Leilão na França vende Bitcoin 5 vezes mais caro que valor de mercado

Como explicar essa discrepância? Várias teorias podem ser apresentadas.

Siga no

Na última quarta-feira (17), a justiça da França realizou um leilão de 611 bitcoins que foram apreendidos de cibercriminosos. A venda das moedas digitais saíram por preços maiores que o praticado no mercado, com alguns lotes sendo arrematados por preços até 5 vezes mais altos que em corretoras tradicionais.

Este foi o primeiro leilão público judicial de Bitcoin na França e, conforme a mídia local, um “vento de loucura apoderou-se dos compradores”, tanto que o leiloeiro, surpreso com os lances, decidiu zerar o painel: 10.000, 15.000, 20.000 euros… tudo por um lote de 0,11 bitcoins, ou 5.000 euros no mercado. No momento do leilão: “É 0,11 BTC, não 1 bitcoin”, lembra o leiloeiro antes de recomeçar.

O preço do primeiro lote de 0,11 BTC foi vendido por 26.800 euros: Naquele mesmo dia, a quantia valia 5 mil euros nas principais corretoras do país, isso significa que o comprador pagou mais de 5 vezes o preço de mercado.

Como explicar essa discrepância? Várias teorias podem ser apresentadas.

Golpe publicitário ou NFT

Um golpe publicitário de uma empresa que queria pegar o primeiro lote de Bitcoin leiloado na França? O que seria plausível, já que o comprador poderia ter seu nome estampado em mídias do mundo todo.

Outra teoria é o mercado de NFTs, os tokens não fungíveis.

Como o mercado vive atualmente uma verdadeira euforia, e os preços de algumas “obras de arte” digitais estão atingindo valores exorbitantes, o certificado de compra desse lote de Bitcoin vendido em leilão poderia, portanto, ser revendido na forma de NFT.

Os demais lotes do leilão francês também registraram preços expressivos que, na melhor das hipóteses, ficaram 10% mais caro. Isso é incomum para leilões desse tipo.

Segundo analistas do mercado, só vale a pena comprar a moeda digital em leilões “com um desconto mínimo de 20%”, já que existem várias taxas antes de o comprador colocar as mãos no ativo comprado.

27 milhões para o governo

No final da tarde, o leilão arrecadou 27,4 milhões de euros. A venda começou com pequenos lotes e um preço inicial 50% inferior ao preço do mercado para animar o leilão.

O destaque foi um lote de 20 bitcoins, que foi comprado por 916 mil euros.

“Correu tudo muito bem. Tivemos 1.400 inscritos para participar do leilão, o que gerou muito tráfego na plataforma”, explica o leiloeiro, acrescentando: “Registramos mais de cem licitantes bem-sucedidos. Mas é preciso dizer que houve meia dúzia de grandes compradores que acumularam vários lotes”.

A França não é o único país onde o valor do Bitcoin flerta com o excesso. Nos Estados Unidos, um lote de 0,75 BTC encontrou um comprador que pagou 21% mais caro que o preço de mercado.

Aparentemente, comprar Bitcoin em leilão não vale muito a pena.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

“Bitcoin não me atrai”, diz André Esteves do BTG Pactual em áudio vazado

Um áudio vazado de uma conversa de André Esteves, banqueiro do BTG Pactual, deixou claro a opinião dele sobre o Bitcoin como um investimento. O...
Dúvida sobre o Bitcoin ser caçado pela China

China pode estar planejando cancelar proibição do Bitcoin

A China tem sido um dos países que mais aparece nos holofotes do setor financeiro, seja ele o tradicional ou então o criptomercado. Com...

Alemanha vai leiloar R$ 75,2 milhões em Bitcoin

O leilão de criptomoedas realizados por diferentes governos tem sido algo cada vez mais comum, e desta vez um estado da Alemanha vai leiloar...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias