Desenvolvedor que trabalhou com Satoshi Nakamoto quer que Bitcoin mude algoritmo de consenso

Em conversa com a Forbes, o criador da Zcash elogiou o Ethereum e disse que também implementará modificações para POS.

Siga no
Imagem de Dorian Nakamoto, que foi suspeito de ser Satoshi
Imagem de Dorian Nakamoto, que foi suspeito de ser Satoshi

Um desenvolvedor que trabalhou com Satoshi Nakamoto no desenvolvimento do Bitcoin agora defende que a criptomoeda utilize Proof of Stake (POS), um algoritmo de consenso que está para ser implementado no Ethereum em uma atualização que deve acontecer em breve.

Fundador da Zcash (ZEC), Zooko Wilcox é um programador especialista em cibersegurança. Sua criptomoeda inclusive defende as transações privadas, considerada uma “privacy coin”.

Atualmente a Zcash é minerada com o mesmo algoritmo que o Bitcoin, o Proof of Work (PoW). Para melhor rentabilidade, os mineradores também utilizam Asics para gerar novas moedas e garantir a proteção da rede.

Mas com a proposta de mudança do Ethereum, esse cenário pode mudar, garante o fundador.

Fundador da Zcash, que trabalhou com Satoshi Nakamoto no Bitcoin, agora defende o Proof of Stake, entenda

No whitepaper do Bitcoin, Satoshi Nakamoto conclui sua apresentação sobre a criação moeda afirmando que o Proof of Work (Prova de Trabalho) é o que garante uma confiança sem depender de terceiros, ou seja, a descentralização.

“Propusemos um sistema de transações eletrônicas, sem depender de terceiros… Para resolver isso, propusemos uma rede peer-to-peer usando prova de trabalho para gravar um histórico público de transações que rapidamente se torna computacionalmente impraticável para um ataque.”

Uma das redes que seguia essa filosofia de Satoshi até agora era a Ethereum, que acabou recuando para o modelo de Prova de Aposta (staking).

Essa outra visão de um consenso de rede é considerada ainda experimental por muitos analistas e até mais arriscada para a segurança de um projeto, sendo que a comunidade Bitcoin já rechaçou qualquer implementação dessa.

Mas em conversa com a Forbes, Zooko Wilcox confirmou que a Zcash vai acompanhar o Ethereum nessa modificação de consenso na rede, visto que há menos impacto no meio ambiente. Ele publicou nesta terça-feira (3) um artigo sobre as mudanças e quais seriam as melhorias.

Zooko Wilcox
Zooko Wilcox/Twitter

Fundador da Zcash quer dar utilidade para moeda com troca de algoritmo

Em sua publicação compartilhada com a Forbes, na página da Eletric Coin, Zooko Wilcox afirmou que a mudança para o Proof of Stake daria mais utilidade para a Zcash e também aumentaria o interesse das pessoas nessa rede.

“Os detentores tornam-se usuários ganhando receita passivamente apostando suas moedas ou executando nós validadores e ganhando receita dessa maneira (dependendo dos detalhes de como o algoritmo PoS funciona).”

Para o programador que trabalhou com Satoshi Nakamoto, quando as Asics chegaram ao Zcash a moeda perdeu 90% de sua base de usuários, que deverão retornar com a chegada do Proof of Stake.

Jogando esse futuro nas mãos da comunidade Zcash, o programador considerou que DeFi poderia ser experimentado em sua rede, que é um fork do Bitcoin.

“Isso seria um grande benefício para a utilidade, demanda e efeito de rede do ZEC.”

Contrariando o criador do Bitcoin com o qual um dia trabalhou, Wilcox ainda afirmou que o POS é mais descentralizado, resistente a ataques e igualitário.

Vindo de um desenvolvedor com anos de experiência no mercado de criptomoedas, essa mudança pode ser o maior ataque aos fundamentos do POW na história, principalmente neste ano em que a mineração do Bitcoin é duramente criticada por uma suposta pegada ambiental.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Queda da Dogecoin DOGE despenca desvalorização brasileiro

Brasileiro perde R$ 2,6 milhões com queda da Dogecoin, mas ainda acredita na moeda

O brasileiro que mora nos Estados Unidos, Glauber Contessoto, perdeu R$ 2,6 milhões em Dogecoin com a recente queda da moeda no mercado. O fenômeno...
LNBTC

Usuário avisa empresas sobre falha em serviços de custódia da Lightning Network

Reckless Satoshi, um usuário do Reddit, fez uma postagem relatando que serviços de custódia que trabalham com a Lightning Network tinha um ponto de...
Ethereum. (Imagem: Adobe Stock)

Pânico? R$6,6 bilhões em Ethereum saíram das exchanges na semana passada, R$4,2 bi voltaram...

Na quarta-feira passada, dia 15 de setembro, cerca de 363.240 ETH foram sacados de exchanges centralizadas, ontem, no entanto, 258.050 ether voltaram para endereços...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias