Autora de Harry Potter “revela” que estava “trollando” comunidade Bitcoin para “valorizar o Ethereum”

“Isso também é uma piada.” disse a autora de Harry Potter.

Siga no

Recentemente noticiamos aqui no Livecoins que a famosa autora da série Harry Potter andou perguntando sobre Bitcoin. O interesse de J.K. Rowling mexeu com o twitter e com toda a comunidade das criptomoedas, afinal, era um dos nomes mais reconhecidos das últimas gerações demonstrando interesse sobre bitcoin.

É fácil entender porque todo mundo se chocou mais uma vez, quando ela revelou que na verdade não liga para o Bitcoin e só queria valorizar mais seus Ethereum.

Após ter chamado muito a atenção com o seu tuíte inicial, Rowling voltou a fazer barulho ao postar a seguinte mensagem no Twitter, respondendo a uma matéria falando sobre o seu interesse no Bitcoin:

“Isso está ficando sem graça. Eu não estou entrando para a comunidade do Bitcoin. Deveria ter ficado claro que eu estou trollando o Bitcoin na esperança de valorizar os muitos Ethereum que eu tenho.*”

E mais uma vez o criptotwitter foi a loucura (claro). Não demorou para que muitos memes sobre a situação começassem a surgir e muitos Bitcoin Maximalistas ficassem bem irritados com a situação.

Alguns até mesmo estavam sugerindo o próximo livro escrito pela escritora.

No entanto, apesar das muitas piadas e das muitas respostas, os mais perspicazes notaram que o tuíte de J.K. continha um asterisco. O asterisco, comumente usado para destacar palavras e frases que são explicadas no rodapé de uma página, era simplesmente para alertar para o fato de que o recente tuíte também era uma piada.

“Isso também é uma piada.”

Portanto, J.K. não possui uma “grande quantidade de Ethereum” que ela estava querendo pumpar ao trolar o Bitcoin. Aliás, ela não tem nenhum Ethereum.

No entanto, ela saiu de não saber o que era o Bitcoin na sexta-feira, para trolar completamente a comunidade alguns dias depois. Isso mostra que em apenas um final de semana, J.K. Rowling se tornou um mestre em trollar a criptocomunidade.

Ruído versus valor

A situação, no entanto, exibe um pouco os problemas de ruído encontrados no criptomercado. Quando a autora estava perguntando sobre criptomoedas nas redes sociais, muitos consideraram isso um sinal muito positivo.

Quando ela falou sobre o Ethereum, muitos já estavam postando “To The Moon”.

Porém, nenhuma das duas moedas foi afetada em preço por causa dessas notícias. É por isso que é muito importante saber separar ruído de notícias que realmente afetam a valorização do Bitcoin.

Contudo, esses recentes tuítes podem ter apresentado o Bitcoin e o Ethereum para uma legião de fãs da autora, o que pode sempre ser considerado algo positivo.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Baleia Bitcoin. (Imagem: Adobe Stock)

Baleias movem R$10 bilhões em duas transações após correção do Bitcoin

Após o preço do Bitcoin voltar para a região dos 60 mil dólares depois de ter quebrado sua alta máxima de 66 mil, duas...

Cazaquistão sofre crise de energia devido à mineração de Bitcoin

Devido a proibição da atividade de mineração na China, o segundo país que recebeu mais mineradores foi o Cazaquistão, ficando atrás apenas dos EUA,...
Homem segurando criptomoedas em mão

Secretários de Macaé são acusados de enriquecimento ilícito e investimentos “elevados” em criptomoedas

Alguns secretários municipais de Macaé foram acusados em redes sociais de obter enriquecimento ilícito e negociar criptomoedas, obtendo para si vantagens indevidas. A negociação de...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias