Banco alemão N26 começa a oferecer criptomoedas a seus clientes

Através de uma parceria com a Bitpanda, o banco digital alemão N26 passará a oferecer um serviço de compra e venda de criptomoedas a seus usuários. Segundo informações, será possível negociar até 100 criptomoedas diferentes, incluindo Bitcoin.

De início, o serviço está disponível apenas para clientes da Áustria, país natal dos fundadores do banco. Entretanto, o N26 atua em diversos outros países europeus, bem como no Brasil, podendo ser apenas questão de tempo até que a função também esteja disponível em tais locais.

A integração lembra bastante a adoção do Bitcoin e outras criptomoedas por bancos digitais brasileiros como Mercado Pago e Nubank.

Na imagem abaixo, é possível observar a simplicidade da interface do aplicativo do N26. Em outras palavras, investir em criptomoedas está se tornando algo cada vez mais cômodo e fácil. Afinal, como neste caso, investidores nem sequer precisam sair do seu banco para isso.

“Sempre que os usuários quiserem comprar ou vender criptomoedas, eles podem clicar no botão comprar ou vender, procurar/escolher uma criptomoeda e inserir um valor.”

Aba de criptomoedas no aplicativo do banco alemão N26. Fonte: Reprodução.

Entretanto, em um ambiente tão competitivo, as taxas podem assustar usuários mais antigos de criptomoedas. Para compra e venda de Bitcoin, serão cobrados 1,5% de taxa, para outras criptos, o número sobe para 2,5%. Entretanto, clientes que possuem o cartão conhecido por N26 Metal — e por isso pagam uma mensalidade de €16,90 — terão um desconto de 0,5%.

Portanto, tal comodidade tem um preço e cabe aos próprios investidores julgar se isso vale a pena. De qualquer forma, tanto corretoras já consagradas quanto novos players estão cada vez mais pressionadas pela concorrência, o que é ótimo para o público.

Serviço ainda não foi lançado, mas já recebeu críticas

Sendo um banco digital, o N26 faz bom uso das redes sociais para se comunicar com seus clientes. Em resposta a um deles, o banco alemão afirmou que não será possível sacar criptomoedas para outras carteiras, gerando críticas.

“Obrigado pela pergunta, Márcio! N26 Crypto é um sistema fechado”, respondeu o banco quando questionado se saques para outras carteiras seriam permitidos. “Isso significa que os clientes podem depositar e sacar dinheiro, mas não podem transferir suas criptomoedas para outras carteiras.”

Em resposta, o usuário chamado Marcio Pataca, que apenas leva #Bitcoin em seu perfil, afirmou que o novo serviço do N26 é inútil.

“Bem, eu tenho uma conta N26, eu compraria [criptomoedas] com euros. Mas se eu não puder sacar as criptos, o que você está oferecendo é inútil. Quero poder comprar e vender minhas criptomoedas. O que significa transferi-las para minha carteira pessoal.”

Por fim, outros bancos já adotaram esta postura no início, mas acabaram cedendo a vontade de seus clientes logo depois. Portanto, é possível que o N26 siga o mesmo caminho.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias