÚBLICO que já, é velho nessa história, já sabe muito bem como é que funciona! Então… Outra coisa a GOLDEN STRIPE não conseguiria legaliza tantos franqueados. Ela conseguiria legaliza uma quantidade de franqueados, sei lá, trêis, cinco, dez mil, mas não um milhão, dois milhão de franqueados, isso não comporta, entendeu? (ininteligível)
DANTER: Mas os micro franqueados não seriam da GOLDEN, seriam da UNICK!
LEIDIMAR: Mas a UNICK não pode faze isso.
DANTER: Por?
LEIDIMAR: Ahm?
DANTER: Por?
LEIDIMAR: Porque não! Por que ela não faiz nada aqui, nem conta bancária ela tem! Como é que ela vai vende franquia sem te onde recebe. A UNICK tá na CVM, a UNICK tá im tudo quanto é lugar, como é que a gente vai bota uma empresa que já tá mal vista, mal falada, mal editada, mal tudo pra vende franquia no Brasil… Sabe o que que nos vão tá dando?… A chave da porta pra eles entra… Só isso… Que é tudo o que eles estão querendo…

Veja outras reportagens sobre a Unick na nossa série especial #UnickLeaks

Lucas Gabriel Marins
Lucas Gabriel Marins
Jornalista desde 2010. Escreve para Livecoins e UOL. Já foi repórter da Gazeta do Povo e da Agência Estadual de Notícias (AEN).
Piscina de natação competição Mercado Bitcoin

Mercado Bitcoin patrocina principal torneio de natação brasileiro

Um dos principais torneios de natação do Brasil será patrocinado pela corretora Mercado Bitcoin na próxima semana. Com início na próxima quarta-feira (9), a...

Fox Business confunde Bitcoin e entrevista apoiador do Bitcoin SV

A Fox Business entrevistou ontem Jimmy Nguyen, um apoiador da criptomoeda Bitcoin SV (BSV), uma cópia de uma outra cópia do bitcoin que se...

“Ninguém vai banir o Bitcoin”, diz diretor do Dep. do Tesouro dos EUA

Brian Brooks, o diretor do Gabinete Controlador da Moeda (em inglês, Office of the Comptroller of the Currency - OCC) comentou sobre os rumores de...

Últimas notícias

Fox Business confunde Bitcoin e entrevista apoiador do Bitcoin SV

A Fox Business entrevistou ontem Jimmy Nguyen, um apoiador da criptomoeda Bitcoin SV (BSV), uma cópia de uma outra cópia do bitcoin que se...

“Ninguém vai banir o Bitcoin”, diz diretor do Dep. do Tesouro dos EUA

Brian Brooks, o diretor do Gabinete Controlador da Moeda (em inglês, Office of the Comptroller of the Currency - OCC) comentou sobre os rumores de...

PayPal: “Criptomoedas precisam de regulação”

Para o CEO do PayPal, Dan Schulman, o mercado de criptomoedas precisa trabalhar em estreita colaboração com reguladores para ter uma "chance de sobrevivência"....