Administração Trump quer levar paz para Israel com blockchain

Blockchain em foco no conflito Israel x Palestina!

Siga no

Não é dúvida para ninguém que os EUA são grandes parceiros de Israel, país do Oriente Médio. Com isso, a administração de Donald Trump pretende ajudar Israel com a tecnologia blockchain, com intuito de promover a paz no conflito com a Palestina.

A região é tomada pela guerra desde que o estado de Israel foi criado, em 1948. A criação deste estado nunca foi perdoada por vários países árabes, que lutam desde então contra Israel.

Donald Trump quer paz em Israel, tecnologia blockchain poderá ajudar

As guerras que tomam conta da região são um incomodo para a população que por lá vive. Isso porque, Israel e a Palestina vivem uma guerra que já deixa várias vítimas, nos mais de 70 anos do conflito.

Os EUA, como parceiros de Israel, está sempre intervindo no assunto para tentar resolver. Até então, os esforços das várias administrações dos EUA no caso foram em vão. Donald Trump é alvo de críticas pela sua atuação no caso.

Em um novo plano, que vem sendo chamado pela comunidade árabe de “Acordo do Século”, a tecnologia blockchain pode ganhar um espaço. A startup israelense Orbs foi a escolhida pelos EUA para implantar a solução para essa longa guerra.

Plano “Paz à Prosperidade” é foco dos EUA para resolver conflitos da região

A divulgação do novo plano veio de uma cúpula convocada pela Casa Branca no Bahrein. Essa cúpula foi criada para discutir o conflito entre Israel e Palestina. O New York Times publicou que o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, disse que os investimentos no território palestino seriam como um “IPO quente”. A Casa Branca tem como objetivo alocar U$ 50 bilhões para o chamado Plano “Paz à Prosperidade”.

A cofundadora da startup Orbs, Netta Korin, afirmou ao portal Coindesk que o assunto está sob sigilo. Entretanto, confessou que está com diálogo aberto com a administração de Trump para implementar uma solução.

Fui convidada ao Bahrein para mostrar que a tecnologia blockchain tem potencial para resolver alguns dos problemas que os governos estão enfrentando, de uma maneira eficiente e transparente

Startup Orbs possui token listado várias corretoras

Certamente, o conflito está de longe do fim, mas a tecnologia blockchain vai ser testada em um ambiente completamente tenso. A Orbs, possível responsável pela implementação,  ainda é desconhecida de grande parte do criptomercado.

Cabe o destaque que a Orbs utiliza o Ethereum como blockchain, de acordo com informações do website da empresa. O token é ERC20, com mineração Proof of Stake (PoS).

Além disso, o token Orbs (ORBS) é listado em várias corretoras pelo mundo. No momento da escrita deste, ocupava a posição 123 do market cap.

Fonte: CoinMarketCap (Cotação Orbs em 30/06/2019)

Finalmente, a Orbs pode criar uma ferramenta de paz para Israel com a tecnologia Blockchain a pedido de Donald Trump. Certamente, caso se concretize de maneira eficiente, será um marco para a blockchain.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Imagem: Crosstower

O que é Staking em criptomoedas?

Obter renda passiva é um dos objetivos de muitos investidores com foco no longo prazo, o que agora também se tornou possível no mercado...

Ex-presidente do banco central da China faz alerta sobre DeFi

O ex-presidente do banco central da China fez um alerta sobre as finanças descentralizadas (DeFi) e sobre as criptomoedas. De acordo com o site...

Índice de medo e ganância do bitcoin de volta à ganância pela primeira vez...

O índice do Bitcoin de medo e ganância, que monitora o sentimento geral dos investidores sobre o mercado, entrou em um estado de ganância...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias