Binance DEX e BNB queimados, confira as novidades

A gigante está se mexendo!

-

Siga no
Anúncio

A exchange Binance continua em 2019 a aumentar a sua adoção, facilitando acesso a investidores e melhorando o ecossistema de seu token Binance Coin (BNB).

Essa operação, conforme fala de seu CEO recente, não demitiu nenhum funcionário com o período bear de 2018, mas também não andou fazendo contratações, e isso se deve ao fato do ânimo em lançar dois novos produtos: Binance Chain e Binance DEX.

As exchanges descentralizadas foram uma das pautas do mercado no ano de 2018, e a inovação da Binance está sendo pensada para evoluir ainda mais este setor e dar mais agilidade nos trades descentralizados.

Anúncio

Quanto ao token da operação, o top 20 do mercado Binance Coin (BNB), houve no último dia uma grande queima de tokens, um procedimento que de acordo com a exchange segue o que já era de conhecimento pela comunidade.

Para realizar a queima dos tokens foi criada uma transação de 1.623.818 BNB, que foram enviados a um contrato com a função de queima dos tokens, ou seja, eles deixaram de existir e o Max Supply agora é menor. Isso faz com que o preço passe a ser incentivado, visto que há menos quantidade disponível no mercado.

O CEO Changpeng Zhao comentou sobre o caso dizendo que “Para a sexta iteração da queima da Binance Coin, nós da Binance estamos queimando 1.623.818 BNB. Esta queima recente corresponde ao período entre 1º de outubro e 31 de dezembro de 2018. Este valor é bastante próximo do total de 1.643.986 BNB que nós previamente queimamos em nossa quinta queima de BNB“.

Nos últimos dias mais pares de negociação foram ativados, como em relação a Waves com novas stablecoins, e também a criptomoeda Link na mesma linha de novos pares.

Além disso, uma boa novidade para a comunidade Tron está para chegar, pois o Token do BitTorrent será comercializado na Binance LaunchPad a partir do próximo dia 28 de janeiro, que será negociado nos pares BNB e TRX. A notícia foi ao ar neste dia 17 de janeiro.

A Binance é a maior em volume do mundo todo, segundo dados do CoinMarketCap, e foi em 2018 uma das operações com a maior média de visita, junto com a Bittrex e Coinbase, segundo dados do DataLight.

No fim de 2018, para pontuar mais ainda o destaque da plataforma de compra e venda de criptoativos, a Binance foi considerada a mais confiável do mundo. Mesmo assim, não podemos deixar de refletir que exchange não é wallet.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Leia mais

Últimas notícias

“Se você acha que imposto é roubo, chama a polícia”, diz Kim Kataguiri

Em um entrevista para o canal Letícia Shirakiin, o Deputado Federal Kim Kataguiri foi questionado se imposto é roubo. A resposta veio em tom de...

Surge o Primeiro Case da Hathor

Pois então que surge espontaneamente o primeiro caso de uso da blockchain brasileira Hathor. Vou contar como isso aconteceu. Bem, o time concebeu a...

Google fala sobre golpe com Bitcoin

No podcast mais recente do Google, três especialistas da gigante das buscas comentaram sobre um tipo de golpe que envolve Bitcoin. No tópico que falava...