Xô Shitcoins: Dominância do Bitcoin é a maior dos últimos seis meses

Moedas sem lastro, sem futuro e tecnologia segura estão sendo abandonadas.

Bitcoin em destaque no meio de altcoins
Bitcoin em destaque no meio de altcoins

A dominância do bitcoin em valor de mercado das criptomoedas alcançou seu maior nível dos últimos seis meses. Isso mostra que em meio aos temores com o mercado de criptomoedas, os detentores de moedas fracas, sem lastro ou futuro, acabam voltando ao bitcoin.

Lançada há mais de 13 anos, a tecnologia do bitcoin é pioneira no mundo financeiro, sendo a primeira criptomoeda descentralizada. Mesmo com alguns anos de história, seu ecossistema mantém as raízes da fundação do mercado, com o projeto sendo mantido de forma distribuída.

O bitcoin acabou vendo surgir em seu redor um “mercado de criptomoedas”, que hoje já possuí mais de 13 mil moedas. É claro que o número alarmante de projetos chama atenção, mas prova que quantidade é diferente de qualidade.

Dominância do bitcoin vai ao maior nível dos últimos seis meses com queda

Em janeiro de 2022, o mercado constatou uma dura realidade sobre a dominância do bitcoin, que se viu em seu menor nível dos últimos três anos. Historicamente, em momentos de alta do mercado como visto em 2020 e 2021, essa métrica que compara o valor de mercado do bitcoin com o de outras criptomoedas tem caído.

No entanto, quando o mercado opera em queda, é comum que os investidores de criptomoedas busquem o bitcoin, visto que além de ser a moeda mais antiga é de longe a com a tecnologia mais segura.

Assim, após a queda dos últimos dias e com uma tremenda desvalorização, o Bitcoin acabou sendo o refúgio, de acordo com dados de domínio da moeda disponibilizados pelo site CoinGecko. Isso porque, a dominância voltou a superar os 42% de market cap, valor que não era visto desde outubro de 2021.

Dominância do bitcoin é a maior desde outubro de 2021
Dominância do bitcoin é a maior desde outubro de 2021. CoinGecko.

Chama atenção que criptomoedas como a Dogecoin viram sua participação de mercado caírem nos últimos dias, mostrando que projetos memes também não estão despertando interesse dos investidores. A Solana também perdeu grande participação, ao passo que o Ethereum se manteve estável no setor de projetos de contratos inteligentes.

Quedas criam maximalistas?

Ao ver o mercado em queda, muitos correm para o bitcoin como os dados dos últimos dias mostram. Nem as stablecoins tiveram grande aumento em seus market caps, visto que muitos investidores estão desconfiados dessas tecnologias após a queda da Terra (LUNA).

Para um entusiasta brasileiro, autor de um livro sobre o setor, é possível que quanto mais tempo passar, independente das quedas, é possível que o Bitcoin siga disparando na liderança do mercado de criptomoedas. Segundo Fernando Ulrich, nem concorrência a moeda tem, assim como nunca teve.

“Quanto mais o tempo passa e mais “criptos” surgem, mais o bitcoin dispara na liderança. Aliás, tenho dito e repito, nem tem concorrência. Nunca teve.”

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias