Adoção de Bitcoin em propriedades rurais no Brasil pode ter melhora

Siga no

O programa Globo Rural, da emissora Rede Globo, comemorou o aniversário de 40 anos neste domingo (5). Um dos quadros do especial, mostrou as barreiras vividas pelas propriedades rurais no Brasil, que poderiam impactar até a adoção de Bitcoin nestes locais.

Ainda sim, o campo se mostrou um local que, em 40 anos, viveu novas experiências tecnológicas interessantes. No início do Globo Rural, a tecnologia era um tema pouco discutido no setor. Um dos pontos de atenção atualmente é a conectividade, uma vez que há um crescimento dos aparelhos que ajudam na produção rural.

O especial apontou que a conectividade, redes 5G, nanotecnologia, DNA e as startups, serão cada vez mais importantes para o setor rural. Neste meio, existem já as agrotechs, que também mobilizam cada vez mais inovação para o mercado.

Contudo, uma das principais barreiras para a inovação no campo é o acesso à internet. Segundo apurou o Globo Rural, este tem sido um problema de longa data, mesmo com alguma melhora no setor.

Propriedades Rurais no Brasil crescem adoção a novas tecnologias

As novas tecnologias têm levado a produção rural brasileira a novos patamares. Em um dos pontos de destaque foi certamente a produção de leite. Em 40 anos, a produção de leite no Brasil triplicou de quantidade, com a mesma quantia de gados nos rebanhos. Ou seja, a tecnologia aplicada ao campo tem trazido novidades importantes para o país.

De acordo com o ex-presidente da Embrapa, Eliseu Alves, ouvido pelo Globo Rural, há 40 anos a tecnologia não era discutida no campo. As propriedades rurais tiveram um entrave na adoção de novidades, uma vez que o povo não via sentido em investir nisso. A classe política também dificultou o acesso ao debate, uma vez que não mostrou interesse.

Contudo, o cenário mudou, sendo que cada vez mais as propriedades rurais do Brasil se conscientizam da necessidade da tecnologia na produção. O conceito em alta é o das fazendas conectadas, ou seja, há um monitoramento em tempo real de várias propriedades, com aparelhos de última geração.

Internet ainda não chega a mais que 70% das localidades rurais do país

De acordo com um levantamento do Globo Rural, o campo tem visto uma expansão rumo a tecnologia. O cenário tem sido positivo, uma vez que se coletam e estudam mais dados para uma melhor tomada de decisões com os recursos disponíveis.

Certamente, o crescimento ainda traz alguns entraves, que deverão ser resolvidos com o tempo. O principal poderia ser o acesso à internet, que de acordo com o Globo Rural ainda “deixa a desejar” no país.

Como uma tendência do setor, entretanto, a conectividade deve melhorar nos próximos anos, principalmente com o avanço das redes 5G. Estas que são esperadas pelo setor para promover mais avanços e melhorar a adoção de novas tecnologias para o campo.

Por fim, a chamada agricultura 4.0 precisa ainda da principal infraestrutura para deslanchar: acesso à internet. Com este ponto sendo resolvido, o Brasil tem tudo para ampliar a produção rural, importante para o país. Ao Globo Rural, um analista da SP Ventures afirmou que ao acabar com essa lacuna, o setor irá deslanchar.

A partir do momento que conectividade chegar de vez e as startups não vão precisar se preocupar com isso, novas soluções podem surgir nas Agtechs. Se acabar essa dor, eles vão poder focar em outras dores da fazenda

A atividade rural representa mais que 20% do PIB brasileiro, ou seja, levar conectividade ao setor poderá ser muito bom. Dessa forma, o acesso aos meios de pagamentos modernos, como o Bitcoin, pode ainda ser difícil em propriedades rurais no Brasil. No futuro, haverá uma melhora considerável na adoção do Bitcoin no campo, uma vez que essa moeda facilita a barateia transações.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Meme dogecoin que circula nas redes.

Mercado cripto sofre uma das maiores quedas já vistas, Dogecoin sobe

As últimas 24 horas foram um pesadelo para alguns investidores em criptomoedas. A primeira moeda a sentir a queda foi o Bitcoin, que perdeu mais...
Mina carvao

Taxa de hash do Bitcoin cai após acidente em mina de carvão na China

O hashrate do Bitcoin caiu cerca de 40% nas últimas 24 horas, de mais de 180 petahashes por segundo para cerca de 105 Ph/s....

Bitcoin desaba com desligamento de mineradoras chinesas e preocupações regulatórias

O Bitcoin despencou mais de 15% neste domingo (18), para cerca de US $ 51 mil, depois de ter alcançado um marco de US...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias