Adoção de Bitcoin em propriedades rurais no Brasil pode ter melhora

Siga no

O programa Globo Rural, da emissora Rede Globo, comemorou o aniversário de 40 anos neste domingo (5). Um dos quadros do especial, mostrou as barreiras vividas pelas propriedades rurais no Brasil, que poderiam impactar até a adoção de Bitcoin nestes locais.

Ainda sim, o campo se mostrou um local que, em 40 anos, viveu novas experiências tecnológicas interessantes. No início do Globo Rural, a tecnologia era um tema pouco discutido no setor. Um dos pontos de atenção atualmente é a conectividade, uma vez que há um crescimento dos aparelhos que ajudam na produção rural.

O especial apontou que a conectividade, redes 5G, nanotecnologia, DNA e as startups, serão cada vez mais importantes para o setor rural. Neste meio, existem já as agrotechs, que também mobilizam cada vez mais inovação para o mercado.

Contudo, uma das principais barreiras para a inovação no campo é o acesso à internet. Segundo apurou o Globo Rural, este tem sido um problema de longa data, mesmo com alguma melhora no setor.

Propriedades Rurais no Brasil crescem adoção a novas tecnologias

As novas tecnologias têm levado a produção rural brasileira a novos patamares. Em um dos pontos de destaque foi certamente a produção de leite. Em 40 anos, a produção de leite no Brasil triplicou de quantidade, com a mesma quantia de gados nos rebanhos. Ou seja, a tecnologia aplicada ao campo tem trazido novidades importantes para o país.

De acordo com o ex-presidente da Embrapa, Eliseu Alves, ouvido pelo Globo Rural, há 40 anos a tecnologia não era discutida no campo. As propriedades rurais tiveram um entrave na adoção de novidades, uma vez que o povo não via sentido em investir nisso. A classe política também dificultou o acesso ao debate, uma vez que não mostrou interesse.

Contudo, o cenário mudou, sendo que cada vez mais as propriedades rurais do Brasil se conscientizam da necessidade da tecnologia na produção. O conceito em alta é o das fazendas conectadas, ou seja, há um monitoramento em tempo real de várias propriedades, com aparelhos de última geração.

Internet ainda não chega a mais que 70% das localidades rurais do país

De acordo com um levantamento do Globo Rural, o campo tem visto uma expansão rumo a tecnologia. O cenário tem sido positivo, uma vez que se coletam e estudam mais dados para uma melhor tomada de decisões com os recursos disponíveis.

Certamente, o crescimento ainda traz alguns entraves, que deverão ser resolvidos com o tempo. O principal poderia ser o acesso à internet, que de acordo com o Globo Rural ainda “deixa a desejar” no país.

Como uma tendência do setor, entretanto, a conectividade deve melhorar nos próximos anos, principalmente com o avanço das redes 5G. Estas que são esperadas pelo setor para promover mais avanços e melhorar a adoção de novas tecnologias para o campo.

Por fim, a chamada agricultura 4.0 precisa ainda da principal infraestrutura para deslanchar: acesso à internet. Com este ponto sendo resolvido, o Brasil tem tudo para ampliar a produção rural, importante para o país. Ao Globo Rural, um analista da SP Ventures afirmou que ao acabar com essa lacuna, o setor irá deslanchar.

A partir do momento que conectividade chegar de vez e as startups não vão precisar se preocupar com isso, novas soluções podem surgir nas Agtechs. Se acabar essa dor, eles vão poder focar em outras dores da fazenda

A atividade rural representa mais que 20% do PIB brasileiro, ou seja, levar conectividade ao setor poderá ser muito bom. Dessa forma, o acesso aos meios de pagamentos modernos, como o Bitcoin, pode ainda ser difícil em propriedades rurais no Brasil. No futuro, haverá uma melhora considerável na adoção do Bitcoin no campo, uma vez que essa moeda facilita a barateia transações.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Olho com Bitcoin

130 mil pessoas tiveram os olhos escaneados para ganhar criptomoedas de graça

A Worldcoin é um projeto que pretende distribuir criptomoedas de forma justa. Para evitar falsificações de identidade, o plano da empresa é escanear a...
Bitcoin dentro de cofre como poupança

Fundo de pensão dos bombeiros nos EUA compra US$ 25 milhões em Bitcoins

O Fundo de Pensão serve para garantir a tranquilidade de funcionários de diferentes setores no futuro. Em Houston, no Texas, Estados Unidos, o Fundo...
Bitcoin e criptomoedas em ETF

Segundo ETF de Bitcoin pode ser lançado amanhã na Nasdaq

Muitos pensavam que o ETF de Bitcoin da Valkyrie seria o primeiro a ser aprovado, todavia o mercado foi surpreendido pelo lançamento do ETF...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias