“Paguem com qualquer criptomoeda, mas por favor, voltem aos cinemas”, diz maior rede de cinemas do mundo

Siga no
Vista do teatro AMC Empire em Manhattan cinema Bitcoin
Vista do teatro AMC Empire em Manhattan

A rede de cinemas AMC, a maior do mundo no setor, já anunciou anteriormente que pretende aceitar Bitcoin na compra de ingressos para os filmes exibidos. Recentemente o CEO da rede de cinemas voltou a comentar sobre essa possibilidade, afirmando ainda que, quando passar a aceitar Bitcoin, aceitará também outras criptomoedas.

Adam Aron, CEO da rede AMC, publicou em seu Twitter recentemente lembrando aos bitcoiners sobre os planos da empresa de aceitar bitcoin como forma de pagamento. Desta vez ele informou que o plano é começar a utilizar o Bitcoin para a compra de ingressos.

Mas não é apenas o Bitcoin que está nos planos da AMC, de acordo com Aron, eles também querem começar a aceitar criptomoedas diferentes para aumentar a possibilidade de pagamentos para seus clientes.

“Entusiastas das criptomoedas: Vocês provavelmente sabem que a AMC anunciou que vai aceitar Bitcoin para a compra online de ingressos e pagamento de concessão até o fim de 2021. Eu posso confirmar hoje que, quando aceitarmos o Bitcoin, nós também queremos aceitar de forma similar o Ethereum, Litecoin e Bitcoin Cash.”

Comprar ingresso com Bitcoin?

Aceitar Bitcoin e outras criptomoedas tem sido algo procurado por diferentes empresas. Essa é uma atitude bem comum sempre que o criptomercado começa a ganhar popularidade e o Btcoin começa a valorizar.

Como é de se imaginar, e é algo que é apontado tanto por defensores quanto críticos do BTC, quem compra o famoso ouro digital não está disposto a gastar suas criptomoedas com ingressos de cinema ou com qualquer outra coisa que não seja uma Lamborghini dourada.

Analistas que deram entrevista à Reuters falaram sobre essa questão do criptomercado, com a analista Ipek Ozkardeskaya argumentando que quem investe em Bitcoin não está disposto a gastar essas moedas.

“As pessoas não estão comprando Bitcoin para gastar eles. Para mim, ainda não é uma moeda estabelecida no sentido de que é mais que uma forma de investimento para o futuro ou algum tipo de proteção.”

Das moedas que a AMC pretende aceitar, o Litecoin e o BCH são as mais utilizadas como moeda de troca. Outra moeda muito comum para esse tipo de dinâmica é a Dogecoin, que aparentemente não está sendo considerada pela rede de cinemas, que também conta com uma comunidade muito fiel ao ativo.

Nesses casos é muito mais fácil entender a decisão por parte da AMC como uma forma de marketing. ainda assim, é sempre bom ver a indústria aceitando essa nova tecnologia para um futuro cada vez mais descentralizado.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Celular com aplicativo do PayPal, dinheiro digital

PayPal diz que brasileiros estão prontos para abrir mão do dinheiro físico

Uma pesquisa liberada pelo PayPal nesta segunda-feira (18) indica que os brasileiros estão prontos para abrir mão do dinheiro físico, também chamado de "em...
Encontro marcado pelo Tinder Bitcoin

Apaixonado do Tinder perde R$ 10 milhões em Bitcoin após cair em golpe

Um caso relatado pela Sophos mostra um esquema que começa em aplicativos de encontro, como Tinder, e acaba com corações partidos e carteiras vazias....
Ethereum RIP

Usuários de Ethereum pagaram R$ 5,5 bilhões em taxas nos últimos 30 dias

Segundo estatísticas apresentadas pelo Token Terminal, os usuários de Ethereum pagaram cerca de 1 bilhão de dólares em taxas nos últimos trinta dias. O...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias