Visa pretende processar pagamentos em criptomoedas no Brasil

Empresa comprou NFTs recentemente.

Siga no
Cartões bandeira Visa e Bitcoin criptomoedas
Cartões bandeira Visa e Bitcoin

A multinacional Visa quer trabalhar com o processamento de pagamentos em criptomoedas e NFTs no Brasil.

Há alguns meses essa empresa tem fechado parcerias importantes pelo mundo com empresas de criptomoedas.

No início de 2021, o CEO da Visa chegou a declarar que via o Bitcoin como um ouro digital, antes da empresa criar uma infraestrutura para permitir a compra e venda de criptomoedas.

Em um recente evento com a participação do VP da Visa no Brasil, ele lembrou que a empresa fez a compra NFT por mais de R$ 800 mil, o que chamou atenção do setor financeiro global.

Vale lembrar que a Mastercard, principal concorrente da Visa, também está se posicionando no setor, passando a aceitar Bitcoin em sua rede desde o último mês de outubro.

O que diz o pedido de registro de marca da Visa no Brasil, que indica que a empresa deve trabalhar com criptomoedas e NFTs?

Em um pedido depositado no INPI no último dia 22 de outubro, a Visa International Service Association protocolou um pedido para registro de marca no Brasil. Essa solicitação deixa claro que a empresa quer registrar sua marca no país, conhecida por uma faixa azul, em cima de uma branca e outra dourada, todas na horizontal.

A solicitação foi feita pelo representante legal Montaury Pimenta, Machado & Vieira de Mello Advogados. Na apresentação formal ao INPI, a Visa pediu que sua marca esteja ligada ao setor de serviços financeiros, cartões de crédito e débito, assim como transferência eletrônica de fundos, entre outros.

Mas o que chama atenção no pedido de registro é que a Visa pede para trabalhar com o processamento de pagamentos em criptomoedas, câmbio dessas moedas e até de NFTs, setor que a empresa já entrou recentemente.

“Serviços de processamento de pagamentos em criptomoedas; serviços de câmbio de criptomoedas com tecnologia blockchain; emissão de tokens de valor; câmbio financeiro de moeda virtual, na área de tokens não fungíveis (NFT)”.

Visa pede registro de marca no Brasil e menciona as criptomoedas
Visa pede registro de marca no Brasil e menciona as criptomoedas /Crédito: INPI

Ver uma grande empresa já deixando claro que pretende atender ao mercado é apenas mais um capítulo que tem se tornado corriqueiro em 2021, ano em que companhias de todo mundo entraram com força neste espaço.

Vale lembrar que o pedido da Visa ainda está em fase inicial no INPI, visto que deverá aguardar 90 dias para contestações do registro. Mesmo assim, mostra que a empresa chega ao Brasil já colocando as criptomoedas como uma atividade associada a sua marca.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Jack Dorsey abandona Twitter e agora pode se dedicar ao Bitcoin

Jack Dorsey, criador do Twitter, abandonou o cargo de diretor executivo da empresa nesta segunda-feira (29). Seu cargo será ocupado por Parag Agrawal que...

Iate virtual é vendido por R$ 3,7 milhões no Metaverso

O setor do Metaverso parece estar ganhando cada vez mais tração nos últimos dias, após a venda de um terreno por R$ 14 milhões...
Pessoa com óculos de metaverso e encostando em bloco

Banco Inter destaca potencial do Metaverso com criptomoedas

O Banco Inter publicou um novo relatório no qual destaca o potencial do Metaverso com as criptomoedas. Este é apenas mais um relatório publicado...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias