Bilionário americano diz que Bitcoin é o mercado mais honesto do país

Peter Thiel, bilionário cofundador do Paypal
Peter Thiel, bilionário cofundador do Paypal - Reprodução/SunoResearch

Peter Thiel, bilionário e cofundador do PayPal, falou sobre o preço e o valor do Bitcoin durante conferência da The Federalist Society sobre leis e tecnologias, segundo ele o mercado de Bitcoin é o mais honesto do país.

Sua fala é um ataque as políticas monetárias dos EUA, acreditando que o Bitcoin possa ser uma saída.

Thiel é um visionário, tendo investido cedo em várias empresas que hoje são gigantes, como Airbnb, LinkedIn, SpaceX, Spotify e outras ligadas a criptomoedas como a Block.one e a Bitpanda.

Bitcoin passa os 66.000 dólares

Antes mesmo do Bitcoin acumular um valor de mercado de 7 trilhões de reais e romper a sua máxima histórica e estar sendo negociado acima dos 65 mil dólares por unidade, Peter Thiel, cofundador do PayPal, disse que o fato do Bitcoin estar acima dos 60.000 dólares é um bom sinal.

Segundo Thiel, é difícil dizer que vale a pena colocar todo o seu dinheiro em Bitcoin, apesar disso seu preço é um bom sinal de que há algo errado com a economia tradicional.

“Eu não sei se você deve colocar todo o seu dinheiro em bitcoin a 60.000 USD por BTC agora mas certamente o fato de estar em 60.000 USD é um sinal extremamente promissor. É o canário em uma mina de carvão. É o mercado mais honesto que temos no país e está nos dizendo que este regime antigo está prestes a explodir”

Um dos motivos que podem ter levado o cofundador do PayPal a dizer que este é o mercado mais honesto é o fato dele ser totalmente livre, além disso, ele permite que qualquer pessoa participe dele.

Em relação a expressão “canário em uma mina de carvão”, esta era uma prática adotada por mineradores de carvão, que usavam pássaros para medir o nível de oxigênio do ambiente. Se o canário morresse, era sinal de perigo. E é exatamente o que o Bitcoin faz, abrindo portas para outras criptomoedas e serviços ao seu redor.

Peter Thiel e o Bitcoin

O bilionário já investe no mercado há alguns anos, em outubro de 2019 ele investiu 50 milhões de dólares em uma empresa americana de mineração de Bitcoin, a Layer1. Hoje o setor está mais forte do que nunca na América, com empresas listadas na bolsa valorizando mais de 2.000% em um ano.

Além disso, Thiel também é cofundador da Valar Ventures, empresa que já investiu milhões em outras empresas ligadas às criptomoedas, como a Bitpanda. Todavia, o cofundador do PayPal já havia entrado no Bitcoin antes disso, através de um investimento direto na moeda quando comprou entre 15 e 20 milhões de dólares em 2017.

Outro ponto curioso é que Thiel afirmou, no início deste ano, que o Bitcoin poderia ser usado pela China como uma arma financeira. Todavia, após o banimento do BTC no país, esta hipótese parece ter sido descartada.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias