Bilionário das criptomoedas planeja doar 99% de sua fortuna

Fundada em 2019 por Sam Bankman-Fried e Gary Wang, hoje a FTX é a terceira maior exchange de criptomoedas do mundo. Atrás apenas da Binance e Coinbase, o motivo pode estar associado as suas baixas taxas de negociação e saque.

Sam Bankman-Fried, fundador da FTX, dormindo em pufes. Fonte: Twitter / Reprodução.
Sam Bankman-Fried, fundador da FTX, dormindo em pufes. Fonte: Twitter / Reprodução.

Embora seja uma das pessoas mais ricas da indústria de criptomoedas, uma matéria da Bloomberg, publicada neste domingo (3), destaca que Sam Bankman-Fried dirige um Corolla, dorme em um pufe e pretende doar 99% de sua fortuna devido a sua filosofia.

Segundo a Forbes, hoje Sam possui 24 bilhões de dólares (R$ 110 bi), cerca de três vezes mais dinheiro que Brian Armstrong, fundador da Coinbase e segundo nome do setor nesta lista. Entretanto, estima-se que o número 1 seja Changpeng Zhao, CEO da Binance, com R$ 542 bilhões.

Deixando estes detalhes de lado, a aparição destes nomes entre os mais ricos do mundo mostra o potêncial do setor, chegando a desafiar criadores de redes sociais como Mark Zuckerberg, do Facebook, e Jack Dorsey, do Twitter.

Bilionário leva uma vida simples

Destacando a filosofia de Sam Bankman-Fried, hoje com 30 anos, o artigo da Bloomberg aponta que o bilionário é uma espécie de Robin Hood das criptomoedas. Ou seja, ele está jogando o jogo dos ricos para ganhar dinheiro para os pobres. Indo além, a matéria destaca que o CEO da FTX doará 99% de seus bilhões para a caridade.

“Apesar de toda a sua riqueza, Bankman-Fried me disse que sua filosofia central continua a mesma.” escreve a Bloomberg, “Ele manterá dinheiro suficiente para manter uma vida confortável: 1% de seus ganhos ou, no mínimo, 100.000 dólares por ano. Fora isso, ele ainda planeja doar tudo — cada dólar, ou Bitcoin, conforme o caso.”

Entretanto, a matéria destaca que até agora Sam Bankman-Fried, também conhecido pelas iniciais SBF, gastou mais dinheiro com marketing do que com doações. Além de destacar a compra dos naming rights (direitos de nome) da arena do Miami Heats por US$ 135 milhões, também é lembrado que a FTX gastou outros US$ 30 milhões em um comercial de 1 minuto no último Super Bowl.

Apesar disso, SBF parece levar uma vida simples ao dormir em um pufe em seu escritório ou então em uma casa — de luxo — com cerca de 10 amigos.

“Uma vantagem dos pufes: se durmo no escritório, minha mente fica no modo de trabalho e não preciso recarregar tudo no dia seguinte.”

Indo além, o artigo destaca que Bankman-Fried dirige um Corolla. Embora seja um ótimo carro, e sonho de muitos, talvez não combine com o patrimônio de 110 bilhões do cofundador da FTX. Afinal ele poderia estar andando em um Lamborghini ou um Tesla.

Um resumo sobre a FTX

Fundada em 2019 por Sam Bankman-Fried e Gary Wang, hoje a FTX é a terceira maior exchange de criptomoedas do mundo. Atrás apenas da Binance e Coinbase, o motivo pode estar associado as suas baixas taxas de negociação e saque.

Além disso, a exchange também é conhecida por diversas parcerias com atletas famosos. Como destaque podemos citar Stephen Curry, astro da NBA, e Tom Brady, jogador da NFL e sócio da FTX.

Por fim, esperamos que Sam Bankman-Fried cumpra a sua promessa, de dolar 99% de sua fortuna, e que este dinheiro ajude outras pessoas assim como seus puffs o ajudam a manter o seu foco.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias