“Amazon do Japão” oferecendo suporte para Bitcoin e Ethereum

Siga no

Com sede em Tóquio, a Rakuten é uma das maiores empresas do país. Considerada a “Amazon do Japão”, passou a oferecer nos últimos dias um suporte para as criptomoedas Bitcoin, Ethereum e até Bitcoin Cash.

Com presença global, a empresa possui 70 modelos de negócios diferentes. Além disso, a base de usuários possui mais que 1,3 bilhões de pessoas, ou seja, mais que 16% da população mundial.

A empresa é considerada um conglomerado tecnológico importante para o país asiático. Cabe o destaque que o Bitcoin é uma moeda oficial no Japão, totalmente legalizada pelo governo local.

Amazon do Japão dando destaque para Bitcoin, Ethereum

Segundo apuração do Livecoins, em abril de 2019, a Rakuten já havia obtido autorização para funcionar. A Rakuten Wallet foi autorizada a operar no país como uma corretora de criptomoedas.

Certamente essa operação já havia chamado atenção dos consumidores da empresa na época. A novidade, contudo, veio agora em uma nova opção que foi criada para os consumidores da empresa.

Ao consumir na Rakuten, os consumidores ganham os Super Points (SP), uma espécie de pontos de fidelidade. Ao utilizar o Rakuten Wallet, os clientes poderão trocar os Super Points por criptomoedas a partir do anúncio oficial da empresa. Ou seja, consumir na Rakuten poderá render Bitcoin, Ethereum e até Bitcoin Cash para seus clientes.

De acordo com o anúncio, para realizar a troca, os clientes deverão ter no mínimo 100 SP na plataforma. Após isso, basta entrar no aplicativo e utilizar a opção de “Troca de Pontos” para conseguir as criptomoedas.

Cada Rakuten Super Points equivale a cerca de 1 Iene, moeda nacional do Japão. Ou seja, um usuário que tenha 100 SP (100 Ienes) terá a sua disposição cerca de 0,00013 BTC. Em relação ao Bitcoin Cash, 100 Ienes daria cerca de 0,0044 BCH. Já em Ethereum, o usuário que realizar a troca mínima teria 0,0069 ETH. Os valores da conversão foram referente a cotação do dia 30 de dezembro das criptomoedas em relação ao iene.

Novidade atrai curiosos em criptomoedas que ainda não tinham experiência com mercado

De acordo com a Rakuten, a iniciativa atrai uma nova classe de curiosos para as criptomoedas. Muitas pessoas que são interessadas nas moedas ainda não tinham coragem para comprar essas, mas agora poderão ter acesso em troca dos SP da Rakuten.

Com o lançamento do novo serviço, a Rakuten Wallet espera reduzir as barreiras à entrada no comércio de criptoativos, fornecendo uma maneira fácil e mais acessível para o início de novos usuários, incluindo usuários iniciantes que estão interessados ​​no comércio de criptoativos sem experiência anterior.

A empresa acredita que a novidade ainda fornece a sua base de usuários mais casos de uso dos pontos de fidelidade. Tal lançamento certamente torna mais atraente o programa de afiliação da empresa.

A Rakuten afirmou que a conversão dos Super Points para criptomoedas não terá nenhuma taxa inclusa. Entretanto, há limites para conversão de SP para criptoativos por transação e por mês, de acordo com os diferentes perfis de clientes. Mesmo assim, ter uma grande empresa realizando a conversão de pontos de fidelidade por criptomoedas pode abrir precedentes para que outras o façam.

Por fim, o Bitcoin e Ethereum ganham uma excelente adoção com o apoio da considerada Amazon do Japão. A exposição de novos clientes à tecnologia pode ser importante para que novas pessoas conheçam o tema e se interessem pelas criptomoedas, afirmou a Rakuten.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Youtuber Felipe Neto

Criptomoeda com “potencial imenso” que Felipe Neto investiu derrete 53%

Uma criptomoeda que o youtuber Felipe Neto investiu derreteu 53% e chamou a atenção de um analista da bolsa de valores brasileira. O projeto em...
Alibaba Bitcoin

Alibaba proíbe venda de equipamentos de mineração de bitcoin

A proibição do Bitcoin na China começa a afetar outros setores da indústria. Desta vez a gigante Alibaba, 9ª maior empresa do mundo por...
Fachada de agência do Banco do Brasil

Tokecardume ou Bitemoeda? – Vejas as questões sobre criptomoedas do concurso do Banco do...

No último domingo (26), o concurso do Banco do Brasil foi aplicado em diversas cidades do Brasil, com várias questões sendo vistas sobre Bitcoin...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias